Vigilância Sanitária apreende água imprópria para consumo, em Palmeira dos Índios

| Redação Rádio Sampaio


A Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde interditou na última quarta-feira (11) um distribuidor clandestino de água mineral, em Palmeira dos Índios. A água não estava tratada para consumo humano, os garrafões estavam fora do prazo de validade e não apresentavam o lacre de segurança e qualidade.

O coordenador da Vigilância em Palmeira Fabiano Cavalcante, usou o episódio para alertar a população sobre os riscos do consumo de água não tratada e as doenças diarreicas agudas (DDAs), causadas pelo consumo de água não tratada e contaminada.

“A Vigilância faz um alerta para que a população denuncie locais como esse, atentem para aquela água que é vendida em garrafões, que não tem data de validade e não possuem o lacre de controle de qualidade com selo. Uma vez denunciando e o setor interditando o local, evitamos que água contaminada entre no domicílio dos palmeirenses. Água não tratada e usada para consumo é um perigo. Palmeira combateu um surto de DDAs no início do ano e foi um trabalho intenso. Quem sofreu com o surto sabe das dificuldades e da importância em consumir apenas água potável e de boa procedência”, disse Fabiano.

Para denúncias, a população pode entrar em contato por meio do e-mail da Vigilância Sanitária vigilanciasanitariapmpi@gmail.com, do Facebook Vigilância Sanitária Municipal de Palmeira dos Índios ou se dirigir à sede da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Avenida Conselheiro Sebastião Lima – Paraíso.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: