Palmeira dos Índios
30 ºC Céu Limpo

Redes Sociais

Palmeira dos Índios | Céu Limpo
30 ºC

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Juiz concede prisão domiciliar a Ronaldinho Gaúcho no Paraguai

Ronaldinho Gaúcho de algemas para prestar depoimentos no Paraguai, em 7 de março — Foto: Jorge Saenz/AP

Um juiz do Paraguai concedeu nesta terça-feira (7) prisão domiciliar ao ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e ao irmão, Assis Moreira. Os dois respondem por entrarem no país com documentos paraguaios adulterados e estão detidos há mais de um mês (veja mais sobre a prisão de Ronaldinho mais adiante).

Os dois cumprirão a medida em um hotel no centro de Assunção e terão de pagar fiança de US$ 800 mil cada um — ou seja, quase R$ 4,2 milhões cada.
De acordo com o juiz Gustavo Amarilla, os responsáveis pelo hotel autorizaram que a prisão dos dois brasileiros fosse cumprida no local. O jornal paraguaio “ABC Color” informa que Ronaldinho e Assis vão ficar em quartos diferentes.

Ronaldinho e Assis estavam desde o dia 6 de março presos na Agrupación Especializada, quartel da Polícia Nacional do Paraguai transformado em cadeia de segurança máxima.

Prisão no Paraguai

Ronaldinho e Assis estão detidos desde 6 de março, após entrarem no Paraguai com documentos paraguaios adulterados. Outras três pessoas foram presas, inclusive o empresário brasileiro Wilmondes Sousa, acusado de fornecer os passaportes aos irmãos.

De acordo com o promotor paraguaio Federico Delfino, existia um processo de naturalização no Paraguai aberto para Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis Moreira. Segundo ele, o procedimento corria à revelia dos dois brasileiros.

Ainda segundo Delfino, o esquema também envolve um funcionário público paraguaio, que teria apresentado uma série de documentos à Direção de Migração do Paraguai para naturalizar os dois irmãos.

Ao envolver órgãos oficiais paraguaios, o caso se ampliou no país. Em 5 de março, o diretor geral da Direção de Migrações, Alexis Penayo, pediu demissão do cargo e criticou o Ministério do Interior pela demora na resolução do caso envolvendo Ronaldinho Gaúcho.


Mãe de Pep Guardiola morre após contrair coronavírus

Dona Dolors e Guardiola em foto de arquivo — Foto: EFE
Dona Dolors e Guardiola em foto de arquivo — Foto: EFE

Dolors Sala Carrió, mãe do técnico Pep Guardiola, é mais uma vítima do coronavírus, pandemia que matou milhares de pessoas pelo mundo. Ela tinha 82 anos. Além de Pep Guardiola, Dolors, casada com Valetí Guardiola, tinha mais duas filhas (Olga e Francesca) e um filho (Pere).

“A família Manchester City está arrasada ao relatar a morte de Dolors Sala Carrió, mãe de Pep, em Manresa, Barcelona, depois de contrair o coronavírus. Todo mundo associado ao clube envia sua mais sincera condolência neste momento mais angustiante para Pep, sua família e todos os seus amigos.”, diz o comunicado oficial do Manchester City, clube de Pep Guardiola.

Há cerca de duas semanas, Pep Guardiola doou um milhão de euros para a Fundação Àngel Soler Daniel, administrada pelo Collegi de Metges, em Barcelona, que luta contra o coronavírus.

A Espanha é um dos países mais atingidos pela pandemia do Covid-19, registrando mais de 135 mil casos e 13.055 mortes até o fim da manhã de segunda-feira.


Boris Johnson é transferido para UTI para tratamento de Covid-19

Covid-19: Boris Johnson hospitalizado por precaução
Boris Johnson é transferido para UTI para tratamento de Covid-19

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, foi transferido para a UTI do hospital St Thomas de Londres, por volta das 19 horas (15 horas em Brasília) desta segunda-feira (6), onde recebe tratamento para Covid-19.

Ele está consciente e não faz uso de respirador artificial. Segundo um comunicado de seu gabinete, ele teve uma piora em seu quadro nas últimas horas, e a equipe médica aconselhou sua transferência como precaução, para o caso de ele precisar do aparelho.

“O primeiro-ministro pediu ao secretário de Relações Exteriores Dominic Raab, que é o primeiro secretário de Estado, que o substitua sempre que necessário. O primeiro-ministro está recebendo excelente atendimento e agradece a todos os funcionários do NHS por seu trabalho e dedicação”, diz o documento.

Mais cedo, Johnson tinha dito em uma rede social que estava no hospital, sob conselho médico, para fazer testes de rotina, mas que estava bem disposto.

“Eu gostaria de agradecer a equipe brilhante do sistema de saúde pública por cuidar de mim e dos outros nesse período difícil. Vocês são o melhor do Reino Unido”, ele disse em uma rede social.

Ainda nesta segunda, o ministro da Habitação, Robert Jenrick, tinha afirmado que Johnson deveria voltar em breve a seu gabinete.

“Ele permanecerá no hospital enquanto precisar, mas ouvi dizer que ele está indo bem e estou ansioso para que ele volte ao gabinete o mais rápido possível”, disse Jenrick à rádio BBC.

“Esta não é uma internação de emergência e, portanto, certamente espero que ele volte ao número 10 em breve”, acrescentou, referindo-se ao número da residência oficial do primeiro-ministro na Downing Street.

O líder conservador, de 55 anos, anunciou em 27 de março que testou positivo para o coronavírus e que permaneceria sete dias em isolamento em sua residência em Downing Street.

Johnson continuou liderando reuniões por videoconferência mesmo depois do diagnóstico, e muitos consideraram que a falta de repouso fez com que na sexta-feira continuasse apresentando febre.

No domingo, seu médico decidiu enviá-lo ao hospital para novos exames como uma “medida de precaução”.


Katy Perry e Orlando Bloom revelam sexo do bebê

Katy Perry e Orlando Bloom revelam sexo do bebê

A cantora Katy Perry parece que resolveu dar uma animada em sua quarentena e fez um chá revelação apenas com o noivo, o ator Orlando Bloom. No entanto, foi às redes sociais pra dizer o que a gente estava esperando tanto: “é uma MENINA”! Na localização, Katy colocou: Girls Run The World (garotas mandam no mundo, em tradução livre, fazendo referência à uma música de Beyoncé).

A imagem foi postada na madrugada de sexta para sábado (dias 03 e 04.04) na conta da também apresentadora do reality musical “American Idol”, no Instagram. Junto da notícia, uma imagem do papai do ano todo feliz com a cara lambuzada de bolo. Parabéns ao casal! A cantora Katy Perry anunciou a gravidez no início de março, quando lançou o clipe de “Never Worn White”, quando aparece acariciando sua barriga.

“Que maravilha”, “parabéns” e “deixe-a florescer (fazendo menção ao sobrenome do papai, em inglês, bloom)”, diziam algumas das mensagens dos fãs. O estilista Jeremy Scott, da Moschino, falou: “não vejo a hora de vestir essa criança”.

VEM, NENÉM

Katy deve dar à luz seu primeiro bebê nos próximos meses, na temperatura mais quente do ano, o Verão (no hemisfério Norte), quando também lançará seu sexto álbum de estúdio (sucessor de “Witness”, de 2017). Orlando já é pai do pequeno Flynn, de 9 anos, de seu relacionamento com modelo Miranda Kerr (de 2010 a 2013).

Katy Perry e Orlando Bloom revelam sexo do bebê

Atleta alagoano busca ajuda para retornar da Espanha para o Brasil

Atleta alagoano busca ajuda para retornar da Espanha para o Brasil

O atleta alagoano Mateus Hiroshi, faixa marrom de jiu-jitsu da equipe ZR Team Alagoas, saiu de Maceió em janeiro para realizar o sonho de participar de campeonatos internacionais na Europa. Após competir em países como Portugal, Hungria e Inglaterra, Mateus seguiu para a cidade de Alicante, na Espanha, para encontrar a irmã e o sobrinho recém-nascido, e desde então vive o pesadelo de tentar retornar para Alagoas.

A saga do atleta alagoano em busca do retorno pra casa teve início com as diversas tentativas de contato com a companhia área responsável pelo trajeto de volta ao Brasil. Como a companhia cancelou os vôos, Mateus comprou passagem em outra empresa aérea, mas também foi informado que o vôo havia sido cancelado. Desde então, são horas diárias em ligações telefônicas buscando solucionar o problema com as empresas, mas, sem sucesso.

“Não há mais vôos disponíveis saindo de Alicante, onde estou agora, mas sigo tentando que as empresas me encaixem em vôos partindo de outras cidades, como Barcelona, que fica distante 500km daqui. Há um descaso muito grande da companhia aérea com o consumidor, pois eles não querem saber qual a nossa realidade, se estamos precisando de alguma coisa ou passando algum tipo de necessidade”, explicou Mateus Hiroshi, que tem 27 anos e é engenheiro ambiental.

Apreensivo e sem perspectiva de voltar a Maceió, Mateus chegou a fazer contato com o Itamaraty, que sugeriu, como solução do problema, que o alagoano comprasse uma outra passagem em outra companhia aérea. “Cheguei até a cogitar a possibilidade mas o valor equivalia a quase cinco vezes o que eu paguei pela minha primeira passagem. Eu viajei com uma quantia para ficar dois meses e não tenho como arcar mais com essa despesa, visto que já paguei por duas passagens tentando voltar pra casa”, evidenciou.

Apoio de órgãos alagoanos

No início da semana, o atleta alagoano buscou o Ministério Público Estadual em busca de algum apoio e foi direcionado para a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, momento em que o promotor Max Martins solicitou toda a documentação e, posteriormente, o colocou em contato com a Defensoria Pública Estadual. A Defensoria oficiou a empresa aérea acerca do problema e também comunicou oficialmente à ANAC e à Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor, para que os órgãos tomem as devidas providências, mas, até o momento, não houve nenhum retorno.

“Às vezes bate um desespero porque estou me sentindo lesado como consumidor e como cidadão brasileiro. Eu só quero voltar pra minha casa e encarar esse momento difícil em minha cidade e perto das pessoas que eu amo. Sei que está complicado e é uma situação atípica, mas esse descaso com os brasileiros no exterior pode colocar muitas vidas em risco também”, desabafou.


Defesa Civil na Itália diz que confinamento será prorrogado até 2 de maio

Imagem de um prédio em Roma, na Itália, em 13 de março de 2020 — Foto: Yara Nardi/Reuters
Imagem de um prédio em Roma, na Itália, em 13 de março de 2020 — Foto: Yara Nardi/Reuters

O chefe da Defesa Civil italiana, Angelo Borrelli, disse nesta sexta-feira (3) que o confinamento será prorrogado, pelo menos, até 2 de maio. Ele reforçou a necessidade de um isolamento rigoroso.

“Infelizmente não acredito que essa situação tenha passado até 1º de maio, precisamos ser extremamente rigorosos”, disse Borrelli em entrevista à rádio pública RAI 1. Para ele, os italianos terão que ficar em casa “por muitas semanas” ainda.

A Itália vive, desde o dia 9 de março, um isolamento total que inclui a suspensão de aulas e de serviços não essenciais. Eventos foram cancelados, e até mesmo o transporte de mercadorias foi limitado. O fim do confinamento estava previsto para o dia 13 de abril.

Há quase um mês, toda a Itália vive um regime bastante restrito de confinamento, para evitar a propagação do novo coronavírus no país, que até esta sexta-feira é o que mais registrou mortes por Covid-19 em todo o mundo.

  • Todo o comércio, exceto farmácias e mercados, deve ficar fechado

  • Entregas de refeições em domicílio estão mantidas

  • Serviço de transporte continua em funcionamento

  • Bancos, correios e seguradoras continuam abertos

  • Fábricas podem funcionar, desde que garantam condições de segurança

A Itália teve 13.915 mortes associadas ao coronavírus; destas, 760 foram nas últimas 24 horas. O número de infectados pelo vírus Sars-Cov-2 no país é de 115.242, segundo o Ministério da Saúde.

Praça da Catedral de Milão, vazia, é lavada por um funcionário, em 31 de março de 2020 — Foto: Flavio Lo Scalzo/Reuters
Praça da Catedral de Milão, vazia, é lavada por um funcionário, em 31 de março de 2020 — Foto: Flavio Lo Scalzo/Reuters

Mudanças sociais

Durante a entrevista, Borelli observou que “o coronavírus mudará a abordagem em relação aos contatos humanos e interpessoais”.

“Teremos que manter distância por algum tempo” – Angelo Borrelli, chefe da Defesa Civil italiana.
Em relação à “fase dois” anunciada pelo primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte, que consistirá na abertura gradual das atividades, Borrelli especificou que isso só poderá ocorrer a partir de 16 de maio.

“Devemos aplicar medidas firmes e cautelares, porque a possibilidade de retorno do vírus não está excluída, como demonstram as novas medidas na China”, disse.

Volta gradual


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey