Incluindo Palmeira dos Índios, ação prende ‘pistoleiro de aluguel’

| Redação Rádio Sampaio


15073456_1100118710041273_4159330134009662489_nSete pessoas foram apresentadas ontem pela manhã, na Secretaria de Segurança Pública (SSP), como responsáveis por diversos homicídios ocorridos em Alagoas. Uma delas, o jovem Melquizedeque Estevan dos Santos, de 21 anos, é suspeito de ter praticado pelo menos 50 homicídios entre as regiões de Arapiraca, Palmeira dos Índios e Grande Maceió.

Segundo o secretário de Segurança, coronel Lima Junior, há indícios de que ele seria contratado por organizações criminosas para matar, inclusive em casos de disputa de quadrilhas rivais pelo controle do tráfico de drogas. É uma espécie de ‘pistoleiro de aluguel’, mas também por outros motivos.

 

 

 

 

 

 

Estadão Alagoas

Entre as suas vítimas estaria o empresário Adenilson Silva dos Santos, de 36 anos, assassinado dentro do carro, na porta de sua casa, no bairro do Jacintinho, quando saía para levar a filha à escola, em setembro passado. O comerciante teria sido morto porque sabia da participação de Melquizedeque na morte do seu irmão, José Edson dos Santos Silva, assassinado junto com Dayse da Costa Ferreira, em 2012. Adenilson teria prometido vingança, e isso chegou ao conhecimento do matador.

De acordo com a SSP, Melquizedeque, também conhecido como ‘Melque’ e ‘China’, é o mais perigoso entre os criminosos capturados na operação integrada realizada esta semana pelas polícias Civil e Militar de Alagoas, por meio da Delegacia de Homicídios, sob o comando do delegado Fábio Costa, e do 4º Batalhão da PM (BPM), comandado pelo coronel Silvestre. O resultado foi apresentado ontem, em entrevista coletiva à imprensa.

Os mandados foram expedidos pela juíza Lorena Calado, da 7ª Vara Criminal.

Segundo o secretário Lima Júnior, Melque era muito visado, inclusive no mundo do crime, por sua fama de matador, e tinha muita gente querendo a sua morte. Por isso ele mudava constantemente de endereço entre as cidades de Arapiraca, Palmeira e Maceió.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: