Quadrilha especializada em fraudar o DPVAT é desbaratada pela polícia

| radio sampaio


Quatro pessoas foram presas acusadas de integrar uma quadrilha especializada em fraudar o seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) em Maceió, Rio Largo e Anadia. Os detalhes da operação foram repassados à imprensa na tarde desta segunda-feira, 5, durante entrevista coletiva na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Apontado como líder da quadrilha, David Alves da Silva, que já responde por estelionato, foi preso em Anadia. Além dele, foram presos, em Maceió: Adelson Clementino da Silva Neto, 33 anos (que responde por posse e porte ilegal de arma de fogo); Arthur Silva Araújo Neto, 27; e Cristiano Cordeiro da Silva, que é agente socioeducativo.

Segundo a polícia, o grupo agia desde 2013 nos dois municípios, onde aliciavam pessoas, fraudavam documentos e forjavam acidentes que rendiam em média R$ 13.500 cada. Deste valor, R$ 2 mil eram repassados a pessoa que emprestava os documentos e o restante ficava com o grupo.

Eles falsificavam atestados médicos e até Boletins de Ocorrência da Bahia para obter o valor do seguro.

Os presos estão na Casa de Custódia e seis pessoas aliciadas pelo grupo serão chamadas para prestar depoimento.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: