Kelly Marques

A Vigilância Sanitária (Visa) de Palmeira dos Índios realizou duas apreensões de alimentos impróprios para consumo humano. Todas as inspeções e apreensões foram provenientes de denúncias da população.

A primeira apreensão aconteceu na segunda (2), onde foram captados 36 garrafões de água de origem duvidosa. A caminhonete que transportava a água vinha de Bom Conselho e seria comercializada em Palmeira. Já a segunda apreensão aconteceu ontem (4), quando foram apreendidos 28 kg de carne de boi, no bairro do Centro. O material foi recolhido para ser descartado.

O coordenador da Visa Fabiano Morais alerta para alguns cuidados e pede que a população continue com as denúncias, caso percebam alguma irregularidade. “Produtos comercializados sem rótulo e sem lacre são considerados clandestinos. Pedimos que a população denuncie à Vigilância Sanitária Municipal quando perceberem alguma irregularidade, lacre violado, ou produto de procedência duvidosa”, alertou o coordenador.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *