82 99641-3231

População pode resgatar documentos perdidos nas agências dos Correios

Com as festas de fim de ano, é muito comum a perda de documentos pessoais. Para ajudar cidadão a encontrar documentos perdidos, os Correios oferecem o serviço Achados e Perdidos, disponível em todas as agências centrais do país.

A consulta à relação de documentos disponíveis para retirada pode ser feita em qualquer unidade ou no site dos Correios.

Instituído há mais de 30 anos, o serviço tem como objetivo encurtar o tempo e reduzir o custo da busca por documentos perdidos. Mensalmente, em todo o Brasil, mais de 20 mil documentos são disponibilizados para retirada, no entanto, apenas 3% deles são procurados e devolvidos aos proprietários. Os demais são remetidos ao órgão emissor.

Aqueles que encontrarem documentos de terceiros podem depositá-los no guichê de qualquer agência dos Correios ou em caixas de coleta. Uma vez recebidos, os documentos são acondicionados em envelopes e guardados, ficando disponíveis para retirada durante 60 dias.

Para retirar o documento perdido, o cidadão deve apresentar outro documento que comprove sua titularidade e pagar uma tarifa de R$ 5,70. Documentos sob a guarda dos Correios só poderão ser entregues aos proprietários ou seus representantes legais, devidamente reconhecidos. Caso seja constatado que o documento perdido esteja em uma cidade diferente da qual o proprietário se encontra, é possível fazer uma solicitação para que ele seja enviado à agência mais próxima.

Dúvidas sobre o serviço podem ser sanadas, em Alagoas, na Agência Central Rua do Sol (Centro de Maceió), no telefone 3216-7084.


Criança de 8 anos mata amigo com tiro de espingarda no Maranhão

Uma criança de oito anos matou o seu amigo de apenas quatro anos acidentalmente com um tiro de espingarda na última terça-feira (1º) no município de São Vicente Ferrer, a 275 km de São Luís.

Segundo informações da polícia, o caso aconteceu no bairro Mutirão quando a vítima brincava na casa do autor do disparo. Sem perceber que a arma de fogo estava carregada, o garoto de oito anos apontou a espingarda para o outro menino e disparou na direção da sua boca.

O menino atingido ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu a caminho do hospital. A Polícia está acompanhando o caso na cidade de São Vicente Ferrer.


Acidente de trem em ponte da Dinamarca deixa mortos e feridos

Um acidente de trem deixou pelo menos seis passageiros mortos e 16 feridos, na manhã desta quarta-feira (2), na Dinamarca, segundo o site local Jyllands-Posten.

O acidente aconteceu na ponte Great Belt, que liga as duas principais ilhas do país – Zelândia e a Fyn -. O local foi fechado para trens e veículos. O transporte partiu de Odense e seguia para a capital Copenhague.

O jornal local Jylands Posten explica que o vento forte no local fez com que o trem bala fosse atingido por peças de um trem de carga que circulava na direção oposta. Havia 131 passageiros e três funcionários a bordo.

A ponte rodoviária e ferroviária faz parte de um sistema de transporte composto por uma ponte suspensa e um túnel ferroviário, conforme a SkyNews. Ela tinha sido fechada para carros durante a noite por causa de ventos fortes, mas os trens poderiam passar.

A ligação de 18 km transporta cerca de 21.000 passageiros de trem e mais de 27.000 veículos todos os dias. Também faz parte da infraestrutura que liga a Dinamarca e a Suécia à Alemanha. A ponte foi fechada em Wednesdat para trens e veículos em direção a Fyn, mas abriu novamente para o tráfego de carros em direção à Zelândia, com um limite de velocidade de 50 km/h.

Uma tempestade severa estava dificultando a chegada de serviços de emergência ao trem de passageiros, embora um centro de emergência tenha sido instalado na cidade de Nyborg, no extremo oeste da ponte.


Adolescente de 14 anos é baleada após negar namoro em São Paulo

Uma adolescente de 14 anos foi baleada no pescoço e no tórax, na tarde do último sábado (29), em Bebedouro (SP).

Segundo familiares, o suspeito é um jovem de 20 anos, com quem ela manteve um breve relacionamento há cerca de seis meses. O rapaz estaria inconformado porque ela não quis levar a relação adiante.

Natasha Rodrigues está internada na Santa Casa de Barretos (SP). O hospital informou que a jovem passou por cirurgia, está sedada e é mantida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O quadro é considerado gravíssimo.

O atirador fugiu após o crime e ainda não foi localizado. O celular dele foi achado pela polícia no bairro Jardim Claudia, mas a arma utilizada também não foi encontrada.

O caso foi registrado na delegacia de plantão de Bebedouro.

Tiros

Prima da adolescente, Thais Paula diz que o crime aconteceu próximo à casa de Natasha, no bairro Residencial Bebedouro. A menina estava a caminho de um bar com uma amiga para comprar chicletes, quando foi abordada pelo suspeito.

“Ele já estava rodando ela durante o dia. A amiga chamou para ir até a casa dela para pegar dinheiro e comprar chiclete. A Natasha ficou sentada na calçada. Elas foram juntas para o bar e ele as seguiu. Ele perguntou se ela não daria outra chance a ele. Minha prima disse que não e continuou andando. Ele falou para ela não virar as costas pra ele de novo. Quando ela virou, ele atirou.”

Segundo Thais, o primeiro tiro atingiu a parte de trás da cabeça da adolescente. Natasha era ameaçada há cerca de um mês, mas preferiu não contar nada para a família. Ela havia ficado com o suspeito há alguns meses, mão não chegou a namorá-lo. Um dia antes do crime, uma irmã descobriu as mensagens no celular da menina, mas ela pediu para que ficasse calada.

De acordo com a prima, antes de fugir por uma região de pastagem, o suspeito efetuou o segundo disparo, atingindo o abdômen dela. Thais diz que ouviu os tiros e que ela e os vizinhos correram para saber o que estava acontecendo. Ao sair de casa, encontrou a adolescente ferida.

“Estamos numa angústia. Estamos nos sentindo impotentes, sem reação, sem força. Não sabemos o que vai se passar. Ela só saiu para comprar um chiclete. Foi muito rápido. Ela é uma criança”, afirma Thais.


Militares do Pelopes e idoso são socorridos após viatura derrapar e atingir cavalo

Quatro militares do Pelopes e um idoso foram socorridos na manhã desta sexta-feira, 28, após o condutor de uma viatura da Força Tarefa perder o controle do veículo durante uma derrapagem e atingir um cavalo em uma estrada vicinal que da acesso a antiga Usina Agrisa, na cidade de Joaquim Gomes, na zona da mata alagoana.

Apenas o idoso foi identificado, segundo a polícia, como Manoel José dos Santos, 73 anos, conhecido como Manoel Grande.

Os militares, lotados no Pelotão de Operações Especiais da Polícia Militar de Joaquim Gomes, não foram identificados. As vítimas foram socorridas por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para um hospital.

As informações repassadas pelas vítimas dão conta que os militares seguiam para uma ocorrência quando o condutor da vítima reserva da Força Tarefa teria perdido o controle durante uma derrapagem e atingindo o cavalo onde seguia o idoso. Com o impacto o animal morreu no local.


Últimos dias para sacar abono salarial de até R$ 954; saiba se você tem direito

Os trabalhadores que ainda não sacaram o abono salarial referente ao ano de 2016 precisam se apressar. Os beneficiários têm até 28 de dezembro para procurar uma agência bancária e sacar o dinheiro.

Inicialmente, o prazo limite era 29 de junho, mas foi prorrogado após resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

A quantia a que cada trabalhador tem direito depende do tempo que ele trabalhou formalmente em 2016. Quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12, e assim sucessivamente.

Trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-726 02 07. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey