Nosso Whatsapp 82 99641-3231

Previsão é de inicío de semana chuvosa em Alagoas; confira

A previsão de tempo para esta segunda e terça-feira (10) ainda é de chuva, pelo menos para a região litorânea de Alagoas. As informações meteorológicas foram repassadas pela Secretaria de Estado, Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).

 

Confira a previsão completa para segunda (8):

Previsão do Tempo Temp. Mínima Temp. Máxima UR Mínima UR Máxima IUV Direção Vento Intensidade Vento Região em Destaque
Agreste

Instável
Tempo Instável com chuva, intercalado com momentos de tempo seco durante o período.
22º 30º 61 % 93 % Sudeste Fraco
Baixo do São Francisco

Instável
Tempo Instável com chuva, intercalado com momentos de tempo seco durante o período.
23º 29º 59 % 98 % Sudeste Fraco
Litoral

Chuvoso
Tempo Instável com chuva durante o período.
22º 29º 70 % 100 % Sudeste Fraco
Sertão

Instável
Tempo Instável com chuva, intercalado com momentos de tempo seco durante o período.
21º 31º 40 % 88 % Sudoeste Fraco
Sertão do São Francisco

Instável
Tempo Instável com chuva, intercalado com momentos de tempo seco durante o período.
23º 30º 60 % 91 % Sudeste Fraco
Zona da Mata

Instável
Tempo Instável com chuva, intercalado com momentos de tempo seco durante o período.
22º 29º 71 % 99 % Sudeste Fraco
Ações

Confira a previsão para esta terça-feira (9):

Previsão do Tempo Temp. Mínima Temp. Máxima UR Mínima UR Máxima IUV Direção Vento Intensidade Vento Região em Destaque
Agreste

Instável
Tempo instável com chuva durante o período
21º 30º 55 % 94 % Sudeste Fraco
Baixo do São Francisco

Instável
Tempo instável com chuva durante o período
23º 29º 60 % 96 % Sudeste Fraco
Litoral

Chuvoso
Tempo nublado com chuva durante o período
23º 29º 60 % 97 % Sudeste Fraco
Sertão

Instável
Tempo instável com chuvas passageiras durante o período
22º 31º 59 % 93 % Sudeste Fraco
Sertão do São Francisco

Instável
Tempo instável com chuvas passageiras durante o período
22º 31º 59 % 93 % Sudeste Fraco
Zona da Mata

Chuvoso
Tempo nublado com chuva durante o período
21º 29º 55 % 96 % Sudeste Fraco

Agricultor colhe macaxeira com quase 1,70 de comprimento

AlagoasWeb

Um fato inusitado aconteceu durante a colheita do senhor José Tenório dos Santos – mais conhecido como Zé Aristide – no município de Boca da Mata, na Zona da Mata de Alagoas. O agricultor colheu uma macaxeira que pesa quase 27 kg e quase 1,70 m de comprimento.

 

De acordo com o camponês, que tem um sítio Baião, localizado na zona rural da cidade, a macaxeira foi colhida na última sexta-feira (30). Ao se deparar com o tamanho da raiz, Zé Aristide resolveu registrar o momento.

 

Fotos do agricultor logo viralizaram nas redes sociais, o que fez Zé Aristide até a participar de um programa de TV.


Nove prefeituras de Alagoas encerram lixões na próxima semana

Após firmarem compromisso com o Ministério Público Estadual (MPE), nove prefeituras de Alagoas devem encerrar o funcionamento de lixões na próxima semana. Os lixões devem ser fechados na segunda e terça-feira, atendendo à Polícia Nacional de Resíduos Sólidos.

Na segunda, às 9h, será fechado lixão de Porto Real do Colégio. Já na terça, vão ser encerrados os lixões de Canapi, às 8h30; de Mata Grande, às 9h30; de Inhapi, às 10h30; de Pariconha, às 12h; de Água Branca, às 13h; de Delmiro Gouveia, às 15h; de Olho d’Água do Casado, às 16h30; e, por último, de Piranhas, às 17h.

Conforme o MPE, o compromisso de encerramento desse tipo de atividade, altamente poluidora, foi firmado em dezembro de 2017. Na oportunidade, 42 prefeitos assinaram um acordo de não persecução penal com o procurador-geral de justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto.

A negociação, segundo o Ministério Público, contou com o apoio da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), que entendeu o alerta feito para a necessidade do cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A legislação proíbe a existência de lixões desde 2014.


Defesa Civil alerta para chuvas passageiras

Por: Vanessa Santos

Devido à previsão de chuvas de intensidade moderada neste sábado,24, e no domingo,25, a secretaria Adjunta Especial de Defesa Civil já esta em alerta durante todo final de semana.

Em caso de ocorrências, a população pode entrar em contato com o corpo de Bombeiros (193), para que a defesa Civil seja acionada.

“A recomendação para as pessoas que moram em áreas de riscos e que se dirijam para locais mais seguros, caso a chuva seja muito intensa”.

O final de semana e possivelmente a segunda-feira em Alagoas serão de chuvas moderadas em todas as regiões, com pancadas mais intensas ao longo do dia.


Outono tem início nesta terça com previsão de tempo seco

Alagoas se despede da estação do verão e recebe o outono nesta terça-feira (20), a partir das 13h14, com a perspectiva de um cenário ainda com sol, porém com a tendência de diminuição das temperaturas a partir do mês de abril. A Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) estima um outono com chuvas dentro da normalidade em todas as regiões de Alagoas até o final da estação, que finaliza em 21 de junho.

O início do outono não tem grandes alterações climáticas em Alagoas, segundo informações do meteorologista da Sala de Alerta, Vinícius Pinho. “Nos primeiros 30 dias, os alagoanos poderão esperar o tempo bastante seco e altas temperaturas. Isso ocorre porque aqui no Nordeste as estações do outono e primavera não são bem definidas”, explica o meteorologista.

Período chuvoso

Alagoas começa a sentir uma mudança significativa no clima a partir da segunda quinzena de abril, quando o período chuvoso inicia. O vento começa a soprar de Sudeste trazendo ar mais úmido para o litoral alagoano e com isso as temperaturas tendem a cair.

O período chuvoso está inserido nas estações do outono e inverno. Nessa época ocorre a incidência das “ondas de leste”. O meteorologista esclarece ainda que esse fenômeno traz chuvas regulares, porém sem descartar a possibilidade de eventos extremos de chuva forte e concentrada até a primeira quinzena do mês de agosto, época em que encerra o período chuvoso em Alagoas.

Fonte: Semahr

Aves e jabutis resgatados em Alagoas são soltos no Sertão

Praticamente inexistente no seu habitat natural, o jabuti é uma das espécies mais ameaçadas de extinção na caatinga alagoana. Na manhã desta quinta-feira (15), 270 desses répteis foram devolvidos à Caatinga, no município de Belo Monte, pela Equipe de Fauna da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do São Francisco (FPI do São Francisco).

“Os jabutis ainda são muito comuns em cativeiros, mas a criação é proibida e pode gerar multa de R$ 5 mil por animal apreendido. A maioria devolvida hoje à natureza foi de entrega voluntária. É importante essa conscientização da comunidade”, explicou o coordenador da equipe de soltura, Lahert Lobo.

Além dos jabutis, cerca de 60 aves típicas do bioma também foram libertadas.

Galos de Campina estão entre os pássaros soltos nesta quinta

FOTO: JONATHAN LINS/ASCOM MPE

 

“As aves soltas hoje são conhecidas popularmente como Galo de Campina, Extravagante, Azulão, Cancão e Rolinha Fogo-Apagou. Após a soltura, realizamos visitas posteriores sempre que possível, para monitoramento e também fazemos a inspeção nas comunidades para saber se houve captura”, disse Lahert Lobo.

A princípio, segundo explicou o coordenador, os bichos soltos ainda terão comportamento de animais domesticados, mas ao conseguirem se reproduzir, as novas gerações serão silvestres, se mantendo longe do contato humano.

“Soltamos os animais em uma área com oferta de alimentos, próximo de pontos com água. Esse trabalho da FPI vem para contribuir com a reintrodução e diversificação das espécies nos seus biomas típicos”, concluiu.