82 99641-3231

Homem tenta matar cunhado na Zona Rural de Palmeira dos Índios

Um homem identificado como Zenildo da Silva Araújo, 27 anos, foi preso suspeito de tentar matar o cunhado na noite deste sábado (25), no Sítio Mandacaru na zona rural de Palmeira dos Índios.

 

 

 

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu na casa da mãe da vítima, que contou aos militares que o cunhado  teria chegado alterado, após agredir a esposa, sua irmã, que também estava no local.

Zenildo estaria portando uma espingarda soca tempero e tentou efetuar disparos contra o cunhado, sendo impedido por populares.

A Polícia Militar foi até o local, encontrou a arma de fogo, porém o autor havia tomado destino ignorado.

 


Paralisação de agentes penitenciários suspende visitas em presídios de AL

Agentes penitenciários de Alagoas deflagraram uma paralisação neste sábado (25) contra medidas do governo estadual. Com isso, as visitas de familiares aos detentos está suspensa até o próximo domingo (26) no Sistema Prisional do estado.

Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapen), os profissionais são contra uma decisão do governo de cortar os adicionais de periculosidade e insalubridade dos trabalhadores que estão de férias ou em licença. A estimativa é de que cerca de 350 agentes cruzaram os braços.

“São todos os agentes que estão deixando de trabalhar. Vamos até o local de trabalho, mas não fazemos o serviço”, disse o presidente do Sindapen, Kleyton Sampaio.

Ainda de acordo com Sampaio, várias famílias foram até as unidades prisionais para visitar os parentes, mas com a paralisação, isso não aconteceu. “Não teve confusão. Muita gente foi para a visita e não entrou. Apesar do transtorno a situação é tranquila”, ressaltou Sampaio.

Seris
A Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão (Seris), responsável por gerenciar o Sistema Prisional em Alagoas, afirma que o governo está aberto a negociações e que, inclusive, tem uma reunião marcada com os agentes na próxima semana para discutir o assunto e buscar a melhor solução.


Incêndio em vegetação assusta moradores de Palmeira dos Índios

Fogo começou após uma mulher tentar incendiar uma colmeia.
Bombeiros estão tendo dificuldades para conter as chamas.

Um incêndio de grande proporção registrado em uma área de vegetação assustou, na noite desta quinta-feira (23), os moradores do bairro Vila Maria, que fica nas imediações da avenida Vieira de Brito, em Palmeira dos Índios.

Segundo informações de populares, o incêndio começou após uma mulher jogar gasolina e tocar fogo em um colmeia de abelhas. Na ocasião, o fogo caiu na vegetação que está seca e se alastrou.

“Nossa preocupação é que o fogo já atingiu mais de 800 metros e está próximo de diversos estabelecimentos comerciais, entre eles um posto de combustível, além de algumas residências. Além disso, só há um carro do Corpo de Bombeiros para fazer o combate das chamas”, relatou a comerciante Ingrid Barros, que acionou Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) porque a fumaça tomou conta da região.

A equipe do Corpo de Bombeiros que está no local acionou apoio de militares da unidade de Arapiraca para ajudar a tentar conter as chamas.


Presos do Cyridião são transferidos para o presídio do Agreste de Alagoas

Objetivo é evitar comandos de organizações dentro dos presídios.
Medida também serve para evitar comunicação de facções.

A Secretaria de Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que realizou a transferência de 150 presos do Cyridião Durval para o presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, nesta quinta-feira (23). Os transferidos fazem de uma facção criminosa.

A tarde a Secretaria de Segurança Pública (SSP) havia informado que o número de presos transferidos tinha sido de 159.

Segundo a assessoria de comunicação da Seris a seleção dos transferidos ocorreu mediante um planejamento do Setor de Inteligência da Ressocialização com as chefias das unidades. Após a chegada no Presídio do Agreste, os internos passaram pelo procedimento de revista e triagem. Eles receberam atendimento médico, fardamento e kits de higiene pessoal.

O secretário da Ressocialização, tenente-coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, que destacou a atuação das forças de segurança na mobilização do presos, disse que a medida foi uma estratégia da SSP e da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) para evitar comandos de organizações criminosas e tumultos dentro do presídio.

A medida também serve para impedir a comunicação de facções com pessoas de fora do presídio, já que o presídio para o qual eles foram transferidos conta com bloqueadores de celulares.


Servidores fantasmas desviavam salários de até R$ 6 mil para ex-vereador, diz PF

Operação desarticulou esquema de lavagem de dinheiro na Câmara de São Miguel dos Campos

Os delegados federais que coordenaram a operação Buiú, deflagrada na manhã desta quinta-feira (23), revelaram, em entrevista coletiva, que o ex-presidente da Câmara de Vereadores de São Miguel dos Campos Josivaldo de Oliveira Vieira chefiava um esquema de desvio de dinheiro que incluía contratação de funcionários fantasmas de empresas ligadas ao próprio vereador e à esposa dele. Os trabalhadores contratados eram obrigados a repassar os salários que recebiam, que poderiam alcançar R$ 6 mil, ao líder. O prejuízo foi de R$ 500 mil aos cofres públicos.

Segundo os delegados Bernardo Gonçalves Torres e Fábio Maia, da Polícia Federal (PF), o ex-vereador contava com o auxílio de um funcionário da casa legislativa para praticar os desvios. A falcatrua ocorria de 2014 a 2016, de acordo com as investigações. Os dois contratavam trabalhadores que não davam um dia de serviço para a Câmara, mas que já eram conhecidos da família do edil.

O esquema funcionava da seguinte maneira: o funcionário da casa legislativa ficava com os cartões de todos os demais para sacar o dinheiro e depositar em dinheiro na conta do casal (no caso do vereador e da esposa dele, Esther Cavalcante Torres Vieira.

Conforme a PF, um dos funcionários fantasmas recebia auxílio do Bolsa Família e, mesmo assim, tinha como salário R$ 6 mil. A polícia investiga se esses funcionários fantasmas recebiam uma parcela do dinheiro fraudado. Foi pedida a quebra do sigilo bancário dos supostos envolvidos. Os delegados disseram que, até o momento, não há provas suficientes para eventuais pedidos de prisão.

Ao todo, foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão na Câmara de São Miguel e em uma empresa e residência em União dos Palmares. O foco, no entanto, era o Poder Legislativo de São Miguel dos Campos. Das 13 ordens judiciais, 11 foram cumpridos, além de mais 11 de condução coercitiva. As pessoas serão ouvidas na sede da Superintendência da PF em Alagoas, no bairro de Jaraguá. O ex-vereador e a esposa estão incluídos entre as pessoas alvos dos mandados.

O nome da operação “Buiú” se deve ao animal que se alimenta de folhas podres, também conhecido como embuá. Os envolvidos devem responder pelos crimes peculato (desvio de recursos públicos), lavagem de dinheiro e organização criminosa.


Polícia Federal cumpre mandado na Câmara de Vereadores de São Miguel

Desde o início da manhã desta quinta-feira (23), agentes da Polícia Federal cumprem um mandado de busca e apreensão na Câmara de Vereadores do município de São Miguel dos Campos, cidade que fica a 60 km de Maceió. O alvo é o ex-presidente da casa, Josivaldo de Oliveira Vieira.

O mandado, expedido pela 17ª Vara criminal da Capital, pede que os agentes busquem qualquer instrumento ou fruto de crime. Segundo informações preliminares, a polícia busca documentos que comprovem um possível envolvimento de Josivaldo com crimes eleitorais praticados na antiga gestão.

O ex-presidente da câmara de vereadores da cidade responde a um processo que investiga uma suposta adulteração na frequência dos vereadores da cidade, na antiga gestão, concluída em 2016. O processo também aponta possíveis irregularidades no protocolo de projetos entregues pela casa.

Mais informações em instantes


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey