Os senadores Renan Calheiros e Flávio Bolsonaro se cumprimentaram com um abraço caloroso, na tarde desta sexta-feira (1º), no plenário do Senado. O filho do presidente, Jair Bolsonaro, também ganhou um afago na cabeça de Renan.

Flávio deu várias declarações criticando Renan Calheiros e chegou a tentar organizar um movimento de boicote ao alagoano.

Renan, em um aceno ao Governo, saiu em defesa de Flávio em relação ao  caso Queiroz, dizendo que ele não deveria ser investigado nem no Rio, nem no Senado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *