Uma operação realizada pelo Ministério Público Estadual (MPE/AL) prendeu, no início da manhã deste terça-feira (14), três pessoas suspeitas de exercer ilegalmente a Medicina em Alagoas. Elas foram levadas para a sede do órgão, em Maceió, para prestar esclarecimentos.

De acordo com informações iniciais, os detidos seriam médicos formados na Bolívia e que estariam trabalhando de forma ilegal no Estado, dando plantões.

“A denúncia não foi feita ao MPE pelo CRM, mas fornecemos os subsídios necessários para que ela fosse checada. Estas pessoas estavam usando nomes de médicos legalmente inscritos e até mesmo documentos deles. É um crime elaborado e que transcende a Medicina, já que envolve falsidade ideológica”, afirma Pedrosa.

Um vídeo mostra o momento da prisão de um homem, que é tirado por policiais de dentro de um carro, onde estava acompanhado por uma mulher que seria mãe dele.

Mais informações serão divulgadas em breve pelo MPE/AL.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *