Palmeira dos Índios
30 ºC Céu Limpo

Palmeira dos Índios | Céu Limpo
30 ºC

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Ministra Damares fala em fortalecer Patrulha Maria da Penha em Alagoas

Ministra Damares Alves na 1ª Conferência Nacional das Rondas e Patrulhas Maria da Penha, realizada em Maceió — Foto: Luciana Martins/ Arquivo pessoal
Ministra Damares Alves na 1ª Conferência Nacional das Rondas e Patrulhas Maria da Penha, realizada em Maceió — Foto: Luciana Martins/ Arquivo pessoal

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, falou que o ministério vai fortalecer a Patrulha Maria da Penha em Alagoas durante a 1ª Conferência Nacional das Rondas e Patrulhas Maria da Penha, na noite desta sexta-feira (6), na sede da OAB, em Maceió. Em novembro, a OAB Alagoas divulgou que os casos de feminicídio no estado crescem mais que o dobro em 2019.

“A gente vai fortalecer esse projeto em todo o Brasil. Nós vamos fortalecer a Patrulha Maria da Penha de Alagoas. É um compromisso da ministra”, disse a ministra.

Damares Alves também disse que a Patrulha Maria da Penha é um projeto que vem apresentando resultados positivos.

“Eu acredito na Patrulha Maria da Penha. Eu acredito na ronda. Aonde a Patrulha Maria da Penha está passando, aonde a ronda Maria da Penha está passando, ela está fazendo a diferença, ela está salvando vidas. Mas o meu sonho como ministra é que isso se multiplique muito pelo Brasil. Uma experiência exitosa, com resultados positivos. Uma experiência que a cada dia está se aperfeiçoando”, disse Damares.

“Este é um projeto que dá certo. Essa uma experiência que está mudando a vida de muitas mulheres no Brasil”, complementou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos.

A comandante da Patrulha em Alagoas, major Daniele, explicou o objetivo do evento.

“Esse evento vai entregar a ministra um protocolo de feminicidio que são ações para serem feitas pelas patrulhas Maria da Penha”, disse a major.

No sábado, a programação do evento vai ser no Instituto Federal de Alagoas (Ifal) com a 1ª oficina do projeto Salve Uma Mulher, voltada para mulheres marisqueiras. A ação tem como objetivo disseminar informações sobre violência contra a mulher e a rede de enfrentamento.

Durante a oficina Salve Uma Mulher, um Termo de Execução Descentralizada (TED) será assinado entre o Ministério e o IFAL para a capacitação profissional de 350 mulheres nas áreas de auxiliar de cozinha, aperfeiçoamento para camareiras em meios de hospedagem e formação continuada em empreendedorismo e mídias sociais. Os cursos serão em Taquarana, Campo Alegre, Marechal Deodoro, Piranhas, Anadia e Maceió.

 

 

*    Com G1


Motorista é flagrado fazendo descarte irregular de lixo em Palmeira

Descarte irregular de resíduos gera punição – Foto: Internauta / Cortesia

Mais um descarte irregular de lixo foi registrado em Palmeira dos Índios. Uma testemunha, que preferiu não identificar-se, flagrou na manhã deste sábado (07), um homem jogando lixo próximo a um campo de futebol, às margens da AL-115, rodovia que dá acesso à cidade de Arapiraca.

Na imagem, o motorista aparece conversando com outro homem ao lado de um veículo modelo Fiat Strada, de cor branca, porem de placa não anotada. Segundo o internauta, o descarte de lixo nessa área tem se tornado comum, mesmo depois de notificações da prefeitura município contra à alguns motoristas.

Quem for flagrado descartando lixo, poda ou entulho de forma irregular pode ser multado, de acordo com a Lei Municipal n° 1.913/2012.

Seja um cidadão sustentável, fiscalizando e mantendo seu bairro limpo e denuncie através da ouvidoria da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Convívio Urbano, pelo número (82) 99686-4990, por meio de WhatsApp, enviando imagens que comprovem o descarte inadequado, identificando data, hora, placa do veículo e o local onde foi realizado o crime ambiental.

 *     Com Todo Segundo

 


Menor vítima de assédio sexual é levada a hospital psiquiátrico

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true
Menor vítima de assédio sexual é levada a hospital psiquiátrico

Durante patrulhamento na região do Centro de Maceió, agentes de proximidade do Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, avistaram  na tarde desta sexta-feira, dia 06, uma adolescente em estado de choque.

Segundo a assessoria de Comunicação da Ronda no Bairro ao conversar com a menor, a guarnição foi informada sobre uma tentativa de assédio sexual que ela havia sofrido minutos antes e acionou a equipe social do programa para auxiliar na condução do caso.

De acordo com o relato da adolescente de 17 anos, ela havia se afastado da mãe, de 35, enquanto andava pelo Centro e ao atravessar uma rua, foi surpreendida por um homem que a tocou nas partes íntimas e fugiu do local.

De posse da descrição do suspeito, os agentes realizaram buscas pela região, mas não conseguiram localizá-lo. Em visível estado de choque, a vítima foi encaminhada ao Hospital Escola Portugal Ramalho, no Farol, a fim de fazer uma avaliação psicológica e ser atendida por um médico psiquiatra.

 

 

 

 

 

*Com assessoria


Vereador joga dinheiro em plenário da Câmara de São Sebastião; veja vídeo

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true
Vereador jogou dinheiro para o alto e mostrou irritação com verba indenizatória – Foto: Reprodução

Durante uma sessão realizada na Câmara Municipal de São Sebastião, Agreste alagoano, nesta sexta-feira (6), o vereador Vando da Cana Brava (PSL) jogou uma quantia de R$ 1 mil em dinheiro, no ar, no plenário da Casa.

Um vídeo, gravado pelo canal de transmissão da Câmara, divulgado nas redes sociais mostra o momento em que o vereador joga o dinheiro para cima e as cédulas caem no chão. Vando diz que o dinheiro é do “povo sofrido” de São Sebastião.

“Queria aqui senhor presidente, de uma forma carinhosa e respeitosa, dizer ao senhor: Está aqui os mil reais, a casa faça bom uso dele, que eu não preciso de nada que venha para poder ‘tá’ tirando o bocado da boca do povo. Que esse dinheiro é do povo sofrido de São Sebastião”, disse o vereador ao jogar o dinheiro para o alto.

Segundo informações de funcionários da Câmara, o fato aconteceu após Vando ter sido questionado, pelo presidente da Casa, sobre a prestação de contas.

Vando afirmou que só faria prestação de contas ao povo do município. Ele se mostra aborrecido com uma verba indenizatória destinada aos vereadores e faz questão de que sua fala seja filmada.

No vídeo, também é possível ouvir quando o vereador Eliron Curtinho (MDB), presidente da Câmara de São Sebastião, diz: “O senhor deposite na conta, não é assim não”.

Antes de deixar o plenário, Vando da Cana Brava retorna ao microfone e diz que não irá apanhar o dinheiro.

“Eu só quero dizer ao povo de São Sebastião que está comprovado ai na filmagem. Por mim a zeladora pode fazer a limpeza e levar o dinheiro”, finaliza o vereador.

 

 

*     Com Cada Minuto


Enfermeira de Palmeira dos Índios é destaque no 16º Expoepi, em Brasília

Enfermeira Cristiane dos Santos Ferreira – Foto: Assessoria

A enfermeira Cristiane dos Santos Ferreira, da Unidade Básica de Saúde Serra da Boa Vista, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira dos Índios, é destaque, mais uma vez, na 16ª edição da Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi). A Mostra acontece de 4 a 6 de dezembro, em Brasília, e reúne experiências bem-sucedidas desenvolvidas pela área da vigilância em saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

O trabalho de sua autoria intitulado “Ô de casa: estratégia de reorganização do fluxo de atendimento de hipertensos e diabéticos em uma zona rural de Palmeira dos Índios – Alagoas”, está entre os finalistas para a mostra competitiva, na modalidade oral. O trabalho foi apresentado na quarta (4).

De acordo com Cristiane, o objetivo do projeto foi o de realizar uma busca ativa dos pacientes com hipertensão e diabetes que residem distante da Unidade de Saúde da Família e que descontinuaram o acompanhamento médico. “O projeto contou com a participação de uma equipe multidisciplinar composta por enfermeira, médico, dentista, agentes comunitários de saúde e técnica de enfermagem. O trabalho ocorreu de janeiro a dezembro de 2017, com atendimentos realizados nos pontos de apoio dentro da comunidade. Das 1500 pessoas cadastradas na USF, 250 são hipertensos e 60 diabéticos. Observamos baixa adesão ao comparecimento às consultas, por isso iniciamos uma busca ativa para investigar o porquê dessa ausência”, pontuou a enfermeira.

Enfermeira de Palmeira dos Índios é destaque no 16º Expoepi, em Brasília – Foto: Assessoria

O resultado da competição deverá sair ainda sexta (6). A Expoepi foi criada em 2001 para divulgar e premiar os serviços de saúde do SUS em todo o país que se destacaram pelos resultados alcançados em atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e outros agravos de importância para a saúde pública.

O evento promove, ainda, a atualização técnica e capacitação dos profissionais que atuam nos diferentes cenários de práticas do Sistema Único de Saúde. São organizados painéis temáticos e mesas redondas com convidados nacionais e internacionais.

Enfermeira de Palmeira dos Índios é destaque no 16º Expoepi, em Brasília – Foto: Assessoria

Duas pessoas sofrem sequestro relâmpago por supostos compradores de carro, em Arapiraca

Duas pessoas sofrem sequestro relâmpago por supostos compradores de carro, em Arapiraca

Na noite desta quinta-feira (5), duas pessoas foram vítimas de sequestro e assalto no bairro Santa Edwiges, na cidade de Arapiraca. A ação aconteceu em uma suposta negociação de compra de carro, onde ao chegar no local combinado, o crime foi anunciado.

Segundo informações da polícia, as vítimas relataram que os supostos compradores estavam em um Ford Eco Sport, de placa não anotada e entraram no carro, anunciaram o assalto e sequestraram a vítima.

Eles levaram o homem até um posto de gasolina e a obrigaram a sacar R$900,00 em um caixa eletrônico, comprarem uma bebida no valor de R$100,00 e abastecer o veículo em R$ 150,00. Os criminosos ainda roubaram dois aparelhos celulares e R$200,00 em dinheiro.

Após o crime, as duas vítimas foram abandonadas no Sítio Bom Nome. Uma guarnição foi acionada, realizou rondas e orientou os envolvidos a prestarem queixa na Central de Polícia. Ninguém foi preso.

 

 

 

 

 

*    Com Já é Notícia


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey