82 99641-3231

Empresa é condenada a indenizar Giovanna Antonelli em R$ 20 mil

Giovanna Antonelli ganhou uma ação contra a empresa Kaiser Intermediações por uso indevido de seu nome e imagem em uma propaganda de remédio para emagrecer.

A decisão é da 1ª Vara Cível, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio e ainda cabe recurso.

A empresa foi condenada a indenizar a atriz em R$ 20 mil por danos morais, além do pagamento de indenização por danos materiais, referente ao cachê que ela receberia se realmente fechasse um contrato vinculando sua imagem ao produto.

“Eles falsificavam notícias como se ela tivesse dando entrevista a respeito desse remédio, que ela desconhece e nunca tomou. Outras atrizes também tiveram essa imagem ligada ao produto. É importante que o público dela saiba que ela nunca fez uso dele”, disse a advogada da atriz, Mariana Zonenschein.

No site do produto, a empresa afirma que ele é um “poderoso detox que acelera o metabolismo, diminui o inchaço e a retenção dos líquidos do corpo, elimina as substâncias inflamatórias e faz emagrecer de forma rápida, saudável e definitiva”.

No processo, os advogados da atriz afirmam que desde o ano passado, a empresa utilizava o nome de Giovanna para divulgar o remédio em propaganda e jornais fictícios com matérias comerciais falsas, afirmando que ela teria ingerido o produto para perder peso após a gravidez.

Além da ação judicial, pelo fato de que o medicamento pode influenciar diretamente a saúde dos consumidores, Giovanna prestou queixa na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática do Rio de Janeiro, que instaurou um inquérito policial para apurar a autoria do caso.

“Não se pode associar nomes de pessoas que o público confia com remédios para emagrecer”, completou a advogada. A empresa não respondeu à ação do processo e foi decretada à revelia.


Danilo Gentili é condenado a indenizar Maria do Rosário por danos morais

 

O “humorista” tinha recorrido de uma decisão do TJ/RS, confirmada hoje, que o obriga a pagar indenização de R$50 mil à deputada Maria do Rosário (PT-RS) por conta de um vídeo em que aparece rasgando uma notificação extrajudicial enviada pela parlamentar e a esfregando nas partes íntimas

Nesta quinta-feira (12), a  9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) confirmou a condenação do apresentado Danilo Gentili por danos morais. Condenado no final do ano passado, Gentili recorreu e acabou sendo derrotado novamente. Ele foi obrigado a retirar de suas redes sociais um vídeo em que aparece ofendendo a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) e deverá pagar uma indenização de R$50 mil à parlamentar.

A ação da deputada foi baseada em um vídeo divulgado pelo “humorista” no ano passado em que aparece rasgando uma notificação judicial enviada pela parlamentar e a esfregando nas partes íntimas. “Para a Maria do Rosário e para qualquer outro deputado de qualquer outro partido, eu pago o seu salário. Então eu decido se você cala ou não a boca, nunca o contrário”, afirmou Gentili à época. A notificação em questão solicitava que o apresentador retirasse do ar ofensas machistas proferida contra a deputada gaúcha.

Em nota, Maria do Rosário comemorou a decisão da Justiça. “Essa decisão fortalece nossa atuação diária para que nenhuma pessoa seja ferida em sua dignidade. É um resultado pedagógico que contribui para desenvolver atitudes de respeito, principalmente para com as mulheres. Assim como em outros processos em que derrotamos atos machistas e misóginos, compartilho essa vitória com todas as mulheres. Todas merecem respeito! Ninguém deve poder nos agredir ou dizer que uma mulher deve se calar”.


Anitta consegue na Justiça desbloqueio de R$ 2,8 milhões

O desembargador Adolpho Andrade Mello, da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, suspendeu o bloqueio de R$ 2,8 milhões de Anitta como parte do processo movido por sua ex-empresária Kamilla Fialho desde 2014. Cabe recurso da decisão por parte da empresária.

O bloqueio havia sido determinado pela magistrada Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no dia 4 de junho.

A quantia corresponde à diferença da multa contratual cobrada pela empresária da K2L e o que Anitta alega ser seu crédito. No dia 12 de junho, Mello já havia suspendido liminarmente (decisão provisória) o bloqueio, o que foi confirmado no último dia 5 de julho.

Kamilla Fialho abriu processo por danos morais contra Anita e a acusa de não pagar a multa pelo rompimento de contrato e a cantora acusa a ex-empresária de desviar R$ 2,48 milhões, fato que ainda não foi comprovado.

Em julho de 2015, Anitta já tinha feito um depósito judicial de R$ 3 milhões, mas um segundo depósito deveria ter sido feito pela correção do valor, mas a cantora não o fez.

A defesa de Anitta chegou a mover uma ação de suspeição contra a juíza por não concordar com a decisão, mas os desembargadores responsáveis por julgar a ação entenderam que os atos julgados por Castro são válidos.

Anitta rompeu com a empresária em 2014 para assumir o comando de sua carreira. Na época, ela afirmou que adquiriu o conhecimento para gerenciar a carreira e sentiu a necessidade de trabalhar sozinha por não encontrar alguém em quem pudesse confiar de “olhos fechados”.


Apoiador de Bolsonaro, Nego do Borel é acusado de hipocrisia e oportunismo em novo clipe

O clip de Me solta, lançado por Nego do Borel nessa segunda-feira (9/7) foi um dos assuntos mais comentados do dia. No vídeo, gravado na comunidade que carrega em seu nome artístico, o funkeiro carioca surpreendeu o público ao aparecer de salto alto, batom, bolsa e dar um beijo em um homem, o modelo Jonathan Dobal.

 

Se a ideia era promover a diversidade e fazer sucesso entre o público LGBT, o cantor falhou. A repercussão do lançamento tem sido bem negativa nas redes sociais, especialmente entre esse público, que acusa Nego do Borel de hipocrisia e oportunismo. Tudo porque o artista é visto como apoiador do deputado Jair Bolsonaro, com quem já apareceu em fotos e interagiu positivamente no Instagram.

 

Vários internautas, ligados ou não à causa LGBT, criticaram a atitude do cantor. “Eu passo seis horas fora da internet e o Nego do Borel, eleitor do Bolsonaro, resolve lançar clipe com beijo gay atrás do pink money é?”, escreveu o jornalista William de Lucca, um dos principais ativistas do movimento no Twitter. “Quero julgar ngm nao mas… o nego do borel demonstrou apoio ao Bolsonaro e dps ficou com medo, fez video beijando outro homem e teve um carro ‘roubado’! Eu não sei vcs mas tudo isso me parece ser fake pra tentar limpar a imagem dele”, escreveu outro usuário, lembrando do assalto que o dono do hit Você partiu meu coração sofreu domingo, recuperando sua BMW ontem.

 

Confira outras reações no Twitter:

 

No Instagram, a estrela postou um vídeo exclusivo da cena do beijo. Nos comentários, além da reprovação por tentar se aproveitar da causa gay, ele também foi atacado com comentários homofóbicos e também houve quem elogiasse.


Modelo fala de beijo em Nego do Borel no clipe ‘Me Solta’: ‘Acabou rolando’

Nego do Borel lançou nesta segunda-feira (09) seu novo clipe, “Me Solta”. O novo projeto foi gravado no Morro do Borel, comunidade carioca onde o funkeiro foi criado, e tem um beijo no modelo Jonathan Dobal na pele de Nega da Boreli, personagem feminina com a qual ele diverte os fãs, o namorado de Julia Schiavi – jovem que ganhou declaração de Nego ao completar 21 anos.

Em conversa com o Purepeople, Jonathan falou sobre a interação com o cantor. “O Lucas, diretor do clipe, tinha previsto isso (o beijo), mas eu e o Nego conversamos na hora e, lá, brincando, quisemos deixar fluir. O cara tenta seduzi-la e acabou rolando lá na hora, foi tudo técnico”, disse o engenheiro.

‘6 mil seguidores em menos de uma hora’, conta sobre redes sociais

De acordo com Jonathan, o impacto do clipe já foi sentido em suas redes sociais. “Tenho visto os números de seguidores em todas as redes sociais aumentarem, foi meio que gradativo.

Durante a semana já teve algumas notas falando sobre e vem crescendo. Depois do clipe, deve ter sido uns 6 mil seguidores em menos de uma hora”, afirmou o modelo. O clipe, acrescenta ele, não foi o primeiro contato entre os dois.

“Eu já tinha trabalhado com o Nego porque ele já tinha ido algumas vezes no programa, eu também já tinha passado um Natal na casa da Anitta com ele, então já tinha uma intimidade, já o conhecia, pelo menos isso”, contou, em tom divertido, mencionando a cantora considerada uma irmã por Nego, com quem ele assistiu à última partida do Brasil na Copa deste ano.

Cantor e mãe da namorada têm boa relação: ‘Só não dorme com a gente”

Com seu jeito descontraído, Nego do Borel revelou anteriormente ter uma boa relação com a mãe de Julia. “Tudo o que acontece a Julia fala para a mãe dela. São as duas juntas o tempo todo!”, disse o artista em recente participação no “Encontro”. “Então você namora uma dupla?”, quis saber Fátima, mantendo o tom divertido.

“A mãe dela está em tudo! Só não dorme com a gente”, disse Nego, mandando um recado para a namorada na sequência: “Quero aproveitar que estou aqui, ela está me assistindo, Julia, que é isso, você e sua mãe são demais, cara! Quando discuto, a gente discute, faço as pazes com a mãe dela. ‘Oh, tudo bem, tia, sabe o que aconteceu?’ e fica bem com ela”.


Maria Bethânia é internada em hospital no Rio de Janeiro

A cantora Maria Bethânia, de 72 anos, está internada no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, para tratamento de uma forte virose. A previsão de alta é amanhã (8).

A assessoria de imprensa da artista explicou que Bethânia, para se tratar, preferiu ficar no hospital e aproveitar para fazer um check up da saúde. “Ela passa bem”.

A cantora, que é irmã do cantor Caetano Veloso, está de férias e não precisou alterar a agenda.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey