82 99641-3231

Celular pega fogo enquanto carregava, em Arapiraca

Um celular pegou fogo enquanto carregava duranta a madrugada deste sábado (12), no município de Arapiraca, na região Agreste de Alagoas. Ninguém ficou ferido.

acordo com Jhonatan Pedro da Silva, dono do telefone, ele acordou assustado com o barulho da explosão do telefone modelo Motorola Moto G4 Play que estava conectado ao lado da cama onde o genro do proprietário do aparelho estava dormindo.

Após a explosão, Jhonatan informou ainda que tirou o aparelho da tomada. “Se não tivesse agido rápido a casa podia ter pego fogo”, disse em entrevista ao Diário Arapiraca.


Eleições 2018: como usar o aplicativo e-Título

De olho nas Eleições 2018, que acontecem em outubro, a Justiça Eleitoral criou o aplicativo e-Título, que substitui o tradicional título de eleitor físico por um documento virtual. Confira, neste tutorial, como utilizar o aplicativo e simplificar o processo de votação. O app pode ser baixado em smartphones Android ou iOS, e o seu uso é bem simples. Confira:

  1. Baixe o aplicativo para Android ou iOS;
  2. Na tela inicial, preencha os dados e clique em “Acessar”. O seu título digital já aparecerá.
  3. Reprodução

Após fazer o cadastramento, você já pode utilizar o app na próxima votação e deixar o documento impresso em casa. Na guia “Onde votar”, é possível consultar o seu local de votação. Informação importante: vale lembrar que as pessoas que não fizeram o recadastramento biométrico devem levar um documento oficial no dia da votação, como RG ou carteira de habilitação.

O e-Título concentra ainda informações adicionais importantes sobre a sua situação eleitoral. Mais um detalhe: atente-se a deixar os nomes exatamente como constam nos documentos, porque o aplicativo não deixa passar qualquer divergência.

Fonte: Olhar Digital

Facebook mostra quais usuários foram atingidos pelo escândalo de vazamento de dados

Facebook mostra quais usuários foram atingidos pelo escândalo de vazamento de dados

O Facebook começa a mostrar a partir desta segunda-feira (9) quais de seus usuários tiveram os dados explorados pela Cambridge Analytica.

Na semana passada, o Facebook elevou sua estimativa de pessoais atingidas de 50 milhões para 87 milhões, a maioria nos Estados Unidos. O Brasil é o oitavo país com mais usuários impactados: 443 mil. As informações delas foram compartilhadas de maneira imprópria com a consultoria política britânica Cambridge Analytica.

O Facebook vai posicionar um link no topo do Feed de Notícias para um um painel, que reunirá aplicativos e sites em que as pessoas usam dados do Facebook como forma de acesso.

“Você também pode remover aqueles que você não quer mais que se conectem ao Facebook”, avisa a rede social. A liberação começa a ocorrer nesta segunda, mas chega de forma gradual aos usuários.

Privacidade

 

Uma caixa adicional de texto será exibida aos usuários que tiveram os dados explorados pela empresa britânica. Nela, o Facebook resume o que ocorreu: a aplicação “This is your digital like”, já banida, pediu autorização para coletar dados de usuários, assim como a de amigos deles.

Só que, em vez de manter essas informações internamente, esse serviço compartilhou os dados com a Cambridge Analytica, que construiu a pedido da campanha de Donald Trump algoritmos para prever o comportamento eleitoral de norte-americanos durante a campanha presidência dos Estados Unidos de 2016.

“Há mais trabalho a ser feito, mas nós estamos comprometidos a confrontar abusos e colocar você no controle da sua privacidade”, informa o Facebook.


Câmara de Vereadores na Bahia tem R$ 95 mil desviados por hacker

A Câmara de Vereadores da cidade de Brumado, na Bahia, teve a conta bancária invadida por um hacker que desviou R$ 95 mil para uma outra conta de Brasília.

 

O caso está sendo investigado, mas aparentemente o hacker conseguiu acesso e transferiu o valor para uma conta do banco Itaú de uma agência em Brasília. O valor desviado corresponde a 21% do rendimento mensal da Câmara de Vereadores de Brumado, segundo o Correio.

 

O presidente da casa, vereador Leonardo Vasconcelos (PDT), disse que o desvio foi notado quando uma tela surgiu no sistema financeiro da Câmara pedindo informações que não costumam ser pedidas. Ao entrar em contato com o Banco do Nordeste (BNB), responsável por gerenciar a conta bancária, o parlamentar foi orientado a reiniciar o computador.

Mas já era tarde demais: R$ 95 mil já tinham sido desviados da conta da casa. O BNB vê indícios de fraude eletrônica, e está analisando o caso para avaliar um possível ressarcimento do valor. O banco também solicitou já o bloqueio do dinheiro transferido para a conta do Itaú. A Câmara dos Vereadores de Brumado deve receber o valor desviado integralmente em até dez dias úteis.

Fonte: Olhar Digital

Golpe no WhatsApp promete kit gratuito no Dia Internacional da Mulher

Caso você tenha recebido a promessa de um kit de maquiagem gratuito via WhatsApp, saiba que você está mais próximo de cair em um golpe orquestrado por cibercriminosos.

A empresa de segurança Kaspersky Lab identificou a ameaça que se aproveita do Dia Internacional da Mulher como isca de um novo ataque malicioso.

Para disseminar o golpe de maneira mais efetiva, os criminosos utilizam engenharia social para convidar os usuários a compartilharem uma mensagem com seus contatos, além de notificações de navegadores e sites, visando alcançar um maior número de vítimas.

A campanha é similar a outras disseminadas ultimamente, mas possui um foco na área de varejistas do setor de beleza – sendo que o ataque oferece produtos que não existem. Quando a vítima clica no link indicado, ela é direcionada para um site falso com muitas propagandas – forma usada pelo criminoso para monetizar o golpe. Em alguns casos, quando o golpe é completado, pode até ser oferecido a instalação de um aplicativo com caráter malicioso.

“Criminosos brasileiros continuam usando o WhatsApp como vetor de ataques por causa de sua popularidade. O uso de um tema como o Dia Internacional das Mulheres demonstra que eles estão sempre adaptando os golpes para temas relevantes e que chamam a atenção das vítimas”, ressalta Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kasperksy Lab.

Como se proteger

Como não há previsão de diminuição desses ataques, a Kaspersky Lab levantou as seguintes dicas para que os usuários não caiam em mais golpes ao longo do ano:

Desconfie de links recebidos: mesmo que a conversa não seja com um desconhecido, é preciso duvidar da veracidade da mensagem, ainda mais se inclui uma promoção; procure sempre confirmar no site oficial da empresa qualquer informação;

Cuidado com o mouse (ou o touch):nunca clique em links de e-mails suspeitos, banners em sites ou acesse sites desconhecidos. Quando você tiver que visitar um banco online ou uma loja de varejo, digite manualmente o URL em vez de clicar em um link;

Tenha uma solução de segurança robusta no celular e outros dispositivos:usar um software bloqueará o acesso aos sites maliciosos, scripts que tentam alterar seu roteador e assim você terá uma navegação mais tranquila;

Notificações: não autorizar notificações em qualquer website, mesmo que a pergunta não seja relacionada a isso. Revise sempre as configurações avançadas no seu navegador, seja no desktop ou smartphone, e remova os sites desconhecidos que estão autorizados a emitir notificações.

Fonte: IDGNow

Saiba como escrever de maneira ‘invisível’ no WhatsApp

Você já se perguntou se havia alguma maneira de escrever mensagens no aplicativo WhatsApp sem que seus contatos soubessem que você estava digitando ou até mesmo vissem que estava online?

É verdade que é possível esconder o último horário em que o usuário acessou o aplicativo, o status e até mesmo a foto de perfil, mas não há nenhuma forma oficial disponível para não mostrar a digitação.

Para isso, foi criado o aplicativo Flychat. Quando alguém te enviar uma mensagem, o Flychat irá mostrar um balão flutuante no canto da tela – de forma semelhante ao que o Messenger faz. Enquanto você mantiver a conversa apenas no aplicativo, estará invisível e seus contatos não saberão que você está online e muito menos digitando. Trata-se de uma função que pode ser útil para usuários que não querem ser vistos digitando desde uma simples mensagem ou até um texto.

Confira no tutorial abaixo como instalar e utilizar o aplicativo:

1. Instale o Flychat pelo Google Play.

2. Após a instalação, aparecerá uma janela com as permissões necessárias para utilizar o aplicativo. Não se assuste com o pedido de ler notificações e mensagens, já que isso é necessário para o Flychat funcionar. Se mesmo assim você concordar, aceite as permissões necessárias e toque nas chaves mostradas.

3. Role a próxima tela até o final, para encontrar o WhatsApp.

4. Toque em “Configurações” e, em seguida, toque na chave da opção “Vincular a notificação” para ativá-la. Essa função irá desativar as notificações padrão do Android.

5. Pronto!

Agora, quando você receber alguma mensagem no WhatsApp, um balão de cor verde irá aparecer. O Flychat tem uma interface um pouco diferente da do WhatsApp, já que suas conversas ficarão sempre na mesma tela e serão separadas por abas. Quando quiser fechar o balão com a notificação da mensagem, basta deslizá-lo para a parte de baixo da tela.

Vale lembrar que o app Flychat está disponível apenas para Android 4.4 ou versões posteriores do sistema.

Fonte: TecMundo

Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey