Prefeitura de Palmeira lança operação “Mais Água Agricultor” nesta segunda

A seca chegou e já castiga diversos povoados de Palmeira dos Índios – Foto: Divulgação

A seca chegou e já castiga diversos povoados de Palmeira dos Índios. Açudes e barreiros sucumbiram e a escassez e procura por água de beber só aumenta a cada dia. Para minimizar os efeitos da seca o prefeito, Júlio Cezar, lança na manhã desta segunda-feira (2) a operação pipa “Mais Água Agricultor”. A ideia do Governo Municipal é utilizar o mesmo critério do Exército e Defesa Civil que é abastecer as cisternas comunitárias.

A operação será coordenada pelo secretário de Defesa Civil, Flávio Emílio, que se articula também com o Exército e Defesa Civil Estadual para colocar em prática a distribuição de água por meio das operações pipas do Governo Federal e Estadual. “Toda ajuda neste momento é importante para minimizar os efeitos da seca, por isso, o prefeito Júlio vai usar recursos próprios para socorrer o nosso povo nesta hora difícil” explicou, Flávio Emílio. Semana passada o prefeito e o secretário de Meio Ambiente, Fernando Pereira inauguraram sistemas de abastecimento de água com dessalinizador, beneficiando 10 comunidades.

Os povoados Cabaceiros, Bonifácio, Cafundó, Chorador, Moreira, Craibas Tortas, Lagoa do Mato dos Lopes, Lagoa da Tereza, Boa Sorte e Riacho Santo foram todos beneficiados com o Programa Água Doce, uma iniciativa do Governo do Estado e da Prefeitura de Palmeira. Outras comunidades também serão beneficiadas tanto com o Programa Água Doce como o Água Para Todos. “Todos os esforços e medidas estão sendo buscados pelo nosso governo para ajudar o nosso homem do campo. Na seca, na falta de chuva, quem mais sofre é o agricultor. Ele é sofrido e sabe como um forte enfrentar todas as adversidades neste período de estiagem. Estou junto agricultor, saibam que vocês não estão sozinhos” disse, Júlio Cezar.

 

 

 

*   Com Divulgação

 


Deixe uma resposta