Julgamento dos réus da Taturana ocorre nesta quinta em Maceió

| Redação Rádio Sampaio


Recursos seriam apreciados dia 22, mas foi adiado por pedido de vistas.

Réus já foram condenados pelo desvio mais de R$ 300 milhões da ALE.

sergio-juca

O julgamento dos recursos dos condenados por participação no esquema revelado pela Operação Taturana deve acontecer nesta quinta-feira (3), no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL). Dois dos réus concorreram à vaga de prefeito de Maceió.

Os recursos seriam apreciados no dia 22 de setembro, mas o desembargador Fernando Tourinho pediu vistas do processo, para analisar o pedido de defesa de Arthur Lira, um dos condenados.

O julgamento havia sido adiado para o dia 29, mas a pedido de Tourinho, foi desmarcado mais uma vez. Ele alegou que o processo, com quase 14 mil páginas, era muito complexo, e a análise demandava um tempo maior.

No despacho divulgado pelo TJ nesta sexta, além de reafirmar a complexidade do processo, o desembargador alegou que entraria em férias no mês de outubro, e que por isso determinou a inclusão do julgamento na pauta desta quinta.

Na sessão do dia 22, o desembargador-relator do processo, Domingos Neto, votou pela manutenção das condenações. Caso Tourinho não acompanhe o posicionamento do relator, pode haver o desmembramento do processo em relação a Lira, para julgá-lo separadamente e assim não atrapalhar o andamento do feito em relação aos demais acusados

A operação
A Operação Taturana foi desencadeada em 2007 e tinha como alvo deputados estaduais suspeitos de desvios de mais de R$ 300 milhões da Assembleia Legislativa. Segundo as investigações, os acusados contraíram empréstimos pessoais fraudulentos junto ao Banco Rural S/A, que eram pagos com cheques da ALE.

Foram condenados por participação no esquema João Beltrão, Maria José Viana, Cícero Amélio, Paulo Fernando dos Santos (o Paulão), Manoel Gomes de Barros Filho (o Nelito Gomes), José Adalberto Cavalcante Silva, Arthur Lira, Celso Luiz Tenório Brandão e Cícero Almeida, além do banco Rural S/A, e todos eles recorreram.

Paulão (PT) e Cícero Almeida (PMDB) foram candidatos à prefeitura de Maceió nestas eleições.

 

 

G1

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: