Alcides Falcão, ex-deputado de Alagoas, morre aos 90 anos

Alcides Falcão foi deputado estadual de Alagoas por seis mandatos consecutivos — Foto: Célio Azevedo/Senado Federal

O ex-deputado estadual Alcides Muniz Falcão morreu aos 90 anos em decorrência de um câncer. A divulgação foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, deputado Marcelo Victor, nesta quarta-feira (11). Alcides Falcão exerceu seis mandatos na ALE.

“Em nome do colegiado, o presidente do Poder Legislativo do Estado de Alagoas, deputado Marcelo Victor, registra, com pesar, o falecimento de Alcides Muniz Falcão, que foi deputado estadual por seis legislaturas consecutivas, além de vereador por Maceió e suplente de senador. Transmite, por fim, as mais sinceras condolências aos seus familiares e amigo”, diz a nota da ALE.

“Com pesar, comunico o falecimento de Alcides Muniz Falcão, aos 90 anos. Integrante de uma família de origem pernambucana, que aqui se estabeleceu e fez história na política alagoana, Alcides foi vereador por Maceió por duas legislaturas. A partir de 1966, pelo voto popular, conquistou seis mandatos consecutivos de deputado estadual, sempre priorizando sua ação parlamentar em defesa da valorização do funcionalismo público. Suplente de senador, ele ainda chegou a assumir a titularidade de uma cadeira no Senado da República. Em sua homenagem, faço este registro e transmito meus sentimentos aos seus familiares e amigos”, disse Marcelo Victor em uma rede social.

De família tradicional na política em Alagoas, Alcides Falcão era irmão do ex-governador de Alagoas, Sebastião Muniz Falcão, que cumpriu mandato de 1951 a 1961, e do ex-prefeito de Maceió, Djalma Falcão. Os dois já haviam falecido.

Nascido em Pernambuco, Alcides Falcão entrou para a política alagoana em 1958, quando se elegeu vereador por Maceió por dois mandatos consecutivos pelo Partido Social Progressista (PSB). Em 1966, partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), se elegeu deputado estadual. Foram seis mandatos consecutivos, sempre focando na valorização do funcionalismo público. Ele foi presidente do diretório regional e líder de bancada do MDB.

Com a extinção do bipartidarismo em 1979 e a reformulação partidária, filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), sendo um dos fundadores em Alagoas. Alcides Falcão também foi terceiro-secretário da Assembleia e presidente do diretório regional e líder de bancada do PMDB. Suplente de senador na chapa de Guilherme Palmeira, em 1990, assumiu a cadeira no cargo no Senado Federal.

A Prefeitura de Maceió lamentou a morte do ex-deputado por meio de nota.

“A Prefeitura de Maceió lamenta o falecimento do ex-deputado Alcides Muniz Falcão, um dos mais destacados homens públicos de Alagoas, ao tempo em que se solidariza e presta suas condolências à família e amigos neste momento de dor. Era casado com Maria do Socorro Duarte Falcão, com quem teve quatro filhos”, diz a nota.


Deixe uma resposta