82 99641-3231

Presos do Cyridião são transferidos para o presídio do Agreste de Alagoas

Objetivo é evitar comandos de organizações dentro dos presídios.
Medida também serve para evitar comunicação de facções.

A Secretaria de Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que realizou a transferência de 150 presos do Cyridião Durval para o presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, nesta quinta-feira (23). Os transferidos fazem de uma facção criminosa.

A tarde a Secretaria de Segurança Pública (SSP) havia informado que o número de presos transferidos tinha sido de 159.

Segundo a assessoria de comunicação da Seris a seleção dos transferidos ocorreu mediante um planejamento do Setor de Inteligência da Ressocialização com as chefias das unidades. Após a chegada no Presídio do Agreste, os internos passaram pelo procedimento de revista e triagem. Eles receberam atendimento médico, fardamento e kits de higiene pessoal.

O secretário da Ressocialização, tenente-coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, que destacou a atuação das forças de segurança na mobilização do presos, disse que a medida foi uma estratégia da SSP e da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) para evitar comandos de organizações criminosas e tumultos dentro do presídio.

A medida também serve para impedir a comunicação de facções com pessoas de fora do presídio, já que o presídio para o qual eles foram transferidos conta com bloqueadores de celulares.


Servidores fantasmas desviavam salários de até R$ 6 mil para ex-vereador, diz PF

Operação desarticulou esquema de lavagem de dinheiro na Câmara de São Miguel dos Campos

Os delegados federais que coordenaram a operação Buiú, deflagrada na manhã desta quinta-feira (23), revelaram, em entrevista coletiva, que o ex-presidente da Câmara de Vereadores de São Miguel dos Campos Josivaldo de Oliveira Vieira chefiava um esquema de desvio de dinheiro que incluía contratação de funcionários fantasmas de empresas ligadas ao próprio vereador e à esposa dele. Os trabalhadores contratados eram obrigados a repassar os salários que recebiam, que poderiam alcançar R$ 6 mil, ao líder. O prejuízo foi de R$ 500 mil aos cofres públicos.

Segundo os delegados Bernardo Gonçalves Torres e Fábio Maia, da Polícia Federal (PF), o ex-vereador contava com o auxílio de um funcionário da casa legislativa para praticar os desvios. A falcatrua ocorria de 2014 a 2016, de acordo com as investigações. Os dois contratavam trabalhadores que não davam um dia de serviço para a Câmara, mas que já eram conhecidos da família do edil.

O esquema funcionava da seguinte maneira: o funcionário da casa legislativa ficava com os cartões de todos os demais para sacar o dinheiro e depositar em dinheiro na conta do casal (no caso do vereador e da esposa dele, Esther Cavalcante Torres Vieira.

Conforme a PF, um dos funcionários fantasmas recebia auxílio do Bolsa Família e, mesmo assim, tinha como salário R$ 6 mil. A polícia investiga se esses funcionários fantasmas recebiam uma parcela do dinheiro fraudado. Foi pedida a quebra do sigilo bancário dos supostos envolvidos. Os delegados disseram que, até o momento, não há provas suficientes para eventuais pedidos de prisão.

Ao todo, foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão na Câmara de São Miguel e em uma empresa e residência em União dos Palmares. O foco, no entanto, era o Poder Legislativo de São Miguel dos Campos. Das 13 ordens judiciais, 11 foram cumpridos, além de mais 11 de condução coercitiva. As pessoas serão ouvidas na sede da Superintendência da PF em Alagoas, no bairro de Jaraguá. O ex-vereador e a esposa estão incluídos entre as pessoas alvos dos mandados.

O nome da operação “Buiú” se deve ao animal que se alimenta de folhas podres, também conhecido como embuá. Os envolvidos devem responder pelos crimes peculato (desvio de recursos públicos), lavagem de dinheiro e organização criminosa.


Polícia Federal cumpre mandado na Câmara de Vereadores de São Miguel

Desde o início da manhã desta quinta-feira (23), agentes da Polícia Federal cumprem um mandado de busca e apreensão na Câmara de Vereadores do município de São Miguel dos Campos, cidade que fica a 60 km de Maceió. O alvo é o ex-presidente da casa, Josivaldo de Oliveira Vieira.

O mandado, expedido pela 17ª Vara criminal da Capital, pede que os agentes busquem qualquer instrumento ou fruto de crime. Segundo informações preliminares, a polícia busca documentos que comprovem um possível envolvimento de Josivaldo com crimes eleitorais praticados na antiga gestão.

O ex-presidente da câmara de vereadores da cidade responde a um processo que investiga uma suposta adulteração na frequência dos vereadores da cidade, na antiga gestão, concluída em 2016. O processo também aponta possíveis irregularidades no protocolo de projetos entregues pela casa.

Mais informações em instantes


Acidente entre carreta e carro deixa mortos na BR-101

Um acidente entre uma carreta e um carro na BR-104 deixou três mortos, entre eles uma criança de seis meses e duas pessoas gravemente feridas, na entrada de Messias, região metropolitana de Maceió, na manhã desta quarta-feira (22).

Segundo informações colhidas no local, o veículo atingido pela carreta foi um Uno vermelho. Com o impacto, dois ocupantes foram arremessados para fora do carro e morreram antes da chegada do socorro. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada ao local.

De acordo com o Samu, foram enviadas três ambulâncias, uma de suporte avançado, que saiu de Maceió, e duas de atendimento básico, saindo das cidades de Murici e Rio Largo.

As vítimas foram identificadas, inicialmente, como Jaqueline, com aproximadamente, 35 anos, Maria Eliete da Conceição, 54, e a criança João Pedro da Silva, de seis meses. O motorista, Joferam, foi socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE) juntamente com Jaquelane. Todos são membros da mesma família e vivem no bairro do Jacintinho, em Maceió.


Pagamento do Bolsa Família segue até 31 de março

As mais de 57 mil famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em Maceió devem ficar atentas para o pagamento do benefício durante o mês de março. O calendário de pagamento começou nesta segunda-feira, dia 20, e prossegue até a próxima semana, dia 31.

Para saber o dia correto de receber o dinheiro, os beneficiários do Bolsa Família devem observar o final do Número de Identificação Social (NIS) que consta no cartão de pagamento. O final 1 recebe dia 20 de março. Final 2, dia 21 de março. Final 3, dia 22 de março e assim por diante, até completar a data de pagamento com o final 0, cujo pagamento será no dia 31 de março.

O beneficiário pode acompanhar o calendário de pagamentos do ano de 2017. Há outros meios de acessar as datas de pagamento do benefício, através do telefone (82) 3315-3686, para os beneficiários de Maceió. No número 0800 707 2003, da Central de Relacionamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), o beneficiário de todo o País também tem acesso às informações sobre o pagamento do Bolsa Família.

O Programa Bolsa Família é um mecanismo de distribuição de renda, cujo modelo é estudado pela Organização das Nações Unidas para ser utilizado em outros países. No Brasil, os beneficiários são pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza, ou seja, cidadãos pobres ou extremamente pobres.

A renda é transferida diretamente para a conta do beneficiário que pode sacar o dinheiro através de um cartão magnético nas agências e caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, Caixa Aqui e Casas Lotéricas. Quem não possuir o cartão magnético pode receber mediante a apresentação de uma guia de pagamento avulsa ou de um documento original de identificação, que pode ser o RG, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou a Carteira de Trabalho.

O Cartão magnético fica sob a responsabilidade da mulher que é responsável pela administração do recurso. É muito importante que o beneficiário fique atento às informações contidas no extrato de pagamento e no comprovante de saque.

Nesses documentos é possível saber quando deve ser feita as atualizações cadastrais para que o recurso não seja bloqueado ou cancelado. É possível ainda observar se as exigências relativas à frequência escolar dos filhos e o acompanhamento de saúde das gestantes e a aplicação de vacinas nas crianças estão sendo cumpridas. São as chamadas condicionalidades, ou seja, requisitos que devem ser cumpridos pelos beneficiários do programa, para que o benefício continue a ser pago para as famílias.


Comerciantes sofrem acidente na AL 115 após animal invadir rodovia

Comerciantes seguiam até a cidade de Igaci em Alagoas quando sofreram um acidente na rodovia AL 115. A dupla foi surpreendida, por volta das 4h30 da manhã desta terça-feira (21), quando um animal tentou atravessar a pista.

As vítimas identificadas como André Luiz, 46 anos, e Maria Farias, 63 anos, estavam em um Celta de cor vermelha com reboque.

Os dois seguiam para a feira do município citado acima no momento em que se depararam com um jumento.

O susto foi tão grande que os comerciantes acabaram se queimando com café quente. O veículo em que eles estavam acabou capotando e as vítimas sofreram várias escoriações e foram socorridas até o Hospital de Emergência do Agreste (UE).


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey