VÍDEO: Deputado Paulão é chamado de “vagabundo” durante discussão na Câmara

| Redação Rádio Sampaio


6b5984af-a514-4522-9947-97cddb36c38cDurante sessão da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) realizada na tarde desta quarta-feira (23), na Câmara dos Deputados em Brasília, o deputado federal Paulão (PT/AL), se envolveu num bate e boca.

Tudo começou quando os deputados da base e oposição iniciaram uma discussão. O deputado federal Wladimir Costa (SD/PA) fez críticas severas ao Partido dos trabalhadores (PT), afirmando que o partido não teria moral para falar sobre a decisão em questão na câmara.

Entre afirmações feitas por Costa estão: a de que o PT seria uma grande organização criminosa, que os integrantes do partido deveriam lavar a boca com soda cáustica antes de falar do ministro Geddel Vieira Lima e finalizou chamando-os, aos gritos, de imundos, irresponsáveis, desqualificados e despreparados.

O deputado Alagoano rebateu aos insultos, enfatizando que Wladimir Costa já teria sido preso e o chamou de wladbandido. Em contra partida, o deputado paraense chamou Paulão de vagabundo e pilantra.

A sessão discutia a situação do ministro Geddel Vieira Lima, que foi acusado pelo ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, de tentar usar sua situação política para se beneficiar através da construção de um empreendimento imobiliário, num local tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural (Iphan), em Salvador. Geddel teria comprado um apartamento no empreendimento e pressionava Calero para aprovar a construção do prédio.

Alguns deputados votaram contra a convocação feita pelo deputado Jorge Solla (PT/BA) onde Geddel deveria dar explicações sobre a acusação. Apenas três deputados votaram a favor da convocação de Geddel, contra 17 que foram contra.

Assista ao vídeo:

 

CadaMinuto

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: