82 99641-3231

‘Vingadores: Ultimato’ se torna o filme com a maior bilheteria de todos os tempos

Imagem da internet

Eles conseguiram, Vingadores: Ultimato bateu todos os recordes e se tornou o filme com maior bilheteria de todos os tempos no mundo inteiro. Com isso, Ultimato é oficialmente a maior bilheteria da história do cinema, com US$2.789 bilhões (10,43 bilhões de reais). Anteriormente, Avatar segurava o topo com US$2.788 bilhões. A informação é da revista Variety.

Para isso, o longa da Marvel estrelado por Chris Evans, Robert Downey Jr. e Brie Larson, entre dezenas de outros, bateu Avatar, que desde 2009 ocupava a primeira posição da lista com 10,42 bilhões de reais (2,787 bilhões de dólares).

O filme já tinha dado indícios de que ia ser o maior blockbuster de todos já na pré-venda de ingressos, quando faturou R$ 475 milhões (US$ 120 milhões) e, no Brasil, uma semana antes do longa chegar aos cinemas mais de 900 sessões já estavam esgotadas. Vingadores: Ultimato mostrou que não estava mesmo para brincadeiras quando quebrou, apenas no primeiro final de semana, a marca do bilhão de dólares, chegando R$ 4,3 bilhões (US$ 1,2 bilhão).

Com o primeiro posto, a Disney é agora dona de quatro dos maiores sucessos de bilheteria da história, já que está por trás de Avatar, o vice; Star Wars: o Despertar da Força, que vem na quarta posição com R$ 8,19 bilhões (US$ 2,068 bilhões), e Vingadores: Guerra Infinita, na quinta colocação com R$ 8,11 bilhões (US$ 2,048 bilhões). Apenas Titanic, o terceiro longa da lista, com R$ 8,66 bilhões (US$ 2,187 bilhões), é de outro estúdio.

Os outros dois filmes da franquia Vingadores estão no Top 10 da bilheteria mundial de todos os tempos: Vingadores, o primeiro longa, de 2012, está na sétima posição, com R$ 6 bilhões (US$ 1,5 bilhão)  e Vingadores: Era de Ultron, na nona – faturou R$ 5,5 milhões (US$ 1,4 bilhão).

A batalha das bilheterias, claro, vai continuar nos próximos anos. Para começar, a Marvel, que com Vingadores: Ultimato encerrou um ciclo de 22 filmes do MCU, tem oito novas atrações que serão exibidas até 2022 – detalhes ainda não foram revelados. Em outra franquia, Star Wars, sabe-se que Star Wars: A Ascensão Skywalker, tem estreia marcada para 19 de dezembro deste ano, e outros três filmes do universo criado por George Lucas têm previsão de lançamento em 2022, dezembro de 2024 e dezembro de 2026.

As sequências de Avatar também têm data: Avatar 2 chega em 17 de dezembro de 2021, Avatar 3 em  22 dezembro de 2023, Avatar 4 em 29 de dezembro de 2025 e Avatar 5 está agendado para 27 de dezembro de 2027.

“Parabéns imensamente às equipes da Marvel Studios e da Walt Disney Studios, e obrigado aos fãs de todo o mundo que elevaram Vingadores: Ultimato a essas alturas históricas”, disse Alan Horn, co-presidente da Disney e diretor de criação da empresa. “É claro que, mesmo com a passagem de uma década, o impacto do Avatar, de James Cameron, continua tão poderoso como sempre, e as realizações surpreendentes de ambos os filmes são provas contínuas do poder dos filmes para mover as pessoas e juntá-las em uma experiência compartilhada. Os cineastas talentosos por trás desses mundos têm muito mais a mostrar, e estamos ansiosos pelo futuro do Universo Cinematográfico Marvel e da Pandora”, ainda disse ele.

 

 

Fonte: Antena Critica


Portugal se mobiliza para combater incêndio em região central

Bombeiros lutam contra incêndio no centro de Portugal — Foto: Reuters
Bombeiros lutam contra incêndio no centro de Portugal — Foto: Reuters

Mais de 1,3 mil bombeiros e 400 veículos atuam para combater um incêndio neste domingo (21) em uma região montanhosa do centro de Portugal.

O incêndio já deixou 20 feridos na região de Castelo Branco, incluindo oito bombeiros e doze civis, segundo relatório do Ministério do Interior. Um civil gravemente queimado foi levado de helicóptero para Lisboa.

“Apenas o incêndio em Vila de Rei continua ativo”, disse o ministro do Interior de Portugal, Eduardo Cabrita. É perto desta cidade que a maior parte do efetivo trabalha, com cerca de 800 bombeiros, 245 veículos e 13 helicópteros e aviões.

O incêndio em Vila de Rei se espalhou por cerca de 25 quilômetros.

Dois outros incêndios florestais declarados no sábado foram controlados durante a noite.

“A origem dos incêndios está sob investigação (…) há algo estranho, como cinco incêndios significativos começam em áreas tão próximas?”, questionou Cabrita, suspeitando de uma pista criminosa.

Nenhum vilarejo foi evacuado, mas a Defesa Civil indicou que pode tomar esta medida “sem qualquer hesitação em caso de agravamento da situação”.

No entanto, à noite, várias casas foram evacuadas por precaução. O Estado-Maior do Exército anunciou neste domingo que instalou uma cozinha de campanha em Vila de Rei, capaz de alimentar até 600 pessoas.

Poucas horas antes, o Exército anunciou o envio de 20 soldados e quatro veículos para “abrir caminhos e facilitar o acesso dos bombeiros”.

Alerta máximo

Cinco regiões no centro e do sul de Portugal estão em alerta máximo para incêndio devido à seca e ventos. Mas as temperaturas permanecem abaixo de 41 graus na região de Castelo Branco, um limiar que desencadeia o alerta vermelho de onda de calor.

Bombeiros lutam contra incêndio no centro de Portugal — Foto: Reuters
Bombeiros lutam contra incêndio no centro de Portugal — Foto: Reuters

Os incêndios florestais, alimentados pelos ventos fortes, começaram no sábado à tarde em três frentes de difícil acesso na região de Castelo Branco. Estas regiões montanhosas e cobertas de florestas do centro de Portugal são regularmente vítimas de incêndios, incluindo os mais mortíferos da história do país. Em junho e outubro de 2017 um total de 114 pessoas morreram em dois grandes incêndios.

Região altamente afetada pelo êxodo rural, é habitada principalmente por pessoas idosas, cujos vilarejos se escondem nas florestas de eucalipto, uma espécie extremamente inflamável, mas muito procurada pela indústria do papel.

Apesar dos riscos, os habitantes locais plantam essas árvores que crescem muito rapidamente e representam para elas uma fonte de renda significativa.

Campos e pastagens são abandonados, as florestas não são mais cuidadas e a vegetação rasteira facilita o alastramento do fogo.

Traumatizado por esses desastres, o governo mobilizou meios significativos para impedir a recorrência de grandes incêndios.

No início de junho, o governo decidiu nacionalizar o sistema de comunicações de emergência (SIRESP), muito criticado por uma série de deficiências durante os incêndios mortais de 2017. Na ocasião, os bombeiros, pouco equipados com meios de transmissão, tiveram problemas para coordenar suas operações e bloquear as estradas a tempo de impedir que os motoristas ficassem presos nas chamas.

De acordo com um estudo do Sistema Europeu de Informações sobre Incêndios Florestais (EFFIS) publicado em maio, mais de 250 mil hectares foram queimados em toda a Europa entre janeiro e abril de 2019, um total que já ultrapassou os 181 mil queimados durante toda a temporada de incêndios de 2018.

Fonte: G1


Gabriel Medina dá show, vira no fim e é campeão da etapa de J-Bay

Gabriel Medina dá show, vira no fim, chega perto da nota máxima e é campeão da etapa de J-Bay
Foto: Divulgação/WSL

A final masculina da etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial de Surfe entrou para a história antes mesmo de começar. Com Gabriel Medina e Ítalo Ferreira decidindo o título sul-africano, era a primeira decisão 100% brasileira da história da etapa. E a coroa ficou com Gabriel Medina, seu primeiro título na África do Sul, com muito estilo. Medina anotou 19.50, de um máximo de 20 pontos, contra 16.77 e Ítalo para ficar com a taça.

Com os resultados da sexta de 11 etapas desta temporada, Filipe Toledo, que caiu na semifinal, ficou com a 2ª posição do ranking mundial, atrás apenas do americano Kolohe Andino, que também foi eliminado na semi. Ítalo Ferreira, apesar do vice, subiu da sexta à quarta posição. Medina, que era oitavo, agora é o sétimo. A próxima parada do Tour é nos tubos de Teahupoo, no Taiti, entre 21 de agosto e 1º de setembro – Medina é o atual vencedor.

É muito bom. É muito difícil ganhar esse campeonato. Eu não estava esperando essa vitória. Tudo isso começou depois da vitória sobre Ryan Callinan, que virei na última onda. Nada é impossível – disse Medina ainda dentro d’água.

A bateria começou forte. Logo de cara, Ítalo Ferreira chegou com o pé na porta, anotando um 9.10 na primeira onda da bateria. Medina demorou um pouco, mas respondeu a altura. Com uma sequência de manobras espetacular em uma onda muito grande, o atual campeão mundial conseguiu um 9.73 e encostou na disputa.

Na reta final, Ferreira conseguiu um 7.67 para colocar pressão no atual campeão mundial e Medina respondeu com outra onda espetacular. Com direito a um tubo sensacional para fechar a onda, Gabriel anotou um 9.77, somando 19.50 e ficando com o título.

Gabriel é o primeiro surfista goofy (que surfa com o pé direito na frente da prancha) campeão em Jeffreys Bay desde 1984, a primeira edição da etapa sul-africana na elite do surfe mundial.

Fonte: Globo Esporte


Incêndio criminoso no estúdio da Kyoto Animation deixa 33 mortos no Japão

Bombeiros trabalham para combater incêndio na Kyoto Animation, no oeste do Japão, quinta-feira (18) — Foto: Kyodo News via AP
Bombeiros trabalham para combater incêndio na Kyoto Animation, no oeste do Japão, quinta-feira (18) — Foto: Kyodo News via AP

Um incêndio criminoso em um estúdio de animação na cidade de Kyoto, no oeste do Japão, deixou 33 mortos nesta quinta-feira (18), informaram os bombeiros. Os trabalhos das equipes de resgate já foram encerrados.

Cerca de 70 pessoas estavam nos estúdios da Kyoto Animation por volta das 10h30 no horário local (22h30 em Brasília) quando um homem não identificado entrou no imóvel de três andares e jogou um líquido inflamável. Durante a ação, ele gritou: “Morram”.

Testemunhas disseram que as chamas se espalharam rapidamente e ainda não se sabe quantas pessoas conseguiram deixar imóvel ilesas.

O autor do ataque, de 41 anos, feriu-se na ação e foi levado sob custódia para um hospital. Ainda não se sabe o que teria motivado a sua ação e nem se ele teria algum vínculo com a empresa.

Bombeiros de Kyoto disseram que 37 pessoas foram levadas para vários hospitais, das quais dez em estado grave.

Cerca de 40 caminhões de bombeiros foram mobilizados para conter as chamas.

Tradicional estúdio

Fumaça sai do prédio de três andares da Kyoto Animation, no oeste do Japão, nesta quinta-feira (18) — Foto: Kyodo News via AP
Fumaça sai do prédio de três andares da Kyoto Animation, no oeste do Japão, nesta quinta-feira (18) — Foto: Kyodo News via AP

A Kyoto Animation, mais conhecida como KyoAni, tem cerca de 160 funcionários. Criada em 1981, o tradicional estúdio produz desenhos animados, cria personagens e concebe produtos derivados de suas séries inspiradas de mangás japoneses famosos. Entre suas produções estão “K-ON!”, “A Melancolia de Haruhi Suzumiya” e ” “Lucky Star”.

Embora a companhia não seja muito conhecida internacionalmente, ela foi responsável por um trabalho secundário de animação utilizado em “Pokemon” e “Winnie the Pooh”.

As redes sociais japonesas testemunharam muitas manifestações de solidariedade com o estúdio, e alguns usuários publicaram imagens de animações. Muitos usaram a hashtag “#PrayForKyoani”, uma referência à Kyoto Animation.

Baixos índices de violência

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, publicou uma mensagem no Twitter julgando a situação “amedrontadora demais para descrever com palavras”.

Os crimes violentos são relativamente raros no Japão, mas incidentes graves ocasionais chocaram o país.

Em 2016, 19 pessoas morreram esfaqueadas por um homem que invadiu uma clínica para pessoas com deficiência, em Sagamihara, de acordo com a Associated Press.

O pior caso de incêndio criminoso nos últimos tempos ocorreu, em 2001, em Kabukicho, distrito de Tóquio conhecido pelas casas de entretenimento adulto. Quarenta e quatro pessoas morreram.

Fonte: G1


Eclipse parcial da Lua é visto no Brasil e pelo mundo; Veja Fotos.

Céu limpo possibilita visualização com nitidez do eclipse lunar no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo
Céu limpo possibilita visualização com nitidez do eclipse lunar no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

O território brasileiro está dentro da faixa do planeta com visão do eclipse lunar parcial desta terça-feira (16). O fenômeno acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham nessa ordem e, assim, o planeta faz uma “sombra” na imagem do satélite natural.

A fase da umbra, quando a sombra da Terra começa a ser observada na Lua, tem início às 17h01 (horário de Brasília), e durou até por volta das 20h.

O eclipse lunar parcial é visto de Cabrobó (PE) na noite desta terça-feira (16) — Foto: Celso Tavares/G1
O eclipse lunar parcial é visto de Cabrobó (PE) na noite desta terça-feira (16) — Foto: Celso Tavares/G1

“O eclipse lunar, em geral, dura bastante tempo. Desta vez será em um horário bom, porque vai ser próximo do pôr do sol, e a Lua vai estar em uma posição relativamente alta no céu”, disse ao G1 Thiago Signorini Gonçalves, astrônomo da UFRJ e membro da Sociedade Astronômica Brasileira.

Eclipse em Manaus por volta de 18h30 — Foto: Patrick Marques/G1 AM
Eclipse em Manaus por volta de 18h30 — Foto: Patrick Marques/G1 AM
Eclipse em Manaus por volta de 18h15 — Foto: Patrick Marques/G1 AM
Eclipse em Manaus por volta de 18h15 — Foto: Patrick Marques/G1 AM
Lua durante o eclipse parcial de 16 de julho no céu de Brasília — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
Lua durante o eclipse parcial de 16 de julho no céu de Brasília — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
Céu limpo possibilita visualização com nitidez do eclipse lunar no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo
Céu limpo possibilita visualização com nitidez do eclipse lunar no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo
Eclipse é visto de Palhoça, na Grande Florianópolis. — Foto: Adriel Douglas/Arquivo pessoal
Eclipse é visto de Palhoça, na Grande Florianópolis. — Foto: Adriel Douglas/Arquivo pessoal
Eclipse lunar parcial visto no céu de Berlim — Foto: Fabrizio Bensch/Reuters
Eclipse lunar parcial visto no céu de Berlim — Foto: Fabrizio Bensch/Reuters
Eclipse pôde ser visto no céu da Inglaterra — Foto: Peter Cziborra/Reuters
Eclipse pôde ser visto no céu da Inglaterra — Foto: Peter Cziborra/Reuters

 

 

 

Fonte: G1 Globo


Eclipse parcial da Lua poderá ser visto em todo o Brasil; veja os horários

Montagem com seis fotos mostra a evolução do eclipse parcial ao total com Lua de Sangue de 2018 — Foto: Vyacheslav Oseledko/AFP
Montagem com seis fotos mostra a evolução do eclipse parcial ao total com Lua de Sangue de 2018 — Foto: Vyacheslav Oseledko/AFP

Na noite desta terça-feira (16), quando o mundo celebra exatos 50 anos desde que a missão Apollo 11 decolou da Terra rumo à Lua, o Brasil poderá ver um eclipse lunar parcial. O fenômeno ocorre quando Sol, Terra e Lua se alinham, e nosso planeta faz sombra sobre o satélite.

O eclipse poderá ser visto a partir das 17h01 (horário de Brasília) e, no total, terá duração de mais de cinco horas, parecido com o que ocorreu em janeiro deste ano.

“O eclipse lunar, em geral, dura bastante tempo. Desta vez será em um horário bom, porque vai ser próximo do pôr do Sol e a Lua vai estar em uma posição relativamente alta no céu”, disse Thiago Signorini Gonçalves, astrônomo da UFRJ e membro da Sociedade Astronômica Brasileira.

Programe-se (horários de Brasília):

A duração da fase de umbra (quando a sombra da Terra começa a ser observada na Lua) será de duas horas e 51 minutos. Já considerando todo o período do eclipse, incluindo a fase de penumbra (quando a sombra da Terra sobre a Lua ainda é vista de forma borrada), a duração total do fenômeno chega a cinco horas e 33 minutos.

  • 15h43: início da fase de penumbra

  • 17h01: início da fase da umbra

  • 19h52: fim da fase da umbra

  • 21h17: fim da fase da penumbra

Eclipse lunar total será visto em toda a América — Foto: Juliane Souza/G1
Eclipse lunar total será visto em toda a América — Foto: Juliane Souza/G1

 

 

 

 

Fonte: G1


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey