A Uber anunciou para 2020 os testes com o transporte aéreo que deve ser utilizado para distâncias entre cidades em regiões metropolitanas. O Uber Air, terá motor elétrico e é a aposta da empresa para o futuro. A viabilização, porém, depende do início dos experimentos, que no Brasil contarão com a parceria da Embraer. O carro sem motorista ou plenamente automatizado, também, já está com estudos muito avançados na cidade de Pitsburg, nos Estados Unidos.

“A Uber já vem trabalhando e desenvolvido tecnologia para o carro autônomo que já testado nos EUA. E a outra tecnologia que vem sendo testada é a do Uber Air que são veículos que voam e decolam na vertical semelhantes a helicópteros, mas com motores elétricos que são mais eficientes e fazem menos barulho”, disse Pedro Prochno gerente de Comunicação da Uber Brasil.

O trabalho da empresa para estes serviços vem em decorrência da aceitação do serviço no país que teve início em 2014 e, no mês de novembro, atingiu a incrível marca de 19 milhões de usuários. Para estas pessoas a empresa está com um centro de atendimento que conta com 4 mil funcionários que atendem quem usa e, também, os parceiros/motoristas da Uber.

Carro sem motorista é testado nos EUA

FOTO: Divulgação Uber

Eles respondem demandas das mais simples como algo mais complexo como acidentes, perda de objetos, atrasos e falta de qualidade em algum veículo. O processo de relacionamento ocorre totalmente a partir do aplicativo que, da mesma maneira é o meio de comunicação dos parceiros. Estes, porém, contam com pontos de apoio que também são referência para quem se cadastrou para trabalhar com a empresa.

Como o aplicativo se baseia na orientação dada pelos serviços do GPS, a empresa quer aprimorar os dados fornecidos. Para isso deu início a um mapeamento terrestre pelas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Aqui em Maceió, o trabalho terá início no segundo trimestre de 2018.

Ainda para o próximo ano, a Uber deve trazer para o nordeste o serviço Uber Eats que envolve a entrega de alimentos selecionados em curto espaço de tempo com o apoio de motociciclistas e ciclistas.

Há duas semanas a empresa também começou a operar em Arapiraca. Para isso realizou estudos de mobilidade e da necessidade da população. Conforme a reportagem apurou, no próximo ano outras cidades alagoanas devem contar com a cobertura do aplicativo.

*A Uber levou a reportagem à sua sede para apresentar detalhes dos planos de investimento


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *