Universitário alagoano é morto por policiais na Paraíba

| Redação Rádio Sampaio


Segundo a PM ele não atendeu a ordem de parada e furou uma blitz no bairro de Manaíra

foto:divulgação/arquivo pessoal

foto:divulgação/arquivo pessoal

O universitário alagoano Eduardo Júnior foi morto a tiros, nessa sexta-feira (22) à noite, no bairro de Manaíra, na Paraíba, após, segundo a Polícia Militar (PM), furar uma blitz. A morte gerou comoção nas redes sociais.

A versão oficial apresentada pela Polícia Militar é de que o estudante não atendeu a uma ordem de parada e furou uma barreira policial. A vítima foi, então, atingida por um disparo que teria acertado a cabeça.

Eduardo Júnior chegou a ser encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, mas morreu antes de receber atendimento médico.

O estudante cursava Fisioterapia na Faculdade Maurício de Nassau, em Maceió, e, na última quinta (20), publicou nas redes sociais que estava a caminho da Paraíba. A instituição informou que vai aguardar a apuração dos fatos para poder se pronunciar.

Nas redes sociais, eram muitos os comentários sobre o episódio. “Não dar pra acreditar. Dudu tão lindo, tão gente boa, tão dedicado ao curso que ele escolheu, tão cheio de vida”, lamentou um internauta na página de Eduardo Júnior.

“Se os homens da terra não fizerem justiça, Deus com todo seu poder fará! Certamente que, Dudu se eternizará em nossos corações”, comentou outro internauta.

A Polícia Militar informou que deve divulgar uma nota sobre o episódio neste sábado.

 

Fonte: GazetaWeb

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: