Pernambucano percorre o país carregando cruz para pagar promessa

| Redação Rádio Sampaio


Em 1962, Dias Gomes escreveu um drama que conta a história de Zé do Burro, que caminha sete léguas em pleno sertão baiano para a cidade de Salvador, carregando uma cruz com o intuito de pagar a promessa feita à Santa Bárbara. Chegam a Salvador de madrugada, alojando-se nas escadarias da igreja dedicada à santa.

“A vida imita a arte muito mais do que a arte imita a vida”, com essa frase do pensador Oscar Wilde, podemos dizer que, pela fé, o ser humano é capaz de muitas coisas. É o caso do pernambucano Pedro Guedes da Costa, de 77 anos, que há 10 anos peregrina pelas estradas do Brasil para cumprir suas promessas.

Caminhando às margens da rodovia BR-104, surge um homem curvado, carregando uma cruz pesando cerca de 50kg nas costas e “enfeitada” com objetos religiosos, fotos e muita fé, além de uma pequena bolsa contendo roupas, comida e água.

Pedro Guedes saiu andando de Caruaru-PE no dia 1º de outubro e, após 39 dias, chegou a cidade de Murici, na Zona da Mata de Alagoas. Ele, já havia percorrido mais de 190 quilômetros caminhando e seu destino é o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, que fica na cidade de Aparecida, em São Paulo.

Com mais 2.200 quilômetros à frente, o católico não se intimida com a distância e afirma que em nenhum momento pensou em desistir. Ele paga uma promessa após ficar curado de uma trombose em 2006.

Por onde passa, fiéis depositam objetos católicos na cruz

FOTO: Ricardo Lêdo

 

“Sem mapa, sem telefone, com minha fé e com a ajuda de quem acredita em mim, estou indo ver a minha Senhora Aparecida. Graças à Deus fiquei curado da minha trombose e não posso, nunca, deixar de agradecer por essa graça alcançada”, disse Pedro, com um sorriso no rosto e levantando as mãos para o céu.

Em sua cruz, o “pagador de promessas” mostra o que já acumulou desde que saiu de sua cidade natal. São terços, objetos católicos, fitas de santos, santinhos, e fotos de pessoas que querem, de alguma forma, ter uma graça alcançada.

“Por onde caminho, as pessoas vão me acolhendo, vão me entregando um objeto que querem que eu leve para Aparecida. A fé delas, alimenta a minha fé e é a fé que me leva á qualquer lugar”, contou.

Pedro Guedes projeta que deve chegar ao Santuário de Aparecida no segundo semestre de 2019.

Histórico

Após ficar curado da trombose, em 2007 Pedro Guedes iniciou uma caminhada de 7 anos da cidade de Caruaru-PE até santuário do Divino Pai Eterno, em Trindade-GO. Como forma de pagar esta primeira promessa, ele cruzou 12 estados do país com a cruz nas costas.

Ele prometeu a Deus que, se ficasse bom, atravessaria o Brasil e chegaria ao santuário na cidade goiana para a Festa do Divino no final de maio de 2014. Para pagar as promessas, Pedro deixou o emprego de auxiliar em um colégio de freiras na terra natal.

“Tem cidade em que o povo não dá nem água. Já me bateram, já me xingaram. Se durmo na mata, OK. Se durmo na pousada, OK. Eu agradeço mesmo assim. Quanto mais sofrimento, mais minha fé aumenta. Não sofri nem 1% do que Jesus sofreu. Deve ser alguma provação, mas nunca passei por dificuldades”, disse.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: