Menores cavam buraco para fugir da Delegacia de Palmeira dos Índios

| Redação Rádio Sampaio


5ª DRP de Palmeira dos Índios/ foto: Rádio SAMPAIO

Um barulho contínuo, percebido por volta das 10h deste domingo (12) em uma área externa da Delegacia Regional de Palmeira dos Índios, chamou a atenção dos policiais civis plantonistas. Imediatamente, o delegado Itamar Uchôa determinou a realização de uma revista nas sete celas locais. Assim, eles descobriram que dois menores, ambos de 16 anos, que estão apreendidos no lugar, já tinham cavado um buraco no piso, de aproximadamente um metro e meio,por onde pretendiam fugir.

“A gente acredita que, se não tivéssemos descoberto, as fugas aconteceriam de hoje para amanhã. Eles iriam cavar um túnel da celas para o corredor, que dá para essa área externa – onde apenas os policias têm acesso. Chegando lá, pulariam o muro que dá para a rua”,contou para a imprensa o delegado Itamar Uchôa, que é titular da Delegacia de Quebrangulo.

Policiais estimam que o buraco cavado já tinha um metro e meio

FOTO: Cortesia

De acordo com ele, o escrivão Thiago Costa foi quem desconfiou de que algo poderia acontecer, pois um dos menores apreendidos – J.V.F.S – demonstrou comportamento violento desde a última quinta-feira, quando chegou ao local após ser acusado de assassinar uma pessoa, com 41 facadas. “Na ocasião, ele conseguiu abrir as algemas numa tentativa de fuga”, contou.

Assim que percebeu o barulho, a equipe plantonista pediu suporte à Polícia Militar para inciar a ronda. Depois que descobriram o buraco no piso de uma celas, provavelmente feito com o cabo de uma vassoura, que eles (os detentos) usam para varrer as celas, os dois menores foram tranferidos para uma outro lugar na própria delegacia.

Um deles, o J.V.F.S., deve ser vir para Maceió nessa segunda-feira (13), para ficar à disposição do CRM.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: