Conselho Tutelar resgata crianças que sofriam maus tratos em Maceió

Cinco crianças foram resgatadas, na manhã desta quinta-feira (03), em uma ação conjunta entre conselheiros tutelares de Maceió e Viçosa, município da Zona da Mata alagoana, após denúncias dando conta de que a mãe estaria maltratando os próprios filhos. Laila Mariah, de 22 anos, e o padrasto foram encaminhados à Delegacia de Crimes Contra Crianças e Adolescentes, no bairro do Jacintinho.

De acordo com o conselheiro Nivaldo Júnior, três das crianças – que têm 2, 3 e 4 anos de idade – estavam na casa do padrasto, identificado como Edson José da Silva e também preso no bairro do Clima Bom, parte alta da capital. Já as outras duas – de 6 e 7 anos – se encontravam na casa da avó, em Viçosa. Todas apresentavam queimaduras nas mãos e nos pés.

“Além dessas queimaduras, vizinhos relataram que o padrasto colocava as crianças, de ponta-cabeça, dentro de um balde cheio de água. Vamos acompanhá-las nos exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) para, em seguida, solicitarmos as medidas protetivas que o caso requer”, afirmou o conselheiro, que disse ainda apurar a razão pela qual os menores eram torturados.

Ainda de acordo com Nivaldo, a primeira providência deverá ser encaminhá-los para a casa da avó – mãe do padrasto das crianças -, onde não sofriam maus tratos.

 

 

 

 

 

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.


Deixe uma resposta