Golfinho é encontrado cortado em várias partes na Praia de Feliz Deserto

Nesta quinta-feira (10), mais um golfinho foi encontrado esquartejado no litoral alagoano. Desta vez, o mamífero foi encontrado cortado em várias partes, na Praia de Feliz Deserto, no Litoral Sul de Alagoas.

Uma equipe do Instituto Biota de Conservação foi acionada ao local para recolher e avaliar o animal. Informações a exemplo da espécie só serão divulgadas após avaliação de veterinários.

Embora cruel e crime previsto em lei, a captura de golfinhos é uma prática comum entre pescadores, que utilizam a nadadeira do animal como isca.

O esquartejamento acontece também para evitar que golfinhos danifiquem as redes de pesca.

Em menos de um mês, um pescador foi flagrado por um colega enquanto esquartejava um golfinho, na Praia do Pontal da Barra, em Maceió. O caso foi denunciado à Polícia Federal (PF).

Contrato vencido

Vale lembrar que o contrato do Instituto Biota de Conservação com a principal fonte de financiamento venceu no último dia 29 o que, segundo o diretor-presidente da instituição, Bruno Stefanis, compromete parte do trabalho desenvolvido pelos monitores, a exemplo do resgate de animais.

O Centro de recuperação de animais do Biota, que funciona na cidade de Coruripe, no Litoral Sul de Alagoas, também será fechado. “A situação ainda não foi revertida e estamos só tratando alguns animais que já estão no centro antes do fechamento, mas não podemos recolher e tratar novos animais”, pontuou Bruno Stefanis.


Deixe uma resposta