82 99641-3231

Sindpol denuncia condições insalubres e de abandono na delegacia de Craíbas

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) diz ter se deparado com estado de total abandono da Delegacia da cidade de Craíbas-AL durante inspeção realizada pelo entidade. O prédio apresenta condições precárias e insalubres. Todas as paredes estão mofadas, com infiltrações e rachaduras. As denúncias serão encaminhadas para o Ministério Público Estadual (MPE/AL).

Ao chegar na recepção da delegacia, o presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, relatou que encontrou um ambiente doentio, cheio de materiais de apreensão espalhados pelo prédio, como moto, além de cadeiras velhas sem o estofado e inapropriadas para o uso.

Na delegacia, o sindicalista detectou problemas nas instalações sanitárias, entupimento de esgoto e a cisterna suja com animais mortos dentro da água. Ricardo Nazário denuncia que o improviso coloca em risco a vida dos policias civis e da população.

“A situação é grave no alojamento dos policiais civis. O teto está todo mofado, com rachaduras que podem desencadear o desabamento. Há um compartimento dentro do alojamento com materiais apreendidos, documentos, entre outros objetos, que tornam o ambiente insalubre para o policial civil descansar e conviver no trabalho. Não dá para continuar com esses improvisos na Segurança Pública de Alagoas”, desabafa o presidente do Sindpol.

Sindpol aponta que agentes trabalham em condições em insalubre

FOTO: Sindpol

 

O sindicalista revela que a Delegacia Geral e a Secretaria de Segurança Pública têm que tomar providência quanto às precárias condições estruturais que os policiais civis estão diariamente submetidos.

O Sindpol está formalizando a denúncia ao Ministério Público, à Delegacia Geral, à Secretaria de Segurança Pública e ao Conselho Estadual de Segurança Pública.


Governo garante mais de meio milhão de reais para as prévias e o Carnaval em Alagoas

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Cultura, Paulo Poeta, oficializaram, nesta terça-feira (12), o apoio às prévias e aos festejos carnavalescos em Alagoas. O anúncio foi comemorado no ritmo do frevo, do samba e do maracatu, batuques e acordes executados pelos blocos e outras agremiações que lotaram o Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares.

 

O patrocínio às prévias em Maceió e o apoio financeiro aos blocos carnavalescos em todo o território alagoano – por meio de edital que será lançado nesta quarta-feira (13) no Diário Oficial do Estado – totalizam R$ 530 mil. “Todo mundo que tem um bloco de Carnaval, no seu bairro, na sua cidade, na sua comunidade, vai poder concorrer ao edital para que a Secretaria de Cultura do Estado auxilie esses grupos a ganharem as ruas neste Carnaval. Isso democratiza o acesso aos recursos públicos e de maneira transparente”, afirmou o governador.

 

O secretário Paulo Poeta explicou que o apoio do Governo do Estado está dividido entre o incentivo às prévias na capital – cujo ponto alto acontece com o desfile do bloco Pinto da Madrugada no dia 23 de fevereiro – e o edital destinado aos blocos que vão desfilar exclusivamente durante o Carnaval.

 Márcio Ferreira

“A chamada pública vai contemplar 50 blocos em todo o estado. Isso é importante porque a gente não deve concentrar o Carnaval só nas prévias, porque os alagoanos ficam em Alagoas, os maceioenses ficam em Maceió e só uma parte, mais aquinhoada, é que busca outros carnavais, mas o grosso da nossa população está aqui e ela merece e deve participar do Carnaval”, justificou Paulo Poeta, destacando que a festa mais popular do país movimenta a economia, gera trabalho e renda.

 

Das mãos dos organizadores das agremiações carnavalescas, Renan Filho recebeu um troféu, um certificado e o kit do bloco Pinto da Madrugada. “Alagoas é o Estado da Federação que mais tem manifestações culturais vivas e a gente não pode deixá-las morrer. Essa iniciativa (o apoio do Governo do Estado) é muito importante. Quero, em nome da nova geração do Pinto da Madrugada e dos seus fundadores, dizer que estamos muito felizes e agradecidos”, declarou o diretor do bloco, Hermann Braga.

 

O presidente da Liga Carnavalesca de Maceió, Dinho Lopes, afirmou que sem o apoio do Governo do Estado não seria possível realizar os eventos carnavalescos abertos ao público, somente os privados.  “Esse apoio é fundamental para que a gente consiga levar a todos os foliões do estado a alegria do Carnaval. Essa visão democrática do Governo em apoiar todos os eventos da prévia e durante o Carnaval é que nos fortalece e nos incentiva, cada vez mais, a seguir no caminho da alegria, da folia, mantendo as tradições”, declarou Dinho Lopes.


Novos policiais se apresentam às unidades da Polícia Militar e reforçam efetivo em Alagoas

Após a formatura de conclusão do Curso de Formação de Praças (CFP) e a promoção ao cargo de Soldado Combatente da Polícia Militar de Alagoas, realizadas na última sexta-feira (08), os mais novos integrantes da Corporação começaram a se apresentar nas unidades operacionais para a atuação em favor da população alagoana, garantindo mais segurança a todo o Estado.
Tanto na Capital quanto no interior, os novos soldados estão sendo recepcionados pelos comandantes das unidades e subunidades que receberam reforço, 25 no total. Nessa segunda-feira (11), 48 dos 945 que se formaram e agora estão lotados no 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que abrange 14 bairros de Maceió, entre o Pontal da Barra e Jatiúca, receberam as primeiras orientações sobre a ações da unidade.
O tenente-coronel Aloísio Nunes, que comanda o 1º BPM, conversou com novos policiais no auditório da sede da unidade, que foi reformada em junho passado com investimento no valor de R$ 503.885,60 dos cofres estaduais. O reforço pôde conhecer a estrutura do prédio, bem como a quantidade populacional e as principais ocorrências atendidas.
“Nessa primeira conversa abordamos assuntos como a dinâmica do bom serviço, sempre mantendo a ética e alto grau de profissionalismo nas operações e no dia a dia da vida militar, além da manutenção das instalações da unidade, que será a segunda casa deles”, afirmou o oficial enfatizando que um estágio de nivelamento será realizado nos próximos dias. “Tudo para que tenhamos um policiamento de qualidade em favor do maceioense e de todos os que visitam nossa cidade”, afirmou o tenente-coronel.
Uma das unidades que também já recebeu o reforço no início dessa semana foi a 1ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I), com sede em São Miguel dos Campos. Os novos policiais iniciaram o estágio de nivelamento recebendo instruções sobre abordagens a veículos com indivíduos em atitude suspeita e atendimento de pré-hospitalar.
A Companhia Independente também realizou um corridão de boas-vindas aos 42 novos componentes que atuarão entre os seis municípios que são abrangidos pela subunidade da PM. A ação chamou a atenção da população miguelense. “Muito bom! Sejam bem-vindos”, “É bom ter esses guerreiros nas ruas nos protegendo, orgulho”, afirmaram um dos seguidores da página da 1ª CPM/I no Instagram.

Novos militares da 1ª CPM/I iniciam estágio de nivelamento em São Miguel dos Campos
O comandante-geral da PM, coronel Marcos Sampaio, destacou a importância que os novos policiais terão no auxílio dos trabalhos já desenvolvidos pela tropa e lembrou o reforço obtido pela Corporação. “Desde 2015, são mais de 1.500 novas praças na Polícia Militar de Alagoas, mais da metade somente este ano. Com comprometimento à ética policial, com certeza farão o melhor para a garantia da ordem pública. Nós temos um trabalho árduo em favor do desconhecido e nossas ações têm contribuído bastante para a redução da criminalidade no Estado. Com o apoio das demais forças da Segurança Pública, a PM tem realizado com afinco sua missão constitucional e continuaremos mantendo com este objetivo”, afirmou o oficial superior.
Especializadas do CPC
Os novos soldados da PM que foram lotados nas Unidades Especializadas que integram o Comando de Policiamento da Capital (CPC), com exceção do Regimento de Polícia Montada Dom Pedro I, só iniciarão o estágio de nivelamento após os festejos carnavalescos, no início de março. Até lá, eles ficarão a disposição das unidades de área deste grande comando para reforçar as ações policiais.

Vídeo: Datena chora ao anunciar morte do colega Ricardo Boechat

José Luiz Datena não conteve a emoção e acabou chorando ao anunciar a morte do colega de emissora, Ricardo Boechat.

Boechat morreu na queda do helicóptero que caiu hoje de manhã no Rodoanel em São Paulo.

A aeronave caiu sobre um caminhão,  próximo a uma praça de pedágio, na altura do Rodoanel.

 


Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista “IstoÉ”. Ele trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo, e trabalhou no “Jornal da Globo”. Foi ainda diretor de jornalismo da Band e teve passagem pelo SBT.

Perfil

Filho de diplomata, Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires. O pai estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores na Argentina.

Boechat era recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Ele lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

O jornalista deixa a mulher, Veruska, e seis filhos.

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em SP

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em SP

Começo da carreira

Boechat começou a trabalhar assim que deixou a escola, na virada de 1969 para 1970, após um período de militância em que fez parte do quadro de base do Partido Comunista em Niterói (RJ).

O pai de uma amiga, diretor comercial do “Diário de Notícias”, foi quem o convidou.

“Note que eu mal batia à máquina, não tinha noção de rigorosamente nada. Tinha morado a vida inteira em Niterói. O Rio de Janeiro para mim era o exterior”, comentou ao site Memória Globo (leia o depoimento completo).

Um de seus primeiros textos foi uma nota exclusiva sobre Pelé, que lhe garantiu mais espaço no jornal.

Depois, Boechat passou a escrever na coluna de Ibrahim Sued (1924-1995), no mesmo “Diário de Notícias”. Ele considerava o período de 14 anos em que trabalhou com Sued como decisivo para sua “formação como repórter”.

“Eu pude ter uma escola na qual a doutrina era procurar informações, e por trás de mim o primeiro e maior dos pitbulls que eu já conheci, que era ele, rosnando no meu ouvido 24 horas por dia.”

Ricardo Boechat em foto de arquivo da TV Globo — Foto: Acervo TV Globo Ricardo Boechat em foto de arquivo da TV Globo — Foto: Acervo TV Globo

Ricardo Boechat em foto de arquivo da TV Globo — Foto: Acervo TV Globo

Boechat saiu em 1983, quando a coluna já era publicada em “O Globo”, após uma briga com o titular. Mudou-se, então, para o “Jornal do Brasil”, a convite do concorrente Zózimo Barroso do Amaral, tendo retornado a “O Globo” pouco depois, na coluna “Swann”.

Em uma segunda passagem pelo jornal, que durou até 2001, foi titular de uma coluna que levava o seu nome.

Boechat deu uma palestra a representantes da indústria farmacêutica em Campinas, no interior do estado, na manhã desta segunda e retornava a São Paulo por volta das 12h. Ele deveria pousar no heliponto da Band, no Morumbi, Zona Sul da capital paulista.

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Anúncio na Band

José Luiz Datena, apresentador da TV Band, anunciou a morte do colega às 13h51 durante programação da emissora.

“Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: ‘É, bocão, eu só queria te dar um beijo’. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo”.

Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1 Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1

Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1


Detran/AL faz alerta sobre aplicativos falsos referentes à CNH digital

O Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) faz um alerta aos usuários que desejam obter a versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para ficarem atentos a aplicativos falsos que podem trazer prejuízos pessoais e ao aparelho. Desde a implantação do novo formato da habilitação, muitos condutores estão à procura e podem fornecer dados para plataformas que não são oficiais.

Para identificar o software verdadeiro, é essencial que ele esteja atento ao nome do aplicativo. A ferramenta oficial que foi desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa responsável por distribuir os aplicativos ligados ao governo federal, é chamada de Carteira Digital de Trânsito (CDT). E é dessa forma, que é disponibilizada gratuitamente para download nas lojas virtuais Apple Store e Play Store (Android).

A chefe de controle de condutores do Detran/AL, Lisiane Rocha, salienta os benefícios do documento eletrônico, mas também solicita que os usuários fiquem atentos e desconfiem de aplicativos com informações distorcidas que podem trazer riscos. “O aplicativo é seguro e foi desenvolvido pelo Serpro. A CNH digital oferece maior mobilidade, praticidade e comodidade aos usuários, mas é necessário ter atenção na hora de baixar o app, para não cair nas mãos de golpistas”, ressalta.

É importante lembrar que o aplicativo verdadeiro também engloba o Cerificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) digital, que no momento está em fase de implantação em Alagoas e quando estiver disponível para os usuários a autarquia irá divulgar o procedimento para obtenção pelos canais oficiais do órgão.

Aplicativo verdadeiro é chamado de Carteira Digital de Trânsito (CDT) e está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Apple Store e Play Store (Fotos: Lays Peixoto)

Segundo a base de dados do departamento de trânsito, em todo o Estado de Alagoas cerca de 9.500 usuários utilizam o formato eletrônico da habilitação. Na capital, 5.870 alagoanos já instalaram o software que dá acesso à CNH digital. No interior, esse número chega a pouco mais de quatro mil. A maior emissão do documento digital é para os condutores da categoria “B”, destinada à condução de automóvel, e “AB”, para motoristas e motociclistas.

Adesão

O Detran/AL reforça que a versão digital do documento de porte obrigatório já está disponível no Estado desde novembro de 2017 para os usuários que possuem o novo modelo da CNH, emitido a partir de maio do mesmo ano, com o QR Code incluso na parte interna.

No final do mês de janeiro, o Detran/AL divulgou o novo procedimento para os alagoanos aderirem à versão digital, estabelecido pelo governo federal, onde os condutores poderão obter o documento eletrônico sem precisar comparecer a um posto de atendimento do órgão, uma novidade que trouxe maior conforto e praticidade ao usuário.

Os interessados em obter o documento digital poderão ter acesso ao procedimento através do site oficial do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e conferir o passa a passo para realizar a adesão no endereço https://portalservicos.denatran.serpro.gov.br/.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey