Sessão da Câmara de Vereadores de Palmeira é encerrada após desentendimento

| Redação Rádio Sampaio


Frente Câmara Municipal de Vereadores de Palmeira dos Índios (Foto: Rádio Sampaio)

A sessão ordinária de número 34 da Câmara de Vereadores do município de Palmeira dos Índios que aconteceu na manhã desta quarta-feira (06), foi encerrada em meio a confusão e desentendimentos entre vereadores que participavam da sessão.

O fato aconteceu durante a leitura da votação do projeto de Lei nº PM 012/2017, de autoria do poder executivo municipal, que pela ordem da pauta do dia seria a votação 02 de 15 projetos que estavam em pauta. O vereador Maxwell Feitosa estava realizando a leitura do projeto quando foi interrompido pela vereadora Adelaide França, que segundo ela não estava entendendo e pediu para debater o projeto. Ainda segundo o vereador Maxwell ele iria ler todo o projeto e no final ás duvidas seriam sanadas e deu continuidade sendo interrompido novamente, só que dessa vez pelo vereador Fabiano Gomes que pediu que fosse discutido por partes.

Nesse momento alguns vereadores discordaram do pedido, e com os microfones cortados questionaram o presidente da casa, vereador Júnior Mirada, que visivelmente exaltado encerrou a sessão deixando a população que acompanhava a sessão e a secretária de saúde, Katia Born que também estava presente perplexos.

Com isso a sessão foi encerrada sem votar e nem aprovar nenhum projeto que estava em pauta para aquela sessão, entre elas o projeto que dispõe sobre a lei orçamentária para 2018 e o projeto do Plano Plurianual. “Sempre que o presidente é questionado ou contrariado ele ameaça encerrar ou encerra a sessão e isso é um absurdo, estamos aqui para debater e questionar.” afirmou um vereador enquanto ia embora da casa de leis.

“Me sinto na locução de uma partida de futebol narrada pelo rádio, quando penso que vão votar os projetos ele já diz que foi aprovada, várias vezes presencie do vereadores votarem contra, mas ele estava tão apressado que não da tempo dos vereadores ficarem em pé.” disse o cidadão.

 

2 Comentários

  1. Jorge de Araújo Vieira disse:

    Realmente é triste tristemente a situação da Câmara Municipal de Palmeira Dos Índios.Estes vereadores querem muito o poder pelo poder!É triste tristemente uma cidade de povo culto como é nossa cidade,estar a mercê de vereadores que só pensam no seu umbigo!Vamos pedir ao grande Deus,que ilumine esses vereadores e que os mesmos aprendam,precisamos de Diálogo!Um homem sem diálogo é um homem morto!

  2. Rau leite disse:

    Coisa bonita isso!!!’

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: