Conselho da Petrobras escolhe economista Ivan Monteiro como presidente interino

O conselho de administração da Petrobras indicou o economista Ivan Monteiro, atual diretor financeiro, para assumir interinamente o cargo de presidente da estatal depois do pedido de demissão de Pedro Parente. Monteiro está a caminho de Brasília para conversar com o presidente Michel Temer.

O executivo disse a interlocutores próximos que só aceitará o cargo se o presidente desistir de mexer na política de preços da companhia. O estopim para a saída de Parente foi uma “intervenção branca” na estatal, definida após a paralisação dos caminhoneiros, que, na prática, reduzir a autonomia da empresa para definir os preços do óleo diesel.

Parente temia que a política chegasse também à gasolina e ao gás de cozinha. Ex-vice-presidente do Banco do Brasil, Monteiro chegou a estatal com o antigo presidente, Aldemir Bendine, mas foi mantido no cargo por Parente. Extremamente técnico e muito sério, ele é apreciado pelo mercado financeiro, que credita também a ele a recuperação da companhia.


Deixe uma resposta