Gastronomia alagoana é finalista em prêmio nacional

Reconhecida como um dos grandes atrativos do destino Maceió, a gastronomia alagoana segue em destaque no Brasil e no mundo. Desta vez, dois chefs da cidade são finalistas no maior prêmio do segmento no país, o Melhores do Ano Prazeres da Mesa. O chef Wanderson Medeiros, do Espaço WGourmet e responsável pelo Restaurante Picuí, concorre na categoria de Melhor Banqueteiro. Já a chef Simone Bert, é uma das finalistas com o Restaurante Wanchako disputando o título na categoria de Melhor Cozinha Latino-americana.

A seleção é resultado de uma pesquisa realizada pela Revista Prazeres da Mesa em que, na primeira fase do concurso, são convidados especialistas de todo o país – entre chefs, críticos, jornalistas e estudiosos da alimentação – para indicar os favoritos em cada uma das categorias. Em seguida, é aberta a votação popular, que vai ajudar a eleger os restaurantes e chefs que ganharam destaque na temporada 2018-2019.

“Esse é o terceiro ano que meu trabalho ganha visibilidade no Prazeres da Mesa, um dos mais importantes prêmios da gastronomia nacional. Em 2012, fui premiado como Chef Revelação e no ano passado venci como Banqueteiro do Ano, a mesma categoria que fui indicado este ano. O reconhecimento é resultado de muita dedicação e trabalho”, disse Wanderson Medeiros.

De acordo com o secretário municipal de Turismo, Jair Galvão, o destino Maceió ganha destaque pela vocação gastronômica, e consolida o circuito de chefs renomados e moderna infraestrutura de bares e restaurantes, como um diferencial entre os atrativos turísticos da capital alagoana.

“Sabendo que a gastronomia alagoana é o segundo motivo que mais atrai turistas para a cidade, a gente vê em uma premiação como esta mais um incentivo para o crescimento e desenvolvimento do setor. São chefs de alto nível e que trabalham a diversidade de sabores da culinária e ingredientes regionais em bares e restaurantes premiados”, comentou Galvão.

Neste ano, 176 pessoas participaram do júri do Melhores do Ano Prazeres da Mesa, para que todos os estados brasileiros estivessem representados. A partir das soma dos votos, foram eleitos cinco finalistas em cada categoria e a etapa da votação popular segue aberta até o dia 22 de maio aqui. O resultado será divulgado no dia 10 de junho, durante uma festa de premiação e publicado na edição seguinte da revista.

Gastronomia alagoana na premiação

Na última edição do evento, no ano passado, chefs de Maceió venceram três categorias do prêmio – o chef Wanderson Medeiros ganhou o título de Banqueteiro do Ano, o Akuaba, comandado pelo chef Jonatas Moreira, foi eleito o Melhor Restaurante de Cozinha Brasileira e o Divina Gula, com o chef Victor Generoso, o Melhor Restaurante da Região Nordeste. O Divina Gula também ganhou destaque como a Melhor Carta de Cerveja entre os concorrentes. Já o Maria Antonieta, restaurante de cozinha italiana, levou o prêmio de excelência como Melhor Carta de Vinho.

Para a chef Simone Bert, referência em culinária peruana e ex-participante do reality-show Masterchef, a indicação foi recebida com grande entusiasmo, já o que prêmio reconhece e engrandece o que Alagoas tem de melhor.

“Depois de 23 anos de muito trabalho recebi essa notícia emocionada, com muito orgulho e amor. É a primeira vez que somos indicados ao prêmio de Melhor Culinária Latino-americana pela Prazeres da Mesa. Nos sentimos lisonjeados pela indicação e estamos na torcida para que votem no nosso restaurante”, comemorou.


Deixe uma resposta