Socorrista e paciente se reencontram após acidente

| Redação Rádio Sampaio


A Base Descentralizada de Palmeira dos Índios registra entre 150 a 200 atendimentos mensais.

(Foto: Enf Márcio Pinheiro/SAMU Palmeira dos Índios)

(Foto: Enf Márcio Pinheiro/SAMU Palmeira dos Índios)

O SAMU é um serviço do Governo Federal, administrado pela Prefeitura de Palmeira dos Índios, que presta socorro em casos de urgência e emergência. Atualmente, dispõe de 01 ambulância básica (USB), que possui em sua tripulação 02 Técnicos de Enfermagem e 01 Condutor Socorrista, nossa central de regulação fica localizada em Arapiraca, local que reúne profissionais telefonistas, médicos reguladores e rádio operadores que se comunicam constantemente com a ambulância através do sistema de rádio.

“Quando a população liga para o número 192 a ligação cai na Central de Regulação em Arapiraca, que funciona 24horas, todos os dias da semana. A equipe médica reguladora que trabalha nessa Central decidirá se é necessário o envio de uma ambulância básica para o local solicitado ou, ainda, se apenas faz orientação médica por telefone. É por isso que é necessário que o solicitante esteja próximo do paciente para repassar informações importantes ao médico.”, finaliza Enf. Márcio Pinheiro – Coordenador do Samu.

Entre essas mais 200 pessoas está à senhorita, Amanda Cavalcante da Silva (20 anos) que precisou do serviço quando teve um acidente de moto. “É Brilhante o trabalho desse pessoal quando sofri o acidente onde fraturei a minha perna esquerda no fêmur, tíbia e fíbula o serviço do SAMU foi primordial para a minha recuperação hoje, não consigo imaginar o que seria de me caso não tivesse sido atendida com a rapidez e os cuidados que o Samu disponibiliza em nosso município, posso dizer que eles realmente salvam vidas. Não só a minha, mas as de várias pessoas”, afirma Amanda.

“Para ser bem sucedido no trabalho, a primeira coisa a fazer é apaixonar-se por ele”, Renadja Kelly Cordeiro – Técnica de Enfermagem.

 

QUANDO CHAMAR O SAMU 192:

* Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios;

* Em casos de Intoxicação exógena;

* Em caso de queimaduras graves;

* Na ocorrência de maus tratos;

* Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto;

* Em casos de tentativas de suicídio;

* Em crises hipertensivas;

* Quando houver acidentes/traumas com vítimas;

* Em casos de afogamentos;

* Em casos de choque elétrico;

* Em acidentes com produtos perigosos;

 

MEDIDAS EM CASO DE ACIDENTE:

Algumas medidas úteis que contribuem para o atendimento

* Verifique a quantidade de vítimas, o estado de consciência delas e se alguma delas está presa ás ferragens.

* Ligue para o 192 e siga as orientações do Médico Regulador.

* Sinalize as vias galhos de arvore triângulo de sinalização

* Em caso de acidente com motos: não toque nas vítimas, não retire o capacete.

* Não dê água aos acidentados.

 

 

Enfº Márcio Pinheiro com Redação

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: