Internado há cinco meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, no interior de Alagoas, o jovem Eraldo Alves Nunes, de 23 anos, tinha um sonho: conhecer o cantor alagoano Mano Walter.

Parte desse sonho foi realizado no último sábado (26) graças ao apelo feito nas redes sociais por servidoras do hospital, que promoveram uma campanha para que a história do paciente chegasse a um dos artistas alagoanos mais famosos da atualidade.

Dias depois do apelo, o cantor gravou um vídeo em que desejava a melhora no estado de saúde do jovem e a promessa de um encontro em breve.

A fragilidade do estado de saúde de Eraldo não permitiu que ele esperasse para conhecer o ídolo, mas ele pôde viver a emoção de receber a mensagem de Mano Walter. O jovem faleceu no domingo, um dia depois, em decorrência do traumatismo cranioencefálico sofrido durante uma queda no início do ano.

“Passando para dizer que eu fique muito feliz que você curte a minha música e estou pedindo a Jesus Cristo que você fique bom logo’, disse o cantor no vídeo.

Caso sensibilizou equipe de hospital

A assistente social do Hospital Emergência do Agreste, Anita Bonfim, acompanhou o drama vivido por Eraldo durante os cinco meses em que ele esteve internado.

“Ele era um paciente em estado infelizmente muito grave. Como ele passou esse tempo aqui com a gente, todo mundo se sensibilizou com o caso”, contou.

Ainda segundo a assistente social, Eraldo, que era natural de Pernambuco, teria ficado feliz após receber o vídeo do cantor.

“Fizemos essa campanha para tentar realizar esse desejo dele. Como o cantor – devido à agenda corrida não tinha como visitá-lo – a produção dele enviou esse vídeo”, disse.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *