Interpol desmantela rede internacional de pedófilos e resgata 50 crianças

(Arquivo) A Interpol anunciou nesta quinta-feira que nove pessoas foram detidas em Tailândia, Austrália e Estados Unidos, e que 50 crianças foram resgatadas, após o desmantelamento de uma rede internacional de pedófilos que operavam na internet profunda – AFP/Arquivos

A Interpol anunciou nesta quinta-feira que nove pessoas foram detidas em Tailândia, Austrália e Estados Unidos, e que 50 crianças foram resgatadas, após o desmantelamento de uma rede internacional de pedófilos que operavam na “darknet”, a internet profunda.

A operação é consequência de uma ação iniciada em 2017, depois que que investigadores da Interpol encontraram material pedopornográfico em um site na “darknet” com 63.000 membros de todo o mundo.

Cinquenta crianças foram resgatadas, informou a Organização Internacional de Polícia Criminal, que não revelou a idade nem a nacionalidade dos menores.

Entre os nove detidos está o principal administrador do site, com sede na Tailândia. Este homem foi identificado como o autor de abusos contra 11 crianças, entre elas seu sobrinho.

Outro homem, residente na Austrália, foi detido em posses de milhares de documentos de pornografia.

As imagens mostram este homem abusando de crianças, incluindo um bebê de apenas 15 meses, segundo a Interpol.

Suspeitos também foram detidos nos Estados Unidos, incluindo um homem que abusou de seu meio-irmão de dois anos.

A investigação, com a participação de quase 60 países membros da Interpol, pode demorar vários anos, pois as ramificações desta rede são numerosas e extensas.

Além das 50 crianças resgatadas, os investigadores tentam identificar outras crianças que também teriam sido vítimas da rede.

Fonte: ISTOÉ


Deixe uma resposta