82 99641-3231

Poeta Paulo Bomfim morre aos 93 anos em São Paulo

Paulo Bomfim, poeta e integrante da Academia Paulista de Letras — Foto: Reprodução
Paulo Bomfim, poeta e integrante da Academia Paulista de Letras — Foto: Reprodução

O poeta e integrante da Academia Paulista de Letras Paulo Bomfim, 93 anos, morreu neste domingo (7). Ele estava internado na Beneficência Portuguesa e, segundo a assessoria da Academia, morreu em decorrência de complicações após uma queda.

Segundo informações de sua biografia no site da Academia Paulista de Letras, Paulo Lébeis Bomfim nasceu em São Paulo e começou sua carreira jornalística em 1945 no Correio Paulistano. Logo depois foi para o Diário de São Paulo, a convite de Assis Chateaubriand.

O velório será realizado nesta segunda-feira (8), das 8h às 12h, no Palácio da Justiça, de onde sairá para o sepultamento no Cemitério da Consolação.

Seu livro de estreia foi “Antônio Triste”, publicado em 1947, com prefácio de Guilherme de Almeida e ilustrações de Tarsila do Amaral. Publicou a seguir “Transfiguração” (1951) e depois “Relógio de Sol”. Ele era integrante da Academia Paulista de Letras desde 1963.

Em 1981, foi eleito intelectual do ano pela União Brasileira de Escritores, conquistando o “Troféu Juca Pato”. Em 1991, recebeu o título de “Príncipe dos Poetas Brasileiros”, outorgado pela Revista Brasília e o prêmio “Obrigado São Paulo”, da TV Manchete.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), lamentou a morte de Paulo Bomfim e o chamou de “príncipe da poesia”. “Perdemos nosso grande poeta Paulo Bonfim, o príncipe da poesia, o amigo dos amigos. Descanse em paz, Paulo, e escreva seus poemas no céu”, disse Doria em sua conta no Twitter.

O ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) afirmou que “o Brasil perde um dos seus maiores poetas”.

“Ao longo de toda sua vida, foi reconhecido por seu talento e poesias. Eu e minha família perdemos um grande amigo, que herdamos de meus pais. Descanse em paz Poeta! O céu te espera para conhecer suas poesias”, disse em sua conta no Twitter.

Para o presidente da Academia Paulista de Letras e ex-secretário estadual da Educação de São Paulo José Renato Nalini, Bomfim deixa um legado “imenso”. “Não foi só poeta, ele foi historiador, foi um grande propagador das histórias lendárias de São Paulo. Era um grande patriota, memorialista, um congregador de amigos, porque ele só somava as pessoas”.

Fonte: G1 Globo

Cameron Boyce, astro de produções da Disney, morre aos 20 anos

Cameron Boyce em "Descendants", em 2015 — Foto: Divulgação
Cameron Boyce em “Descendants”, em 2015 — Foto: Divulgação

O ator americano Cameron Boyce, conhecido por papéis em filmes da Disney como “Descendentes” e pela série “Jessie”, morreu neste sábado (6) aos 20 anos, informou a emissora ABC.

“Ele morreu enquanto dormia devido a um ataque que foi o resultado de uma doença pela qual estava sendo tratado”, disse ao canal de TV um porta-voz da família do ator.

“O mundo está agora, sem dúvida, sem uma das suas luzes mais brilhantes, mas seu espírito viverá através da bondade e compaixão de todos os que o conheceram e amaram.”

Boyce, nascido em Los Angeles, estreou no cinema no filme de terror “Espelhos do medo” (2008), aos nove anos. Dois anos depois, apareceu na bem-sucedida comédia de Adam Sandler “Gente grande” (2010), antes de se tornar um astro do Disney Channel.

No canal, ele também trabalhou em produções como “Jake e os piratas da Terra do Nunca” e “Bunk’d”. Além disso, participou de videoclipes como o da música “That green gentleman”, da banda Panic! at the Disco.

Nos últimos anos, o ator se dedicou a atividades beneficentes e foi premiado por seu trabalho em uma fundação sem fins lucrativos que conseguiu arrecadar mais de US$ 30 mil para construir poços de água potável no Reino de eSwatini, ex-Suazilândia.

 

 

Fonte: G1


João Gilberto, pai da bossa nova, morre aos 88 anos

João Gilberto em show — Foto: Reprodução

João Gilberto morreu neste sábado (6) aos 88 anos. O músico, um dos criadores da bossa nova, morreu em casa, no Rio de Janeiro. Ele enfrentava problemas de saúde há alguns anos. A informação foi confirmada pelo seu filho, João Marcelo Gilberto, que mora nos Estados Unidos.

Além de Marcelo, ele deixa outros dois filhos, Bebel e Luisa.

Recluso, João foi interditado judicialmente pela filha, Bebel Gilberto, no fim de 2017. A interdição motivou uma disputa familiar entre Bebel e João Marcelo, que são meio-irmãos.

Em nota divulgada na época, a advogada de Bebel disse que a intervenção foi motivada por problemas de saúde e complicações financeiras do cantor.

Pai da bossa nova

Capa de edição estrangeira de disco de João Gilberto — Foto: Reprodução / Internet
Capa de edição estrangeira de disco de João Gilberto — Foto: Reprodução / Internet

João Gilberto Prado Pereira de Oliveira concluiu em 1961 a trilogia de álbuns fundamentais que apresentaram a bossa nova ao mundo: “Chega de saudade” (1959), “O amor, o sorriso e a flor” (1960) e “João Gilberto” de 1961.

O álbum que marcou o início do gênero em 1959, “Chega de saudade”, traz a música de mesmo nome composta por Tom Jobim (1927-1994) e Vinicius de Moraes (1913-1980).

A canção havia sido apresentada em um LP em abril de 1958 por Elizeth Cardoso (1920-1990), mas a versão mais conhecida, com a voz de João, foi lançada em agosto do mesmo ano.

João Gilberto nasceu em Juazeiro, na Bahia, em 10 de junho de 1931. O governo do estado declarou três dias de luto pela morte.

Depois de alguns anos morando em Aracaju (SE), onde passou a tocar na banda escolar, voltou à sua cidade-natal e, aos 14 anos, ganhou o primeiro violão do pai.

Depois da consagração, lançou criações próprias e seguiu com shows e discos que se tornaram obras de arte, como é o caso de “Amoroso”, álbum gravado nos Estados Unidos entre 1976 e 1977 sob o selo Warner Music.

O álbum foi relançado no Brasil em formato longo durante os festejos dos 60 anos da Bossa Nova. O álbum celebra o encontro harmonioso do artista brasileiro com o maestro alemão Claus Ogerman (1930 – 2016).

A produção de João foi objeto de uma disputa judicial em 2018. A defesa do cantor pedia uma revisão no valor de uma indenização da gravadora EMI Records, hoje controlada pela Universal Music. Em 2015, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) proibiu a empresa de vender os discos do artista sem seu consentimento. A Universal não comenta o caso.

João Gilberto em show — Foto: Reprodução
João Gilberto em show — Foto: Reprodução

Começo de carreira

Por volta dos 16 anos de idade, abandonou os estudos para se dedicar à música após se mudar para Salvador (BA). Anos depois vai para o Rio de Janeiro, ao ser convidado para fazer parte do grupo Garotos da Lua.

Ao deixar o grupo, chegou a gravar alguns singles, ainda antes de criar a batida característica da bossa nova, mas não conseguiu sucesso.

Depois de algum tempo dedicado ao estudo de harmonia na música, percebe que ao cantar mais baixo e manter a batida poderia adiantar ou atrasar o canto. Esse novo tempo criado foi o responsável por encantar o compositor Roberto Menescal, que o apresentou a pessoas como o produtor musical Ronaldo Bôscoli.

Tom Jobim viu neste novo estilo uma forma de modernizar o samba ao simplificar seu ritmo, e resolveu apresentar o João uma música que tinha escrito com Vinicius de Moraes mas que estava encostada, “Chega de Saudade”.

Bossa no exterior

João foi um dos representante da bossa nova fora do Brasil. Em 1962, foi um dos destaques de show patrocinado pelo governo brasileiro no Carnegie Hall, uma das principais arenas de Nova York, em uma tentativa de popularizar o gênero nos Estados Unidos.

Pouco depois, gravou o disco Getz/Gilberto com o saxofonista de jazz americano Stan Getz, que se tornou um dos grandes clássicos de sua carreira. O álbum se tornou um dos mais vendidos de 1964, com 2 milhões de cópias, e ganhou quatro prêmios Grammy, o maior da música mundial.

Com o sucesso, saiu em turnê pela Europa e fez apresentações pelos Estados Unidos e pelo México. Tanto que, mesmo com algumas passagens pelo país, voltou definitivamente ao Brasil apenas no final dos anos 1970.

 

Fonte: G1 Globo


Globo também vai transmitir a final do mundial feminino.

Caio estará ao lado de Clerber Machado, domingo, na final do mundial feminino na Globo

Assim como a Band, a Globo também resolveu transmitir a final do campeonato mundial feminino de futebol, domingo, a partir das 12 horas.

A narração será de Cleber Machado, com comentários de Ana Thais e Caio, além da participação da repórter Carol Barcelos, direto da França.

Diante da decisão de transmitir a final feminina, a Globo será obrigada a promover diversos ajustes na sua programação.

O “Esporte Espetacular” será levado ao ar a partir das 8h55 e a exibição do “Temperatura Máxima” foi cancelada.

 

 

Fonte: UOL


Daniela Mercury e Malu Verçosa se casam novamente, agora em Portugal.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Daniela Mercury e Malu Verçosa se casaram pela terceira vez. O casal trocou alianças na Ilha Do Faial Açores, em Portugal, e compartilharam os cliques da cerimônia nas redes sociais.

“As duas leoas se casaram (oficialmente) em Portugal… Na Ilha Azul dos Açores, entre flores”, disse cantora.

“Casamos oficialmente em Portugal! Ela não é mais solteira na Europa. Te amo”, declarou Malu.

Daniela e a mulher se casaram em 2013 no Brasil, em uma cerimônia no civil, mas antes já tinham trocado alianças na França, simbolicamente.

 

 

Fonte: UOL


Pato e Rebeca Abravanel se casam em segredo com cerimônia fechada

Resultado de imagem para pato e rebeca casamento
Pato e Rebeca Abravanel se casam em segredo com cerimônia fechada – Foto: Redes Sociais

O jogador de futebol Alexandre Paro e Rebeca Abravanel se casaram neste fim de semana na casa dos pais da apresentadora, Silvio Santos e Iris Abravanel, na zona sul de São Paulo. Segundo informações da revista ‘Quem’, o casamento aconteceu em segredo em uma cerimônia totalmente intimista com a presença de amigos e familiares.

O jogador e a apresentadora estão juntos desde o fim do ano passado e assumiram o relacionamento em uma viagem para Trancoso, na Bahia, onde passaram o réveillon juntos.

O casal já tinha realizado o casamento no Cartório de Registro Civial do 28 subdistrito de Jardim Paulista, em São Paulo, e tiveram o enlace divulgado na página oficial de uniões. O casal não planejou lua de mel devido a agenda de compromissos do jogador com o São Paulo Futebol Clube.

Fonte: Notícias ao Minuto


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey