Seis suspeitos morreram em confronto com policiais e outros 15 foram presos durante operação conjunta que ocorreu simultaneamente em Alagoas, Piauí e Pernambuco, para desarticular uma quadrilha suspeita de roubo a bancos e outros crimes.

Dois suspeitos, sendo um apontado como líder da quadrilha, foram mortos em Alagoas, após resistir à prisão. Anderson Marinho Gomes, vulgo “Bebe Ovo”, e seu irmão, José Claúdio, conhecido como “Claudinho”, foram localizados e mortos no município de Água Branca, Sertão de Alagoas.

Em Pernambuco, outros quatro suspeitos reagiram e também acabaram mortos. Foram eles: Rizomar da Conceição, José Cláudio Felix de Araújo, Bruno Alan Gomes Soares, e Fernando Machado Vasconcelos.

A quadrilha é suspeita de assaltar as agências bancárias de de Piranhas e Poço das Trincheiras, além de atacar um carro forte, no Sertão de Alagoas.

Foram presos em Alagoas e Pernambuco: Roque Rudson dos Santos Silva, Nilson Almeida Silva, José Maciel da Silva, Felipe Klinger de Almeida, João Batista dos Santos Silva, Flávio Oliveira da Silva, Jaedson da Silva Leite, Adeilson de Menezes Bezerra, Gilmar Ferreira da Silva, Sidney Pereira Lima, Aldean Oliveira Ramos, Divo da Cruz dos Santos, e Ivo Marcelino Alves dos Santos. Os dois presos em Piauí não tiveram os nomes divulgados pela polícia.

Com os suspeitos, foram apreendidos cinco fuzis, sendo quatro em Alagoas e um em Piauí. Cinco pistolas de diversos calibres, três espingardas 12, quatro rifles, além de 210 quilos de explosivos.

Participaram da operação policias do 9º BPM, da Delegacia de Delmiro, da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) e de outros estados.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *