82 99641-3231

Mais seis novos voos terão rota de São Paulo a Alagoas a partir de agosto

aqui achei

A Gol Linhas Aéreas anunciou, esta semana, a chegada de seis novos voos na rota Guarulhos (São Paulo) Maceió. A adição é parte da terceira fase de expansão dos voos em SP, que contemplou a capital alagoana e outras cidades do Sul e Nordeste, com início das operações para o dia 8 de agosto. A medida é resultado das articulações da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) para a melhoria do segmento.

Impactando diretamente no turismo alagoano, a aquisição de novos voos anda na direção contrária à crise econômica no País. O anúncio das seis rotas da GOL Linhas Aéreas se une aos oito voos da Azul Viagens confirmados nesta semana para Alagoas, que ligam o estado às cidades Londrina (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Cuiabá (MT), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Recife (PE).

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a chegada dos novos voos mostra efetivação de políticas públicas favoráveis. “Mesmo diante dessa crise que assola o país todo, com encarecimento de passagens e encurtamento da malha, o Governo do Estado buscou alternativas com companhias aéreas e operadoras que são parceiras comerciais de Alagoas. Isso é essencial para fomentar o turismo em nosso Estado”, ressalta o secretário.


Taiwan se torna 1º país asiático a legalizar casamento homossexual

aqui achei
Projeto de lei do governo, que foi aprovado por 66 a 27 votos, deu aos casais do mesmo sexo quase todos os direitos associados a um casamento / FOTO: TYRONE SIU/ REUTERS

Nesta sexta-feira (17), o Parlamento de Taiwan aprovou a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Centenas de pessoas, que se reuniram do lado de fora da Casa para esperar a votação, comemoram a decisão que tornou o país o primeiro no continente asiático a reconhecer essa forma de união.

A decisão acontece quase dois anos depois de o Tribunal Constitucional da ilha considerar que a proibição do casamento de pessoas do mesmo sexo era inconstitucional. O Legislativo do país tinha até o dia 24 deste mês para tornar essa decisão uma lei.

Os parlamentares debateram três propostas diferentes, mas a proposta do governo – considerada a mais progressista – foi a aprovada.

Os outros dois projetos, apresentados pelos conservadores, não se referiam às parcerias como casamentos, mas como “relações familiares entre pessoas do mesmo sexo” ou “uniões entre pessoas do mesmo sexo”.

O projeto de lei do governo, que foi aprovado por 66 a 27 votos, deu aos casais do mesmo sexo quase todos os direitos associados a um casamento, que incluem questões como impostos, seguro e guarda de crianças. No entanto, não foi incluída na legislação a equiparação completa dos direitos de adoção.

O projeto era defendido pelo Partido Progressista Democrático, da presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen. Para começar a valer, ele precisa ser sancionado pela presidente.

A votação ocorreu no Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia e representou uma grande vitória para a comunidade LGBT nesse Estado insular na Ásia Oriental. Mais de 35 mil pessoas marcharam pelas ruas de Taipé até o Parlamento, pedindo aos legisladores que votassem em favor da união civil igualitária.

Oposição

A decisão da justiça de 2017 que tornava inconstitucional a proibição do casamento gay despertou a oposição de parte da opinião pública.

O governo, então, lançou referendos para discutir a questão, que tiveram como resultado a rejeição da legalização desse tipo de união.

Com isso, o governo foi obrigado a manter a definição existente de casamento na lei civil, mas trabalhou pela promulgação de uma lei especial para o casamento entre pessoas do mesmo sexo, que acabou sendo aprovada nesta sexta-feira.

Grupos conservadores afirmaram que a aprovação não reflete a vontade da população. A Coalizão para a Felicidade de Nossa Próxima Geração considerou que “a vontade de cerca de 7 milhões de pessoas no referendo foi pisoteada”. “A massa popular vai contra-atacar em 2020 [data das próximas eleições]”, afirmou em nota.


José Dirceu se entrega à polícia para cumprir pena na Lava Jato

aqui achei
José Dirceu teve um recurso com pedido de prescrição de pena negado pelo TRF4 — Foto: Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O  ex-ministro José Dirceu se entregou à Polícia Federal (PF), em Curitiba, na noite desta sexta-feira (17) para cumprir pena de 8 anos e 10 meses pela segunda condenação dele na Operação Lava Jato. Ele chegou à Superintendência da PF por volta das 21h30.

Na tarde de quinta-feira (16), o juiz federal Luiz Antonio Bonat mandou prender o ex-ministro e estipulou que ele se entregasse até as 16h desta sexta. No entanto, ele não obedeceu o prazo estipulado.

A defesa alegou que Dirceu não cumpriu o horário estabelecido porque viajou de carro, de Brasília (onde mora) para Curitiba. Como manifestou disposição em se apresentar à PF, ele não foi considerado foragido após as 16h.

A determinação da prisão foi feita depois que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou, por unanimidade, um recurso da defesa, que pedia prescrição da pena pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Mesmo com a prisão sendo executada, a defesa do ex-ministro ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os advogados também podem tentar um último recurso, chamado de embargos dos embargos, no próprio TRF-4.

Prazo

No fim da tarde, com o fim do prazo estipulado pelo juiz, a defesa entrou com uma petição no processo e informou que José Dirceu estava a caminho de Curitiba. No documento, os advogados ressaltaram que ele se apresentaria ainda nesta sexta-feira.

“Esclarece, contudo, que pela distância entre Brasília e Curitiba e pelo mau tempo, o condenado, que saiu de carro, durante a madrugada, da Capital Federal, não conseguirá chegar até as 16h. A Defesa não informou o provável horário de chegada, mas comprometeu-se a fornecer maiores informações assim que tiver uma previsão mais concreta”, disse o juiz em despacho.

Diante do pedido, Bonat informou que não caberia mais a ele aceitar o pedido por um novo prazo para que Dirceu se entregar. Segundo o juiz, a decisão cabe ao juiz da execução penal.

“Detalhes para a entrega do preso, inclusive quanto à dilação do horário para tanto, devem ser requeridos àquele Juízo, razão pela qual deixo de examinar o pleito da Defesa”, afirmou.

Duas condenações

Dirceu foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em 2017 em um processo que investigou recebimento de propina em um contrato com a empresa Apolo Tubulars para o fornecimento de tubos para a Petrobras, entre 2009 e 2012.

O ex-ministro ficou ficou preso em Curitiba entre agosto de 2015 e maio de 2017, em cumprimento da primeira condenação que recebeu na Lava Jato.

O STF concedeu a ele um habeas corpus e o direito de aguardar o julgamento dos recursos desse processo com monitoramento por tornozeleira eletrônica.

Em 2018, depois que os recursos foram julgados, Dirceu voltou à prisão. Ele foi solto novamente em junho de 2018, após uma determinação da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou que ele deveria aguardar até que os recursos fossem julgados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em liberdade.

No primeiro processo, o ex-ministro foi condenado por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O ex-ministro também tentou anulação ou a reforma da sentença, com recurso na 8ª Turma, o que foi negado.

Fonte: GazetaWeb


Arrependido de entregar filha para adoção, casal mata a pauladas pai adotivo da criança

aqui achei
Delegado Igor Diego – Foto: Ascom PC

Um casal, identificado como Renata Feitosa de Oliveira e William dos Santos, foi preso nesta semana, junto a outros três suspeitos, acusados de matar a pauladas um homem no mês de outubro de 2018, no município de Craíbas, na região agreste de Alagoas.

De acordo com as investigações, a mulher teria engravidado de William, com quem mantinha um relacionamento amoroso na época. Após o suspeito ter se mudado para São Paulo, sem saber da gestação, a mãe decidiu doar a criança para um comerciante identificado como José Alaércio da Silva, de 33 anos.

No entanto, ao voltar para o município e descobrir que a companheira estava gravida dele, William teria exigido a devolução da menina. Com a negação da família adotiva, a mulher planejou a morte do comerciante, tendo o apoio do companheiro e de outros três suspeitos, identificados como Denisvaldo da Silva, José Roberto da Silva Nabuco e Edivan da Silva Santos.

Em entrevista o delegado regional de Arapiraca responsável pelo caso, Igor Diego, informou que os suspeitos pelo crime serão indiciados pelo crime de homicídio qualificado, podendo pegar até 30 anos de prisão.

“Os suspeitos homens serão encaminhados para a Casa de Custódia de Arapiraca e Renata será levada para o Presídio Santa Luzia, em Maceió, onde ficará à disposição da Justiça”, informou o delegado.

Ainda segundo o delegado, a criança, que tem dois anos de idade e permanece com a família da vítima, foi registrada no nome da mãe biológica, Renata Feitosa, e do pai adotivo, vítima do crime, José Alaércio.

O caso

O corpo de José Alaércio foi encontrado por populares no mês de outubro de 2018, ao lado de uma motocicleta, no município de Craíbas. A vítima apresentava um corte profundo na cabeça.

Homens do Grupamento Militar de Craíbas rastrearam a placa do veículo, uma Honda CG Titan de cor azul, mas não havia qualquer registro de roubo ou furto.

Fonte: Cada Minuto.


Alcoolizado, homem tenta atravessar lago e desaparece em Arapiraca

aqui achei
Lago da Perucaba

Um homem desapareceu após mergulhar no Lago da Perucaba, em Arapiraca, na tarde desta sexta-feira (17). Ele apresentava sinais de embriaguez quando resolveu tomar banho no local.

De acordo com relatos de testemunhas, Gil Damásio da Silva, 39 anos, estava bebendo com amigos nas margens do lago e resolveu entrar na água.

Ainda segundo testemunhas, o homem estava visivelmente embriagado e chegou a afirmar que atravessaria o lago. No entanto, ele não foi mais visto minutos após entrar na água.

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL) foi acionado e confirmou que Gil estava alcoolizado, fato relatado por um familiar.

Além da equipe enviada pela corporação, o grupamento aéreo do órgão também sobrevoou o lago, na tentativa de localizar o homem, mas as buscas foram interrompidas devido ao horário.

De acordo com os Bombeiros, as buscas serão retomadas na manhã de sábado (18).

 

Fonte: Cada Minuto


PRF prende homem com mandado de prisão em aberto em União dos Palmares

aqui achei
Foto: PRF

Maceió, 17 de maio de 2019 – PRF prende homem com mandado de prisão em aberto em ônibus. O flagrante ocorreu na tarde de hoje no km 36, BR 104, no município de União dos Palmares/AL.

Era por volta de 17h30 quando durante fiscalização em conjunto com a Secretaria de Prevenção à Violência do Estado de Alagoas, em frente à Unidade Operacional de União dos Palmares, foi abordado o ônibus da Viação Itapemirim, linha Timbaúba x São Paulo. Após consulta nos sistemas foi constatado que um dos passageiros tinha um mandado de prisão, expedido em 06/03/2018 pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em seu desfavor.

Diante dos fatos o passageiro foi conduzido à Delegacia Regional de União dos Palmares para procedimentos cabíveis.

 

Fonte: PRF


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey