Operação Defeso é comandada pelo IMA e Ibama; ninguém foi preso.
Carga do crustáceo foi doada para o Lar São Domingos, em Maceió.

Pelo menos 200 kg de camarão foram apreendidos nesta sexta-feira (13), durante a “Operação Defeso”, na Barra de São Miguel. Toda a carga do crustáceo foi doado para o Lar São Domingos, em Maceió. A ação é feita pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A ação começou por volta das 2h, no Porto de Jaraguá, e seguiu até a Barra de São Miguel, Litoral Sul do estado. O objetivo da operação é combater a pesca do camarão branco, rosa e sete barbas no período de defeso.

O período vai de 1º de dezembro a 15 de janeiro. Segundo o BPA, os pescadores que estavam na embarcação em que o crustáceo foi apreendido fugiram. Materiais proibidos na atividade da pesca, como redes e portas foram apreendidos.

Toda a carga apreendida foi doada ao Lar São Domingos (Foto: Heliana Gonçalves/TV Gazeta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *