Representantes do MPE, da Justiça Eleitoral e da OAB acompanham lisura da eleição

| radio sampaio


Representantes do Ministério Público Eleitoral, da Justiça Eleitoral e da Ordem dos Advogados do Brasil acompanham urnas paralelas que atestam confiabilidade do processo eleitoral através de urnas eletrônicas neste domingo (2). A votação paralela acontece na sede do Tribunal Regional Eleitoral, em Maceió.

Três urnas eletrônicas foram sorteadas, ontem (1), para comprovar a integridade das eleições na capital e no interior. Duas urnas foram enviadas para Limoeiro de Anadia e Cacimbinhas, enquanto outra foi para a 54ª zona eleitoral de Maceió. Estas urnas coletaram votos de eleitores tanto por meio de cédula, quanto eletronicamente. O acompanhamento e a correspondência entre os votos físico e digital atestam a impossibilidade de manipulação dos dados.

O Tribunal Regional Eleitoral convocou representantes de instituições relacionadas ao processo eleitoral, como o Ministério Público Eleitoral e a Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral, bem como representantes de partidos políticos, para acompanharem a apuração das urnas paralelas neste domingo. No entanto, nenhum partido político enviou representantes. Pela OAB está presente João Odin Gomes Ribeiro.

Para o procurador regional eleitoral em Alagoas, Marcial Duarte Coêlho, estas eleições são as mais fiscalizadas da história, o que pode indicar um novo momento no combate à corrupção. “Este processo de acompanhamento de urnas paralelas é importantíssimo para que os cidadãos acreditem e confiem no processo eleitoral e no sigilo das urnas eletrônicas”, afirmou o procurador.

Raquel Teixeira, procuradora eleitoral, ressaltou o papel das instituições democráticas na fiscalização do processo eleitoral como forma de assegurar que a vontade do cidadão eleitor seja respeitada e as garantias constitucionais asseguradas. “O Ministério Publico Eleitoral atua como olhos do próprio cidadão, ele faz a ponte entre a Justiça e o eleitor. Espero que estas eleições continuem tranquilas e sem maiores intercorrências”.

oab2

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: