PF prende no Congresso policiais legislativos suspeitos de atrapalhar Lava-Jato

| Redação Rádio Sampaio


Quatro policiais legislativos foram presos sob suspeita de ajudar parlamentares investigados pela Operação Lava-Jato

20161021092124913961e

(Foto: Ed Alves/CB)

Brasília – A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira diligências no Senado em operação da Lava-Jato. Quatro policiais legislativos foram presos por suspeita de atrapalhar as investigações da Federal.

Fortemente armados e encapuzados, os policiais vasculharam salas e gabinetes. A ordem é colher provas contra policiais legislativos lotados no Senado Federal.

A ação foi pedida pela Procuradoria-Geral da República. Quatro policias legislativos foram detidos. O chefe da Polícia Legislativa Pedro Carvalho Oliveira foi conduzido coercitivamente – quando o investigado é levado a depor obrigatoriamente e liberado depois.

A Polícia Federal investiga os quatro policiais legislativos por serviços de contrainteligência para ajudar parlamentares investigados na Operação Lava-Jato. A suspeita é que policiais legislativos faziam varreduras nas casas dos políticos para identificar e eliminar escutas instaladas com autorização judicial.

Mandados

Além dos mandados de prisão e condução coercitiva, além de pedidos de afastamento da função pública, a Justiça expediu também cinco mandados de busca e apreensão. Os policias legislativos são servidores do Congresso que atuam na segurança no prédio.

Policiais federais também fazem buscas nesta sexta-feira em apartamentos de Águas Claras, no Distrito Federal, nas residências dos suspeitos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: