Palmeira: Homem agride ex-esposa com caco de vidro e diz que estava possuído por “entidade espiritual”

Delegacia Regional de Palmeira – Foto: Arquivo

Cristiano da Silva Bezerra, 33 anos, foi detido pela Polícia Militar na noite desta última segunda-feira (12), no Conjunto Jota Duarte, em Palmeira dos Índios, após ter sido acusado por sua ex-esposa, Marcela Adelane Aquino, 27 anos, de ter lesionado sua mão com um caco de vidro. Em sua defesa, Cristiano disse que é Médium e a culpa teria sido da entidade espiritual que o incorporou e cometeu a agressão contra sua ex-companheira. O casal tem duas filhas e estavam separados há dois meses.

Em entrevista concedida ao repórter Niraldo Correia durante o programa Nosso Encontro da rádio Sampaio 94,5 FM, Cristiano informou que foi até a casa da ex-mulher para visitar as filhas e Marcela estava bebendo com uns amigos na residência. Logo em seguida, uma amiga de Marcela, pediu para conversar com a entidade espiritual e ele concordou em “baixar” o espírito para conversar com ela.

Apesar de Cristiano ter culpado a entidade de cometer a agressão, ele tentou ainda justificar o espírito, dizendo que está em uma fase de mudança de religião, pretendendo ser Evangélico, fato que teria provocado esse conflito espiritual, e segundo ele, não podia adorar a dois deuses.

Ainda em seu depoimento, o acusado disse que a ex-esposa se machucou quando tentou ajudá-lo a conter a entidade incorporada, pois o espírito estava descontrolado e queria inicialmente machucar o próprio Cristiano com uma garrafa de vidro quebrada. Foi quando a ex-esposa segurou o braço dele e foi ferida na mão.

“Nunca tive coragem de fazer nada com ela, nem quando ela me traiu com um homem casado em nossa própria casa, e eu perdoei”, disse Cristiano.

O acusado encontra-se na 5ª DRP de Palmeira dos Índios onde deverão ser tomadas as medidas cabíveis.

Fonte: F5 Alagoas

Deixe uma resposta