A 7ª Região Militar do Exército Brasileiro deflagrou na manhã desta terça-feira (28) a Operação Escudo, que tem como objetivo combater a compra e venda ilegal de veículos blindados em Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

O principal foco da operação é fiscalizar as empresas que comercializam carros blindados. A informação foi confirmada pelo tenente Nezildo, do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BIMtz).

“A gente vai até as empresas que estão cadastradas junto ao Exército para poder fazer a fiscalização e verificar a situação da venda, tudo referente a blindagem”, explicou o tenente.

Em Alagoas, a operação passou por uma empresa em Maceió. O veículo encontrado no local não apresentava irregularidades. Na quarta (29), os trabalhos continuam em uma outra empresa. O Exército ainda não divulgou informações sobre o resultado da ação em outros estados.

O coronel Nilton Rodrigues explica que para uma pessoa possa adquirir um veículo blindado, é necessária uma autorização especial, requerida junto ao Exército, que avalia a blindagem solicitada.

“Tem tipos de blindagem que são de guerra, as blindagens do cotidiano são com menores capacidades e a gente tem que fiscalizar isso, porque quem produz uma blindagem de menor capacidade, pode produzir de maior capacidade. A gente verifica se essas blindagens que estão sendo colocadas nos veículos estão dentro das regulamentações e se elas estão direcionadas para as pessoas que receberam o cadastro para isso, e que a blindagem de veículo não vá parar na mão de um criminoso”, explicou.

A ação também conta com a participação do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Militar de Alagoas e Secretária da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *