Gerente da Caixa Econômica Federal Virgílio Carlos, vereador Fabiano Gomes e gerente do Banco do Brasil José Patrício (Foto: Roberta Sampaio)

Cayo César

Na manhã desta quarta-feira, 29, o vereador Fabiano Gomes (PSC) convocou os gerentes do dois maiores bancos do município de Palmeira dos Índios para esclarecer as recorrentes reclamações realizadas pela população.

Os gerentes do banco do Brasil, José Patrício e da Caixa Econômica Federal, Virgílio Carlos compareceram a sessão. Algumas das principais reclamações levantadas pelo vereador Fabiano Gomes foram, a constante falta de dinheiro nos caixas eletrônicos nos finais de semana, os rotineiros defeitos apresentados pelos caixas rápidos, a acessibilidade para gestantes, idosos e deficientes físicos, como é o caso do banco do Brasil que tem todos os seus caixas na parte superior e não possui elevadores.

A vereadora Adelaide França, utilizou sua fala para lembrar de algumas leis municipais que não estão sendo cumpridas pelos bancos, entre elas, a obrigatoriedade de banheiros nas unidades, a reserva obrigatório para pessoas com autismo.

Já o vereador Cristiano Ramos afirmou que era de uma importância grande a presença dos gerentes na casa de lei, já que as reclamações são grandes. O vereador falou também que as agências precisam da autorização do município para funcionar, e não adiantava o município ceder essas autorizações se as agências atendem mal a população.

O vereador Pedrinho Gaia, afirmou que é cliente das três agências mais frequentadas, caixa, BB e Bradesco, e falou das imensas filas que a população tem que enfrentar para poder tirar seu dinheiro e as longas esperas que segundo o vereador chegam até 4 horas de espera.

Após os vereadores levarem as reclamações aos gerentes, Virgílio Carlos afirmou que dificuldades existem e fazem o possível para melhorar isso. “Temos um grande cuidados não nunca deixar os meus caixas com menos de três pessoas. Atendo no mínimo 300 fichas por dia e sua média demora até 18 minutos no caixa”. Virgílio Carlos afirmou ainda que quando está implantando mais correspondentes para diminuir as filas no caixas eletrônicos “Desde de que assumi estou trabalhando para implantar mais correspondentes em áreas distantes, mas infelizmente muitos comerciantes não tem interesse”.

O gerente do Branco Brasil, José Patrício explicou que uma solução para resolver a superlotação dos bancos seria a utilização do celular para resolver e agilizar algumas atividades que hoje são resolvidas no banco. Solicitando a fala, o vereador Fabiano Gomes afirmou que nem todos sabem utilizar ou aceitam o cartão ou celular para realizar o pagamento “Temos que trazer para a realidade do nosso povo, hoje se vou na feira não tem como pagar com cartão ou usar o celular para pagar” afirmou Fabiano Gomes.

Os gerentes após suas falas se comprometem comprometeram em fazer um estudo sobre as situações encontradas.

 

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *