82 99641-3231

CSE demite Manoel Pinheiro, técnico do time

Portal Rádio Sampaio

Na manhã desta terça-feira (06), por meio de uma coletiva de imprensa a diretória do CSE anunciou a demissão do técnico do time, Manoel Pinheiro.

Com uma campanha regular, uma vitória na estreia diante do CEO na casa do adversário, uma derrota para o ASA em Palmeira dos Índios e um empate no último domingo diante do Santa Rita em Boca da Mata, com 50% de aproveitamento, a diretoria do CSE resolveu dá uma sacudida e demitiu na manha desta terça feira o seu técnico Manoel Pinheiro.

 

Manoel Pinheiro deixa o CSE  depois de dois amistosos e três jogos oficiais, em seu lugar assume o auxiliar técnico, Sóstenes.

A falta de dialogo entre diretoria e comando técnico resultou na demissão do treinador, segundo informações do site Voz de Ouro, pertencente a Antônio Oliveira.

 


Corpo de Bombeiros libera Juca Sampaio para o clássico do interior

O Corpo de Bombeiros liberou nesta segunda-feira, dia 29 o Estádio Juca Sampaio para realização do clássico envolvendo as equipes do CSE e ASA na quarta-feira (31), diante de sua torcida, em Palmeira dos Índios.

O Sargento Ednaldo falou sobre as condições da praça esportiva. “O estádio vai estar liberado para o jogo de quarta-feira e as exigências eles estão cumprindo o que eu pedi, eu só vou me ausentar do estádio quando eu ver tudo cumprido, porque a tarde estou me reunindo com o pessoal da federação, que está vindo de Maceió para cá, para fazermos uma inspeção juntos, Bombeiros, Polícia Militar e a federação para que quarta-feira não haja nenhum problema, ou seja, de portões abertos”, disse.

O prefeito Julio Cezar (PSB) esteve no campo de jogo e garantiu a realização da partida. “Estão deixando o campo pronto para o jogo de quarta-feira, o clássico que a cinco anos não acontecia, o Corpo de Bombeiros está passando todas as recomendações, mas tranquilizando as torcidas que vai ter jogo, a torcida do ASA, a torcida do CSE que aqui nas quatro linhas ganhe o melhor, o melhor do fair play no grande clássico entre CSE e ASA”, disse.

 

Foto: TodoSegundo

Fonte: TodoSegundo

 


CSE goleia o Miguelense no Juca Sampaio pelo “Torneio da Morte”

CSE x CRB, no Juca Sampaio (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)O CSE conquistou uma vitória muito importante na noite deste sábado. Em Palmeira dos Índios, goleou o lanterna Miguelense por 4 a 0 e chegou a oito pontos no quadrangular da permanência do Alagoano. Assumiu a liderança da fase e está mais longe da degola. Com apenas um ponto, o time de São Miguel só escapa do rebaixamento com um milagre. Ainda disputa duas rodadas e tem reduzidas chances matemáticas. Se o Sete de Setembro vencer o Coruripe, o Miguelense vai para a Segunda Divisão já neste domingo.

 

Os gols

Os gols da partida saíram no segundo tempo. Aos 14 minutos, Da Silva cobrou falta, a bola foi desviada pela defesa e, de cabeça, Joaninha abriu o placar. Aos 16, de pênalti, Etinho marcou o segundo do Tricolor. Teve mais. Igor fez boa jogada e a bola sobrou para Da Silva, que bateu com muita categoria e marcou o terceiro, aos 34 minutos.

Aos 35, uma curiosidade. O zagueiro Baiano deixou o campo e o presidente do Miguelense, Pililiu, voltou a jogar. A segunda partida dele no Alagoano. Foi para o ataque e viu de dentro do campo Juliano marcar o quarto do Tricolor, aos 40 minutos, e fechar o placar. Comandado pelo técnico Lino, o CSE pode garantir a permanência já na próxima rodada.

A próxima

Quarta-feira, o CSE recebe o Sete de Setembro no Juca Sampaio, em Palmeira, às 20h30. Nos mesmos dia e horário, o Miguelense enfrenta o Coruripe no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.


Pelo quadrangular, CSE vence a primeira e Sete empata com o Hulk

Dois jogos movimentaram a terceira rodada do quadrangular da permanência, nesta quarta-feira. Em Arapiraca, no Estádio Municipal, o CSE conquistou sua primeira vitória ao bater o Miguelense por 1 a 0, com gol de Rhuann. No segundo jogo da noite, Coruripe e Sete de Setembro empataram em 1 a 1, em confronto disputado no Gérson Amaral. Jackson marcou para o Canarinho e Cleicio para o Hulk.

Coruripe x Sete de Setembro, no Gerson Amaral (Foto: Agapito Santana/Assessoria do Coruripe)No Gérson Amaral, Coruripe e Sete de Setembro empataram por 1 a 1 (Foto: Agapito Santana/Assessoria do Coruripe)

Os resultados não alteram a tabela do quadrangular da permanência. O Sete de Setembro segue na liderança, mas com o CSE no encalço. Ambos fecham a terceira rodada com cinco pontos, o que põe o Canarinho na frente é o número de gols marcados: 5 x 4. O Coruripe se mantém na terceira posição com três pontos, enquanto o Miguelense está na lanterna, com um.

As equipes se reencontram na quarta rodada do quadrangular da permanência. No sábado, o CSE recebe o Miguelense, às 20h, no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios. O Sete de Setembro duela com o Coruripe no domingo, às 16h, no Estádio Olival Elias de Morais, em Boca da Mata.


CSE inicia arrancada contra o rebaixamento diante do Coruripe

Sem problemas extra campo, o CSE  de Palmeira dos Índios, vive um momento de expectativa para a estreia no torneio da permanência.

apesar de todo esforço da diretoria o time não correspondeu dentro de campo.

com exibições que deixaram a desejar dentro de casa, o torcedor perdeu a confiança  no time. foram  5 jogos dentro de casa na primeira fase e apenas uma vitória  1 x 0 diante do CEO.

As derrotas para Sete de Setembro e Murici no Juca Sampaio foram cruciais para a desclassificação.

foi trocado o técnico, mas nada  se viu de  evolução.

apesar dos tropeços a diretoria resolveu apostar no técnico Lino,  para os jogos  finais do campeonato.

Insatisfeitos com a presença do atual técnico, os atletas Breno, Emerson e Mateus Cunha deixaram o clube.

A torcida está revoltada e cobra  resultados.

a prova de fogo será quarta feira. diante do Coruripe

nos dois últimos jogos Jacobina foi improvisado como zagueiro, fazendo dupla com David, mas no jogo diante do Sete de Setembro, foi expulso.

Sem Jacobina , qual será a improvisação do técnico,  já que o clube dispões de 02 zagueiros Jadson e João Paulo, mas que até o momento não participaram do campeonato.

a expectativa era a estréia de Danilo, mas o mesmo sentiu nos treinamentos e passa por avaliação.

confira os jogos

CAMPEONATO ALAGOANO 2017 – Quadrangular da Permanência

Fase de Classificação

Data/Hora

Dia

1ª rodada

Local

S

B

29/03 20:30

Qua

CSE

x

Coruripe

Estádio Juca Sampaio – Palmeira dos Índios
29/03 20:30

Qua

Miguelense

x

Sete de Setembro

Estádio José Gomes da Costa – Murici

 

Data/Hora

Dia

2ª rodada

Local

S

B

02/04 16:00

Dom

Coruripe

x

Miguelense

A definir
02/04 16:00

Dom

Sete de Setembro

x

CSE

A definir

 

Data/Hora

Dia

3ª rodada

Local

S

B

05/04 20:30

Qua

Coruripe

x

Sete de Setembro

A definir
05/04 20:30

Qua

Miguelense

x

CSE

A definir

 

Data/Hora

Dia

4ª rodada

Local

S

B

09/04 16:00

Dom

Sete de Setembro

x

Coruripe

A definir
09/04 16:00

Dom

CSE

x

Miguelense

A definir

 

Data/Hora

Dia

5ª rodada

Local

S

B

12/04 20:30

Qua

CSE

x

Sete de Setembro

A definir
12/04 20:30

Qua

Miguelense

x

Coruripe

A definir

 

Data/Hora

Dia

6ª rodada

Local

S

B

16/04 16:00

Dom

Coruripe

x

CSE

A definir
16/04 16:00

Dom

Sete de Setembro

x

Miguelense

A definir

Murici vence CSE em jogo marcado por erro do árbitro Francisco Carlos

Chicão marca pênalti em falta fora da área e atrapalha o Tricolor em Palmeira

CSE x Muruci (Foto: Jailson Colácio/Assessoria Murici)

Na estreia do técnico Bilu, o Murici fez uma partida bem disputada contra o CSE nesta quarta-feira, em Palmeira, pelo Alagoano. Foi lá e cá. O Verdão venceu por 2 a 0, gols de Tarcísio e Jonas, contra, e chegou a nove pontos. É o quarto colocado do Grupo A, na cola do Sete de Setembro. O resultado manteve o Murici na briga por uma vaga no hexagonal. O destaque negativo da partida foi um grave erro da arbitragem. Paulo Victor foi derrubado fora da área do CSE, no primeiro tempo, e Francisco Carlos do Nascimento marcou pênalti.

O CSE é também o quarto colocado do Grupo B, com 12 pontos, e define a classificação no próximo domingo. Às 16h, vai encarar o Sete, no Olival Elias, em Boca da Mata. Nos mesmos dia e horário, o Murici recebe o Miguelense no José Gomes da Costa.

A partida começou movimentada, com as duas equipes tentando chegar ao gol. Os goleiros se destacaram, fazendo boas defesas. O placar no Juca Sampaio foi aberto após Paulo Victor ser derrubado fora da área, aos 27 minutos, e o árbitro Francisco Carlos do Nascimento marcar um pênalti estranho a favor do Murici. Tarcísio foi para a cobrança e converteu. Em seguida, o CSE começou a pressionar, criando bons lances, mas não conseguiu finalizar.

Na segunda etapa, o CSE continuou pressionando o Murici. Em lance perigoso, Deisinho quase ampliou o placar. Ambas as equipes continuaram perdendo grandes chances, até que, aos 28 minutos do segundo tempo, Paulo Sérgio cruzou na pequena área, a bola passou pela zaga tricolor e desviou no lateral Jonas, que marcou um gol contra: Murici 2 a 0.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey