82 99641-3231

Donos de transportes e alunos da rede estadual protestam nas ruas de Palmeira nesta terça (23)

Foto: Arquivo Rádio Sampaio

Estudantes da rede estadual de ensino vão às ruas de Palmeira dos Índios nesta terça-feira (23), para protestar por falta de transporte escolar. A concentração começou às 8hs, na Avenida Governador Muniz Falcão, em frente Escola Estadual Humberto Mendes e por volta das 10hrs eles devem sair percorrendo as ruas da cidade.

Os estudantes reclamam que desde a volta do recesso o transporte foi suspenso, devido a motoristas que prestam serviço oferecido pela Secretaria de Estado da Educação pararem as atividades em junho por falta de pagamento há três meses, além do mês de agosto de 2015.

“Nós decidimos ir ruas levar as nossas reivindicações. Nós não podemos ser prejudicados em concluir o ano letivo. O transporte escolar é um direito nosso”, relatou um dos milhares de alunos que dependem do transporte para se deslocarem de suas residências até as escolas.

Transportadores escolares do estado paralisaram por falta de pagamento – Foto: Arquivo / Todo Segundo

Não ficando de fora, os motoristas de transporte escolar que prestam serviço para a Secretaria de Estado da Educação também fazem uma manifestação nesta terça-feira(23).

“Vamos fazer uma manifestação paralela a dos alunos e, só iremos voltar a trabalhar, depois que a gente receber. O secretário de educação Luciano Barbosa prometeu que iria pagar os meses em atrasados, mas não cumpriu. Além disso, o que mais revoltou a gente, foi sua declaração ao fazer a entrega de ônibus escolares, onde ele fala que só tem um jeito de fazer o transporte escolar com segurança, é comprando ônibus novos e ter pessoas treinadas. Quer dizer que só agora é que a gente não tem condições de prestar esse serviço?”, perguntou o Nilton Alves, representante dos motoristas.

Ainda segundo Nilton, em entrevista ao repórter Rafael Santos da Rádio Sampaio 94,5 FM, a Secretaria Estadual de Educação nunca entra em contato com os motoristas para dar qualquer tipo de informação, os motoristas só conseguem informações com amigos e conhecidos em Maceió. Já sobre o programa Escola 10 Nilton falou “Escola 10 do estado é ter 10 alunos dentro da sala de aula, porque se juntar os alunos que estão entrando na escola dá uns 10, não é a escola ter nota 10 e sim 10 alunos”.

A concentração começou às 8h, na Avenida Governador Muniz Falcão, em frente Escola Estadual Humberto Mendes. A paralisação afeta estudantes das cidades de Palmeira dos Índios, Igaci, Maribondo e Estrela de Alagoas. Eles temem perder o ano letivo.

Vídeos gravados pelos Alunos:

 

 

 

 

 

 

Fonte: Todo Segundo e Rádio Sampaio 94,5 FM.


Integrantes da Reserva Técnica da PM-AL de 2006 realizaram testes físicos nesta segunda-feira (22)

Cerca de 500 pessoas devem fazer exames físicos para cargo de soldado combatente da PM — Foto: Fagno Pinto/Arquivo pessoal
Cerca de 500 pessoas devem fazer exames físicos para cargo de soldado combatente da PM — Foto: Fagno Pinto/Arquivo pessoal

Integrantes da Reserva Técnica da Polícia Militar de 2006, que foram aprovados no concurso público daquele ano, realizaram nesta segunda-feira (22), em Maceió, os testes físicos de pré-admissão para o cargo de Soldado Combatente. Esta etapa acontece após diversos embates na Justiça para que o Estado fizesse a convocação.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, os exames aconteceram nesta manhã, na Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello, no bairro do Trapiche. Na sexta (26), outros tipos de testes físicos devem ser feitos.

Os convocados tinham sido aprovados no concurso realizado em 2006, mas não ficaram no cadastro de reserva. Após diversas ações na Justiça, mesmo com o prazo do concurso tendo vencido, o Estado foi obrigado a convocá-los. Antes disso, o grupo tinha feito dezenas de atos pedindo para ser nomeado.

A convocação foi publicada no dia 11 de julho de 2019 no Diário Oficial do Estado (DOE).

De acordo com Reginaldo Ramos, integrante da comissão da RT-2006, o sentimento dele e dos demais candidatos é de alegria.

“É uma alegria incontestável. Sensação de vitória. É uma prova de que ainda dá para acreditar na Justiça. Mesmo depois de tanto tempo conseguimos e estamos muito felizes. Não dá nem para descrever a sensação”, comemorou Ramos.

Academia de Polícia Militar fica lotada para exames físicos de candidatos da reserva técnica da PM de 2006 — Foto: Fagno Pinto/Arquivo pessoal
Academia de Polícia Militar fica lotada para exames físicos de candidatos da reserva técnica da PM de 2006 — Foto: Fagno Pinto/Arquivo pessoal

Fonte: G1


Micro-ônibus capota e deixa seis feridos em rodovia em Messias, AL

Capotamento de micro-ônibus atraiu a atenção de curiosos em Messias, Alagoas — Foto: Valdeir Bezerra/ Arquivo Pessoal
Capotamento de micro-ônibus atraiu a atenção de curiosos em Messias, Alagoas — Foto: Valdeir Bezerra/ Arquivo Pessoal

Um micro-ônibus capotou e deixou seis pessoas feridas na manhã desta segunda-feira (22) na rodovia BR-101, em Messias, região Metropolitana de Maceió. De acordo com a polícia, o motorista perdeu o controle após passar sobre uma poça de água.

O acidente foi registrado por volta das 9h30, no sentido Maceió da rodovia.

Segundo o 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), no veículo estavam seis pessoas, incluindo o motorista e o cobrador.

O condutor do veículo disse aos policiais que derrapou após passar pela poça de água.

Ainda segundo a polícia, cinco das vítimas sofreram escoriações leves e uma senhora, que sofreu uma fratura exposta na perna, precisou ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O Samu informou que a vítima de fratura exposta foi socorrida com o auxílio do helicóptero Falcão 5 e levada, assim como todos os outros feridos, para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

Além do 8º BPM, também estiveram no local equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Uma parte da via foi interditada por causa do acidente.

Fonte: G1


Polícia apreende mais de 40 celulares roubados em Maceió

Aparelhos recuperados pela Polícia Civil em Alagoas devem ser entregues aos donos  — Foto: Polícia Civil/Ascom
Aparelhos recuperados pela Polícia Civil em Alagoas devem ser entregues aos donos — Foto: Polícia Civil/Ascom

A Polícia Civil de Alagoas informou nesta segunda-feira (22) que apreendeu mais de 40 celulares roubados em Maceió na semana passada.

As vítimas dos roubos estão sendo intimidas a comparecem à Delegacia Especializada de Roubos da Capital (Derc) até quarta-feira (24) para devolução dos aparelhos.

Segundo o delegado José Carlos, titular da Derc, alguns aparelhos já foram entregues aos donos. Há alguns deles que foram avaliados em mais de R$ 8 mil.

Os aparelhos foram localizados após rastreio autorizado por decisão judicial da 2ª Vara Criminal da Capital.

De acordo com o chefe de operações da delegacia, Rostand Mendonça, outras 25 pessoas foram identificadas usando celulares roubados. Elas serão intimadas nos próximos dias para devolverem os aparelhos e justificarem como os conseguiram.

Ainda segundo Mendonça, quando não há uma justificativa plausível ou há omissão de informações, estas pessoas que estão de posse dos aparelhos respondem por crime de receptação culposa.

“O trabalho continua, pois a maioria destes celulares apreendidos se refere aos roubos ocorridos no mês de abril, mas já aguardamos dados das operadoras de aparelhos roubados durante o mês de maio”, disse o chefe de operações.

Um dos aparelhos celulares recuperados pela Derc esclareceu um crime de latrocínio (roubo com morte) praticado contra Ramiro Neto, assassinado em 13 de fevereiro deste ano. Um dos envolvidos está preso no sistema prisional e a delegacia investiga a participação de ao menos outras duas pessoas.

Sou vítima, o que devo fazer?

Em relação às vítimas que tiveram seus aparelhos celulares roubados, furtados ou extraviados, o delegado José Carlos orienta que é importante registrar o crime e dar detalhes sobre o celular.

Ir a uma delegacia e registrar o Boletim de Ocorrência (B.O.) e informar o número do IMEI do celular, geralmente encontrado na nota fiscal do aparelho, na caixa, na capa traseira ou atrás da bateria. O número do IMEI também pode ser visualizado no próprio aparelho, ao se digitar *#06#.

Também é importante não bloquear o aparelho, mas só o chip (caso o aparelho seja bloqueado, o rastreio do aparelho não será possível).

O delegado orienta que não compre aparelhos celulares sem nota fiscal ou de procedência desconhecida, principalmente aqueles vendidos por estranhos em feiras e redes sociais. Os pequenos empresários que possuem lojinhas de celulares, ao comercializarem aparelhos roubados, podem responder por crime de receptação qualificada, tipo penal que não é afiançável na Delegacia.

Fonte: G1


Falta de coleta de esgoto atinge 83% dos alagoanos

Riacho Salgadinho na altura do bairro do Poço, região central de Maceió — Foto: Marcelo Brandt/G1
Riacho Salgadinho na altura do bairro do Poço, região central de Maceió — Foto: Marcelo Brandt/G1

O Brasil lançou diariamente no solo, córregos, rios e mar 5.622 piscinas olímpicas de esgoto não tratado, segundo dados referentes a 2017 e divulgados nesta terça-feira (23) pelo Instituto Trata Brasil. A falta de tratamento do esgoto é apontada pela Agência Nacional de Águas (ANA) como a principal forma de poluição de água no país.

É por isso que a situação em Alagoas é tão grave: 83,1% da população do estado não tem coleta de esgoto e só 20% do que é coletado é tratado, de acordo com o relatório de 2019 do Sistema Nacional de Informação Sanitária (SNIS).

Na capital Maceió, a poluição é um problema antigo do Riacho Salgadinho. O rio percorre a cidade de norte a sul recebendo esgoto e lixo das populações ribeirinhas e, quando chega à Praia da Avenida, na região Centro-Sul, seu nível de coliformes fecais está milhões de vezes acima do adequado.

Local onde Riacho Salgadinho deságua no mar, na Praia da Avenida — Foto: Marcelo Brandt/G1
Local onde Riacho Salgadinho deságua no mar, na Praia da Avenida — Foto: Marcelo Brandt/G1

Isso acontece com outros rios na cidade, como o Riacho Doce, na Zona Norte. Ele percorre o bairro recebendo esgoto e deságua no mar, na praia de Riacho Doce. Somada ao plástico e à sujeira deixados pelos banhistas nas praias, essa contaminação compromete também a biodiversidade marinha.

Em um estado conhecido como o “Caribe brasileiro” por causa de águas transparentes, recifes de corais e piscinas naturais, a contaminação das praias é uma ameaça ao turismo, segunda atividade econômica mais importante do estado, atrás apenas da sucroalcooleira, de acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (Sedetur).

O estudo Observando os Rios (2019) da SOS Mata Atlântica apontou a piora no índice de Qualidade da Água (IQA) em Alagoas: 14,3% está com qualidade ruim. Não há nenhum corpo d’água considerado bom no estado. Todos os demais foram considerados com qualidade regular.

O estudo Observando os Rios (2019) da SOS Mata Atlântica — Foto: Rodrigo Cunha/G1
O estudo Observando os Rios (2019) da SOS Mata Atlântica — Foto: Rodrigo Cunha/G1

E não é somente o turismo e a economia que ficam ameaçados com as águas poluídas de Alagoas, mas também a saúde da população local. No estado, a esquistossomose é uma doença endêmica, ou seja, ocorre habitualmente e com incidência significativa na população da região. Em 2018 foram 5.971 casos em Alagoas, de acordo com o Ministério da Saúde.

Trata-se de uma verminose transmitida pela liberação de ovos do parasita através de fezes do homem infectado. É uma das Doenças Relacionadas ao Saneamento Inadequado (DRSAI), ao lado de cólera, amebíase, diarreia e gastroenterite, entre outras, de acordo com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

Segundo a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), quanto maior o acesso ao saneamento, menor a incidência de internações por DRSAI.

Nas cidades de pequeno e médio porte que ainda estão dando os primeiros passos para a universalização do saneamento, a taxa média de internações por essas doenças é três vezes maior do que nas cidades que já estão rumo à universalização.

Média de internações por Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DSRAI) — Foto: Rodrigo Sanches/G1
Média de internações por Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DSRAI) — Foto: Rodrigo Sanches/G1

 

 

Fonte: G1


PRF prende homem por porte ilegal de arma de fogo em União dos Palmares/AL

Foto: PRF

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam um homem por porte ilegal de arma de fogo, nesta tarde. O flagrante ocorreu no km 23 da BR – 104, município de União dos Palmares/AL.

Era por volta das 16 hrs quando uma equipe da PRF abordou uma motocicleta Honda Pop 100, de cor vermelha, placa de Jucati/PE . Durante procedimentos de verificação aos documentos do condutor e veículo, ao proceder a revista pessoal, foi encontrado uma arma de fogo marca Taurus, modelo PT 58 PLUS SS, calibre .380. Questionado acerca da procedência da arma, o indivíduo informou que anda armado por trabalhar com negócio de gado e usa pra se proteger dos roubos na região.

Diante dos fatos, os policiais deram de voz de prisão e encaminharam o homem à Delegacia de Polícia Civil de União dos Palmares- AL, para procedimentos cabíveis. Ele deverá responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, art. 14 da Lei 10.826/03.

 

 

 

Fonte: PRF


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey