82 99641-3231

Eclipse solar poderá ser visto parcialmente no Brasil nesta segunda

Nesta segunda-feira (21), os moradores de uma faixa de terra dos Estados Unidos verão um sol negro. É o eclipse solar total, um dos fenômenos mais aguardados pela agência espacial americana (Nasa) neste ano. No Brasil, ele será visto de forma parcial — quanto mais ao Norte, mais coberto estará o sol.

De acordo com a Nasa, o fenômeno poderá ser observado por 500 millhões de pessoas de forma total ou parcial: 391 milhões nos Estados Unidos, 35 milhões no Canadá e 119 milhões no México (além da América Central e parte da América do Sul).

O trecho mais intenso para a observação vai de Lincoln Beach, em Oregon, até Charleston, na Carolina do Sul. Nesta região, o sol ficará completamente preto durante pouco tempo: 2 minutos e 40 segundos — a transição completa será de mais de 4 horas.

No topo do Brasil, no monte Caburaí, o eclipse será parcial: cerca de 50% de escuridão. O trecho contemplado pela penumbra chega até Brasília, mas com apenas 1,96%. Nestas regiões com baixo índice, os observadores podem, talvez, notar apenas uma diminuição do brilho do sol.

Este é o segundo e último eclipse registrado neste ano: o primeiro ocorreu em 26 de fevereiro.

Em 2018, a Terra não terá eclipses totais — em que o sol é totalmente coberto. O próximo ocorre em 2 de julho de 2019 e a boa notícia é que esse terá mais abrangência no Brasil e seu trajeto de escuridão será na América do Sul.


“Herói” de ciberataque global é preso pelo FBI

O pesquisador de segurança digital britânico que ficou conhecido por sustar o ciberataque provocado pelo ransomware WannaCry foi detido nos Estados Unidos nesta quinta-feira (04) após participar de uma conferência em Las Vegas.
Após o alastramento do ciberataque, Marcus Hutchins, de 23 anos, teria acionado acidentalmente um “botão de desligar”, interrompendo o número de infecções pelo ransomware. Trata-se de um tipo de ataque em que o vírus infecta e criptografa arquivos de sistemas, exigindo um valor, frequentemente em bitcoins, para liberar os dados “sequestrados”.

O WannaCry infectou centenas de milhares de computadores em 150 países, causando problemas em fábricas, hospitais, lojas e escolas.
Documentos da Justiça americana mostram que Hutchins, conhecido pelo codinome online Malware Tech e que foi apelidado de “herói”, foi indiciado juntamente com outro indivíduo por um tribunal no estado de Wisconsin no dia 12 de julho. Ele foi acusado de elaborar, fazer propaganda, distribuir e lucrar com um malware conhecido como Kronos Trojan entre julho de 2014 e 2015, utilizado para roubos online de dados de contas bancárias e cartões de crédito.
Hutchins foi preso num aeroporto enquanto aguardava o voo de volta ao Reino Unido, após participar da conferência anual Def Con em Las Vegas, frequentada por hackers e figuras de destaque no ramo da segurança de dados. Ele será levado a um tribunal para audiência nesta sexta-feira.

A notícia da prisão de Hutchins foi recebida com perplexidade pela comunidade de cibersegurança. Jake Williams, um respeitado pesquisador que trabalhou com o jovem inglês em vários projetos – inclusive na elaboração de material para treinamento acadêmico de alto nível, pelo qual Hutchins rejeitou receber remuneração – acha difícil acreditar que ele seja culpado dessas acusações. “Não consigo associar as acusações com o que conheço dele”, disse Williams.

Para muitos, a grande dúvida é qual seria a identidade do outro indiciado no processo, cujo nome foi omitido nos documentos oficiais. “Talvez o outro acusado tenha testemunhado contra ele”, disse o especialista em segurança cibernética Rob Graham.
“Não sabemos que provas o FBI tem, mas temos evidências circunstanciais de que ele estava envolvido com aquela comunidade na época”, explicou, se referindo ao grupo que elaborou o Kronos Trojan.

 

Segundo o defensor publico designado pelo tribunal, Hitchins não possui registros criminais e cooperou com as autoridades americanas no passado. Após ser preso, Hitchins se reservou o direito de ficar calado. Ele será mantido sob custódia até a audiência desta sexta-feira.
A mãe do pesquisador, Jane Hutchins, afirmou à imprensa que acredita ser “altamente improvável” que o jovem tivesse envolvimento no caso uma vez que ela passava “quantidades enormes de tempo” combatendo ataques cibernéticos desse tipo.


Papa pede que jovens brasileiros lutem contra corrupção

O papa Francisco pediu nesta terça-feira (1º) que os jovens brasileiros lutem contra a corrupção e que não tenham medo de se arriscar e se comprometer na construção de uma sociedade mais justa.

“Não tenham medo de lutar contra a corrupção e não se deixem seduzir por ela”, alertou o papa. “Vocês podem redescobrir a criatividade e a força para serem protagonistas de uma cultura de aliança e assim gerar novos paradigmas que venham a pautar a vida do Brasil”.
A carta de Francisco foi enviada no âmbito do encerramento de um evento que celebrou os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora de Aparecida no Rio Paraíba do Sul. A celebração terminou no último dia 29, com uma grande comemoração no Santuário Nacional de Aparecida em São Paulo.

“Possa o Senhor, pela intercessão da Virgem Aparecida, renovar em cada um de vocês a esperança e o espírito missionário. Vocês são a esperança do Brasil e do mundo. E a novidade, da qual vocês são portadores, já começa a construir-se hoje”, disse o papa no fim da carta.
Apesar de ter sido escrita para as celebrações de Aparecida, a mensagem foi divulgada somente nesta terça-feira pela Rádio Vaticano – véspera da votação na Câmara que decidirá o futuro do presidente Michel Temer, acusado de corrupção.

Nesta quarta-feira, os deputados devem decidir se autorizam ou não o Supremo Tribunal Federal (STF) a analisar as denúncias contra o presidente. Se for aprovada, os ministros da corte podem afastar Temer por 180 dias. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou Temer ao Supremo pelo crime de corrupção passiva em meados de junho, tornando-o o primeiro presidente da República a ser denunciado ao STF no exercício do mandato.

A acusação tem como base um inquérito contra o peemedebista decorrente da delação de executivos da JBS. Ele é investigado ainda pelos crimes de obstrução de Justiça e participação em organização criminosa, mas, por esses delitos, a PGR ainda não apresentou denúncia.


‘Posso ouvir sua risada em minha mente’, diz príncipe Harry sobre princesa Diana

O Palácio de Kensington divulgou, nesta segunda-feira (24), vídeos e fotos históricos que mostram a rotina da princesa Diana com seus filhos, os príncipes William e Harry. Assista aqui (em inglês).

“Nossa mãe era uma eterna criança, e quando alguém me pergunta sobre um exemplo, tudo o que eu consigo ouvir é a sua risada em minha mente”, contou o príncipe Harry, que também descreveu a princesa, morta em agosto de 1997, como uma eterna criança.

Os vídeos fazem parte do documentário, chamado “Diana, nossa mãe: sua vida e seu legado”, que será transmitido nesta segunda-feira (24) no Reino Unido.

Em outro trecho do filme, o príncipe William fala sobre como tenta manter as memórias da “vovó Diana” vivas para seus filhos, Charlotte e George.

“Eu faço isso sempre quando coloco os dois na cama. Falo sobre ela e tento lembrá-los que há duas avós, duas avós na suas vidas, e é importante que eles saibam quem ela era, e que ela existiu”.

Entre os trechos do documentário divulgados nesta segunda-feira também está uma conversa do príncipe Harry com o cantor Elton John, amigo pessoal de Diana e ativista na luta contra o vírus da Aids.

 


Geleira suíça revela corpos de casal desaparecido há 75 anos

Corpos foram encontrados com documentos de identidade, mas teste de DNA ainda deverá ser feito.

Os corpos congelados de um casal suíço que desapareceu há 75 anos nos Alpes foram encontrados em uma geleira que está encolhendo, relatou a mídia suíça nesta terça-feira (18).

Marcelin e Francine Dumoulin, pais de 7 filhos, tinham saído para tirar leite de suas vacas em um campo no vilarejo de Chandolin, no distrito de Valais, no dia 15 de agosto de 1942.

“Nós passamos nossas vidas inteiras procurando por eles, sem parar. Nós pensávamos que poderíamos dar a eles o funeral que mereciam um dia”, disse a filha mais nova do casal, Marceline Udry-Dumoulin, de 79 anos, ao jornal “Le Matin”.

“Eu posso dizer que após 75 anos de espera essa notícia me dá um profundo sentimento de calma”, acrescentou.

Em um comunicado divulgado durante a noite, a polícia de Valais disse que dois corpos com documentos de identidade foram descobertos na última semana por um trabalhador na geleira Tsanfleuron perto de um teleférico de esqui sobre o resort Les Diablerets a uma altitude de 2.615 metros.

Testes de DNA serão realizados para confirmar a identidade do casal.

“Os corpos estavam deitados um ao lado do outro. Era um homem e uma mulher usando roupas datadas do período da Segunda Guerra Mundial”, disse Bernhard Tschannen, diretor da Glacier 3000, ao jornal.

“Eles estavam perfeitamente preservados na geleira e seus pertences estavam intactos”.

“Nós pensamos que eles podem ter caído dentro de uma fenda, onde eles ficaram por décadas. Na medida que a geleira recuou, ela revelou seus corpos”, disse ao jornal “Tribune de Geneve”.


Turistas pagavam para tirar fotos com ‘panda’ filhote que na realidade era um cachorro

O que você faria se em plena luz do dia no meio da rua, encontrasse um filhote de panda? Tiraria fotos e postaria nas redes sociais ou chamaria a polícia? Um caso igual a esse ocorreu em Monastir, Sochi, na Rússia. De acordo com testemunhas, um filhote de panda estaria sendo exposto na rua no colo de um comerciante de rua que estaria cobrando para que turistas tirassem fotos ou fizessem snaps com o mesmo.

A sensação foi geral, pois, em muito pouco tempo centenas de pessoas souberam do fato e foram até o local para ver a raridade, dado ao fato de que pandas são animais em extinção no mundo, tendo poucos exemplares apenas em zoológicos, em sua grande maioria na China.

Com tanta comoção em volta do animal a polícia acabou sendo chamada para prender o sujeito por crime ambiental, mas ao se depararem com o tal panda, os policiais que atenderam a ocorrência puderam verificar que o bicho não passava de um filhote de cachorro, da raça chow chow.

Testemunhas deram conta de que o tal dono do animal o pintara de preto e branco, expondo o mesmo em praça pública em um calor de 40°C, em pleno verão europeu, para conseguir ganhar dinheiro com a exibição. Ainda de acordo com o relatado, ele possuiria também outros animais que não são de fauna, mas sim domésticos, mas que ele oferta para demonstrações como tal.

Ao jornal Metro, o oficial do ministério público russo Anton Lopatin, garantiu que as investigações do caso serão abertas e caso seja comprovado, o homem acusado que não teve o nome divulgado, poderá ser preso por até 10 anos por maus tratos a animais.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey