Operação conjunta das polícias civis de AL e Paraíba prende dupla acusada de 40 furtos

Operação conjunta das polícias civis de AL e Paraíba prende dupla acusada de 40 furtos — Foto: Heliana Gonçalves/TV Gazeta

As Polícias Civis de Alagoas (Divisão Especial de Investigação e Captura – Deic) e da Paraíba (9ª DSPC–Itabaiana/PB) deflagraram no início da manhã desta quarta-feira (17) uma a operação policial nas cidades de São Miguel do Taipú e Campina Grande/PB, com objetivo de cumprir mandados judiciais de busca e apreensão e de prisão preventiva de pessoas envolvidas em pelo menos 42 furtos qualificados em estabelecimentos comerciais (mercadinhos e lojas de eletrodomésticos) e em casas lotéricas, nos Estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Dois homens foram presos.

De acordo com o delegado Thiago Prado, a operação é fruto de trabalho investigativo dos policiais civis do DEIC/AL e 9ª DSPC/PB, comandada pelo delegado Felipe Castellar, após a ocorrência de furtos a estabelecimentos comerciais e a casas Lotéricas, no Estado de Alagoas, e também na Paraíba.

As  ações criminosas aconteceram nas cidades de Pilar, Ingá, Mogeiro, Itabaiana, Serraria, Lagoa Grande e Bananeiras, atribuídas aos acusados.

Os autores dos crimes foram identificados como Anderson Alves Carvalho e Jackson Viegas Nunes, ambos residentes na cidade de Campina Grande.

Eles tiveram os mandados de prisão expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió. Após o cumprimento dos mandados judiciais também foi identificado Gildo Sousa Santos como participantes do grupo criminoso.

Os dois presos foram interrogados e encaminhados Alagoas, onde responderão presos a todos os processos criminais que apurar as suas ações criminosas.

 

 

 

 

Fonte: 7 Segundos


Deixe uma resposta