82 99641-3231

Bandidos rendem idoso de 82 anos e roubam R$ 20 mil

Dois criminosos invadiram uma residência no Centro de Feira Grande, Alagoas, renderam um idoso de 82 anos e roubaram cerca de R$ 20 mil em espécie, na manhã de quarta-feira (15). Após o roubo, os ladrões fugiram do local sem deixar pistas.

Uma guarnição do Grupamento de Polícia Militar foi acionada e esteve no local. Os policiais ainda realizaram rondas nas imediações, entretanto os suspeitos não foram encontrados.

A vítima foi orientada a procurar a Central de Polícia Civil para fazer o Boletim de Ocorrência.

Qualquer denúncia pode ser realizada através do 181 ou 190 – o sigilo é garantido pela Segurança Pública de Alagoas.


PM evita suposta tentativa de homicídio contra cliente de academia e prende suspeito em Arapiraca

A Polícia Militar recebeu a informação, por meio de denúncia, de que em frente a uma academia de ginástica havia um homem armado à espera de um frequentador do estabelecimento para, supostamente, atentar contra sua vida.

De acordo com informações da polícia, o suspeito, identificado como Rafael Alves, entrou por diversas vezes no estabelecimento à procura de um homem chamado Júnior. Assustados, clientes informaram o fato ao Copom, que, imediatamente, enviou uma guarnição de Força Tarefa (FT-22) ao local, na Rua Santa Rita, bairro Brasília, em Arapiraca, e evitou que o pior pudesse acontecer.

O suspeito foi flagrado pelos militares portando uma arma de fogo calibre 38. Ele foi encaminhado pela guarnição até a Central de Polícia Civil, no bairro Baixão, para os devidos procedimentos.


Operação prende suspeitos de crimes em cumprimento a 21 mandados em Alagoas

A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) prendeu dezenas de pessoas, nesta quinta-feira (16), em operação de cumprimento a 21 mandados ocorrida simultaneamente em bairros de Maceió e nos municípios de Marechal Deodoro, Rio Largo, Paripueira e Santa Luzia do Norte, na região metropolitana.

Os mandados de prisão, que foram expedidos por varas criminais diferentes, são por crimes de homicídio, tentativa de homicídio, latrocínio e roubo a residência.

Cerca de 120 policiais, que estão divididos em várias equipes táticas, e 14 delegados participam da força-tarefa.

De acordo com a delegada Ana Luiza Nogueira, gerente de Polícia Judiciária (DPJ1), esse tipo de ação é feita rotineiramente e “tem dado resultado”. “A cada um ou dois meses, fazemos essas operações com o objetivo de cumprir mandados de prisão recentes e evitar que autores de infrações graves cometam outros ilícitos, além de diminuir o sentimento de impunidade”, explicou Ana Luiza.

Todos os presos são conduzidos para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Mangabeiras, em Maceió.


Suspeito da morte de Neguinho Boiadeiro se apresenta à polícia

Um dos suspeitos de envolvimento na morte do vereador Adelmo Rodrigues, o Neguinho Boiadeiro, do município de Batalha, na região da Bacia Leiteira de Alagoas, se apresentou na Delegacia Geral da Polícia Civil, nesta quarta-feira (15).

Maiquel Alves da Silva estava na companhia de um advogado quando se entregou. O suspeito que se apresentou nesta quarta é apontado na autoria material do crime, ocorrido em novembro do ano passado.

De acordo com a advogada Mabylla Louriato Ferreira, da família dos Boiadeiros, a prisão do Maiquel já era esperada, que já havia sido preso por 30 dias pela mesma acusação. “A polícia precisa revelar a autoria material do crime”, cobra a advogada.

O inquérito policial que apura o assassinato do vereador de Batalha foi presidido pelo delegado Cícero Lima. O levantamento feito pela Polícia Civil não aponta a autoria intelectual do crime.

O assassinato ocorreu em novembro do ano passado, no Sertão alagoano. Em fevereiro, uma operação desencadeada no Agreste alagoano cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão contra suspeitos de envolvimento na morte do vereador.

À época, foram presos Alex Sandro Pinto, que também era vereador no município sertanejo, Rafael Pinto, sobrinho de Alex Sandro, e ainda Maiquel Silva

Segundo ele, dois meses antes, os assassinos de Boiadeiro roubaram, na Cruz das Almas, em Maceió, o veículo que teria sido usado no crime.

Já na semana do assassinato, ainda segundo a polícia, uma empresa de fachada iniciou um serviço de panfletagem nas proximidades da Câmara de Vereadores de Batalha. O objetivo, segundo o delegado, era mapear a região e monitorar a rotina do vereador, abrindo caminho para a trama criminosa.


Homem que assediou mulher em ônibus tem cinco acusações de estupro; três contra crianças

O homem flagrado praticando gestos obscenos para uma mulher dentro de um coletivo em Maceió, nessa terça-feira (14),possui históricos de denúncias de crimes sexuais. Segundo uma das vítimas, que procurou o Cada Minuto nesta quarta-feira (15), José Carlos da Silva Santos tem cinco acusações de estupro, sendo três contra crianças.

De acordo com a vítima [que preferiu não se identificar] foram registrados cinco boletins de ocorrências contra o assediador e todos se configuram em crime de estupro.

A vítima também contou ao Cada Minuto que José Carlos assediou três crianças [à época com sete, três anos e 13] e duas mulheres. “Ele negou tudo quando foi depor. Infelizmente, muitas pessoas testemunharam contra as vítimas”, disse.

“Ele continua agindo do mesmo jeito e não podemos nos calar com relação ao assunto. Sabia que um dia a verdade viria à tona. Com as crianças, ele tocou no órgão genital de uma e a outra reclamou de dor no bumbum, por exemplo”, destacou a fonte.

José Carlos da Silva trabalha em uma loja de materiais de construção no bairro do Tabuleiro dos Martins, parte alta de Maceió.

Em uma consulta ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) o Cada Minuto encontrou um dos processos contra o agressor.

Veja o vídeo abaixo


Policial Militar é preso suspeito de comercializar armas de fogo

Um policial militar e outras quatro pessoas foram presas em uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Secretaria de Segurança Pública (SSP- AL) deflagrada na manhã desta quarta-feira (15) em Atalaia, região Metropolitana de Maceió.

Segundo a PRF, o grupo é suspeito de comercializar armas de fogo e munições. O nome do policial militar e dos outros presos não foram divulgados.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Durante a ação foram apreendidos três revólveres, seis espingardas, uma pistola e munições.

Além de policiais rodoviários, a operação também teve a participação de militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey