Palmeira dos Índios
30 ºC Céu Limpo

Palmeira dos Índios | Céu Limpo
30 ºC

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Menor vítima de assédio sexual é levada a hospital psiquiátrico

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true
Menor vítima de assédio sexual é levada a hospital psiquiátrico

Durante patrulhamento na região do Centro de Maceió, agentes de proximidade do Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, avistaram  na tarde desta sexta-feira, dia 06, uma adolescente em estado de choque.

Segundo a assessoria de Comunicação da Ronda no Bairro ao conversar com a menor, a guarnição foi informada sobre uma tentativa de assédio sexual que ela havia sofrido minutos antes e acionou a equipe social do programa para auxiliar na condução do caso.

De acordo com o relato da adolescente de 17 anos, ela havia se afastado da mãe, de 35, enquanto andava pelo Centro e ao atravessar uma rua, foi surpreendida por um homem que a tocou nas partes íntimas e fugiu do local.

De posse da descrição do suspeito, os agentes realizaram buscas pela região, mas não conseguiram localizá-lo. Em visível estado de choque, a vítima foi encaminhada ao Hospital Escola Portugal Ramalho, no Farol, a fim de fazer uma avaliação psicológica e ser atendida por um médico psiquiatra.

 

 

 

 

 

*Com assessoria


Duas pessoas sofrem sequestro relâmpago por supostos compradores de carro, em Arapiraca

Duas pessoas sofrem sequestro relâmpago por supostos compradores de carro, em Arapiraca

Na noite desta quinta-feira (5), duas pessoas foram vítimas de sequestro e assalto no bairro Santa Edwiges, na cidade de Arapiraca. A ação aconteceu em uma suposta negociação de compra de carro, onde ao chegar no local combinado, o crime foi anunciado.

Segundo informações da polícia, as vítimas relataram que os supostos compradores estavam em um Ford Eco Sport, de placa não anotada e entraram no carro, anunciaram o assalto e sequestraram a vítima.

Eles levaram o homem até um posto de gasolina e a obrigaram a sacar R$900,00 em um caixa eletrônico, comprarem uma bebida no valor de R$100,00 e abastecer o veículo em R$ 150,00. Os criminosos ainda roubaram dois aparelhos celulares e R$200,00 em dinheiro.

Após o crime, as duas vítimas foram abandonadas no Sítio Bom Nome. Uma guarnição foi acionada, realizou rondas e orientou os envolvidos a prestarem queixa na Central de Polícia. Ninguém foi preso.

 

 

 

 

 

*    Com Já é Notícia


Idoso de 78 anos mata esposa a facadas e foge, em Alagoas

Uma mulher de 43 anos foi assassinada nessa quinta-feira (5) dentro de casa, no conjunto Frei Damião, bairro Benedito Bentes, parte alta de Maceió. A polícia aponta o esposo da vítima como o principal suspeito de ter cometido o crime.

De acordo com informações do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), uma faca de cozinha foi usada pelo aposentado José Eduardo dos Santos, de 78 anos, enquanto Vera Lúcia Mariano cuidava de sua rotina doméstica. “Ele aproveitou a ausência dos filhos para cometer o crime e fugiu em seguida), confirmou o comandante do batalhão, Major César Monte.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) e agentes do IML estiveram no local e recolheram as primeiras informações para integrar o inquérito. O plantonista da Delegacia de Homicídios esteve no local e vai investigar o caso.


Mulher perde mais de mil reais após casal aplicar famoso “golpe da recompensa”, em Arapiraca

Mulher perde mais de mil reais após casal aplicar famoso “golpe da recompensa”, em Arapiraca

Uma mulher perdeu R$ 1.200, 00 reais do seu décimo após cair no famoso “Golpe da Recompensa” aplicado por um casal no centro de Arapiraca, na manhã desta sexta-feira (6).

A vítima relatou aos policiais na Central de Polícia que havia acabado de sair do banco com o dinheiro quando foi surpreendida por uma mulher que alegou estar machucada e tinha perdido o cartão nas proximidades da Rua Estudante.

Na mesma hora, um homem chegou com um cartão e a estelionatária alegou que ia dar uma recompensa aos dois. Ela entregou um cartão e mandou a mulher ir buscar a recompensa em uma loja.

Relatou ainda a vítima, que os autores lhe pediram para deixar com eles a bolsa com seus pertences, e que de boa fé, acreditou na proposta do casal. A mulher somente desconfiou que havia caído em um golpe, depois que retornou ao local do encontro com os infratores.

Os bandidos haviam fugido, levando sua bolsa com o dinheiro, documentos pessoais e o cartão bancário, chave de casa e pertences.

Os autores ainda não foram encontrados durante rastreamento feito pelos militares. A vítima registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia.

A vítima, de nome Maria Josefa, pede a quem encontrar os seus documentos entregar na Central de Polícia Civil, localizada no bairro Baixão.

A PM orienta aos cidadãos a se manterem atentos quanto ao modo de ação descrito que é uma variante do chamado “Golpe da Recompensa”, em que os infratores procuram enganar as vítimas prometendo suposta recompensa a ser conseguida em um endereço indicado por eles, enquanto ficam com a bolsa da pessoa.

 

 

*    Com Já é Notícia


Três motocicletas são roubadas em Arapiraca em menos de 24 horas

Três motocicletas são roubadas em Arapiraca em menos de 24 horas

O 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) atendeu ocorrências sobre roubo de três motocicletas em bairros da cidade de Arapiraca nesta quinta-feira (05/12). Todos os crimes aconteceram em menos de 24 horas.

O primeiro caso aconteceu na comunidade Cangandu, onde uma Honda CG 160 Titan, de cor vermelha e placa QLG 8697, foi roubada por dois homens armados e a pé. Os acusados saíram de um matagal e anunciaram o assalto.

No bairro Baixão, a ação aconteceu por volta das 20h quando dois homens a pé e um deles armado, renderam a vítima e anunciaram o assalto. Foi levada uma Honda CG Titan ESD, de cor vermelha e placa NMO 7228.

O último registro foi feito no bairro São Luiz, onde uma Honda Biz 110, de cor vermelha e placa QLM 5375 foi roubada, em pleno 12h. A autoria é desconhecida.

Todas as vítimas foram orientadas a prestarem queixa na Central de Polícia Civil e nenhum suspeito foi preso.

 

*   Com NN1


Operação Taxa Zero: polícia prende estelionatários suspeitos de fraudar compra e venda de veículos novos em AL

Operação de combate ao tráfico de drogas contou com a participação de batalhões da PM e policiais civis

O Ministério Público Estadual (MPE-AL), através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), desencadeou na madrugada desta sexta-feira (6), a “Operação Taxa Zero” que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão nos municípios de Maceió, Marechal Deodoro e São Miguel dos Campos e prendeu estelionatários, fraudadores, falsificadores esquematizados na compra e venda ilícitas de veículos.

De acordo com informações repassadas pela assessoria de comunicação do MPE, as investigações começaram em meados de junho de 2019, e que chegaram ao grupo criminoso chefiado por uma empresária e proprietária de um bistrô, de nome Daniela. Ela, o marido Valtemir e o filho Daniel são os cabeças do esquema que envolve a compra de veículos novos (zero quilômetro) utilizando os financiamentos do Banco Volkswagen.

Ainda segundo o MPE, a quadrilha, que também teria mais três pessoas como sócios, identificadas como Letícia, Frederico Barros e Alysson descobrira uma falha no sistema de financiamento do banco e começou a colocar em prática o plano criminoso.

De posse de informações privilegiadas, os estelionatários conseguiam efetuar a compra para eles e também para outras pessoas envolvidas. Ainda segundo as investigações, a preferência da quadrilha era de carros de modelos como, Amarok, Polo e T-Cross.

Para garantir a aquisição dos veículos, a quadrilha falsificava documentos e, de forma fraudulenta, conseguia descontos e lograva êxito. Um contador, identificado como Abelardo, é quem dá suporte à quadrilha na falsificação de documentos.

Na cidade de São Miguel dos Campos, dois vendedores, identificados como Lucivaldo e Mônica, facilitavam a aquisição dos veículos para o grupo. A recompensa seria receber, além da comissão, propina de Daniela para facilitar as investidas. Por venda, o lucro estimado era de R$ 2 a 6 mil reais e o valor variava de acordo com a titularidade do proprietário. Se o comprador fosse colocar o veículo em seu nome, era um preço, se fosse em nome de terceiros tudo mudava.

 Após as compras dos veículos, os criminosos revendiam para terceiros por preços considerados irrisórios, esquema conhecido popularmente como ‘carro de estouro’. Os veículos modelo Gol, por exemplo, eram revendidos entre R$ 6mil e 10 mil, enquanto os modelos Polo e T-Cross a R$ 40 mil. Já as caminhonetes modelo Amarok eram repassadas pelo valor de R$ 60 mil.

Ao todo, foram expedidos pela 17ª Vara da Capital 9 mandados de prisão e mais 12 de busca e apreensão. O Departamento de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) deu suporte às investigações fornecendo informações relevantes para a descoberta do esquema criminoso.

Além do BPRv, a operação conta com a participação de guarnições do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp).

*Com informações da assessoria 


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey