O candidato à Presidência pelo MDB, Henrique Meirelles , evitou projetar coligações para segundo turno. “Eu, no momento, estou fazendo meu trabalho. Não tomo decisão antes da hora. Só o peru é que morre na véspera “, disse à imprensa depois de votar no Colégio Rio Branco, em Higienópolis, região central de São Paulo.

“Eu posso não ter seu voto, mas vou ganhar o seu respeito”, disse Meirelles. Ele ainda declarou que o país precisa de seriedade para os próximos anos.

Ele votou acompanhado do candidato ao governo do Estado Paulo Skaf (MDB). Os dois emedebistas fizeram agenda juntos. E foi recebido com um “bom dia, presidente “, pelo postulante ao Palácio dos Bandeirantes.

Na última semana, Skaf afirmou que se o segundo turno da corrida ao Planalto for entreFernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), apoiará o capitão da reserva.

Meirelles tem 1% das intenções de voto, segundo o Datafolha deste sábado (6). Com a margem de erro de dois pontos percentuais, o ex-ministro da Fazenda está tecnicamente empato com outros oito candidatos, entre eles Marina Silva (Rede) eÁlvaro Dias (Podemos).

Na saída , Meirelles cumprimentou praticamente todos os funcionários do colégio eleitoral. Rapidamente entrou no carro e foi embora. Já Skaf foi abordado por cerca de 10 eleitores que pediram fotos e declararam voto a ele.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *