A Justiça de Alagoas determinou, nesta segunda-feira (23), que os servidores da educação do município de Boca da Mata, encerrem a greve iniciada a cinco dias. A decisão é do desembargador Klever Rêgo Loureiro que decidiu, ainda, aplicar uma multa de R$ 5 mil, caso o sindicato da categoria descumpra a determinação.

Os professores paralisaram as atividades no dia 19 de julho. A categoria reivindica reajuste salarial, negado pelo Poder Executivo, que afirma não ter condições de atender à solicitação.

O desembargado também autorizou o desconto nos salários dos servidores por falta injustificada, a partir da data da ciência da decisão, daqueles que não retornarem às atividades.

‘Cite-se o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas – SINTEAL(…), para que cumpra, imediatamente, a decisão”, encerrou o magistrado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *