Morador da Casa de Passagem de Palmeira dos Índios denuncia descaso dos órgãos públicos.

Marcondes José Oliveira de Lima procurou o Programa Nosso Encontro para fazer uma denúncia.

Na manha dessa quinta-feira (11), Marcondes José Oliveira de Lima, que é ouvinte da Rádio Sampaio 94,5 FM, procurou o Programa Nosso Encontro para fazer uma denúncia.

Ele é acolhido da Casa de Passagem, Marcondes estava visivelmente emocionado e denunciou o descaso dos órgãos públicos com a Casa de Passagem. (vídeo no final da matéria).

“Eu gostaria muito de comunicar aos Órgãos Públicos que olhem para essa casa de passagem, olhem aquela fossa que está la no quintal, o buraco está enorme, me da ate vontade de chorar” foi o que disse Marcondes.

Marcondes José está na casa de passagem há sete meses, disse que a fossa cedeu dia 14 do mês passado e fica próxima ao local de lazer onde eles lavam roupa e reúnem para conversar, o fedor se espalhou por toda a casa.

A Casa de Passagem integra o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e está funcionando recursos do Governo Federal e do Município. A unidade está localizada na Avenida Vieira de Brito, 630, São Cristóvão.

No local é prestado acolhimento provisório as pessoas com vínculos familiares rompidos ou fragilizados, em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de auto-sustento. A Casa funciona 24 horas, todos os dias da semana, segundo Marcondes hoje a Casa de Passagem está abrigando 13 pessoas e tem capacidade para abrigar 25 pessoas.

 


Deixe uma resposta