82 99641-3231

Abertura da Copa do Mundo de 2018 acontece hoje na Rússia

A Copa do Mundo Rússia 2018 tem início hoje (14), às 12h (horário de Brasília), com o jogo entre as seleções do país anfitrião e da Arábia Saudita, no histórico Estádio Luzhniki, em Moscou, palco da Olimpíada de 1980, e que foi reformado para a competição da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Antes de a bola rolar, a festa oficial de abertura pretende mostrar um pouco da cultura russa para o mundo e para o público presente no estádio.

O árbitro principal da partida é o argentino Néstor Pitana, de 42 anos. Ele terá como auxiliares os também argentinos Hernán Maidana e Juan Pablo Bellati. Pitana participou da Copa de 2014, no Brasil, apitando quatro jogos, um deles das quartas-de-final, quando a Alemanha venceu a França por 1 x 0 no Maracanã, no Rio de Janeiro.

A seleção russa que entrará em campo nesta quinta-feira poderá ter na lateral-direita um brasileiro naturalizado russo: Mário Fernandes. O atleta foi revelado pelo Grêmio e atualmente integra o CSKA de Moscou, onde chegou em 2012. Mário faz parte da seleção da Rússia desde o ano passado.

Anton e Alexei Miranchuk são os gêmeos destaques do time russo. Os dois jogam no meio de campo e são estreantes em Copa. O time mais provável que deverá entrar em campo é formado por Akinfeev, Mário Fernandes, Granat, Ignashevich e Kudryashov, na defesa; Zobnin, Golovin, Zhirkov e Samedov, no meio de campo; e Miranchuk; Smolov, no ataque.

A Arábia Saudita disputa a sua quinta Copa do Mundo. Anteriormente, ela já havia participado das copas de 1994, 1998, 2002 e 2006. A equipe saudita conseguiu a classificação para a Rússia, disputando as eliminatórias asiáticas na mesma chave de Austrália e Japão. Apesar de não ser a favorita, superou a Austrália no saldo de gols. Os australianos também se classificaram, mas na fase de repescagem.

O melhor resultado da Arábia Saudita foi na Copa de 1994, nos Estados Unidos, chegou até as oitavas-de-final. Atualmente, o treinador é o argentino naturalizado espanhol Juan Antonio Pizzi. Osama Hawsawi, zagueiro de 34 anos, é o destaque. Pizzi deve colocar em campo hoje os seguintes jogadores: Al-Mosailem, Al-Shahrani, Omar Hawsari, Osama Hawsari, Al-Harbi, Otayf, Al-Jassam, Al-Shehri, Al-Muwallad, Al-Dawsari e Al-Sahlawi. Rússia e Arábia Saudita nunca se enfrentaram em uma Copa do Mundo.


Cerimônia de abertura da Copa será reduzida e discreta

Poucos líderes estrangeiros no espaço das autoridades e a tradicional cerimônia de abertura reduzida: o início da Copa do Mundo da Rússia, nesta quinta-feira, em Moscou, será discreto, em contraste com as edições anteriores.

As várias crises entre a Rússia e o Ocidente e o pouco apelo esportivo do jogo de abertura – entre a Rússia (70ª no ranking da FIFA) e Arábia Saudita (67º)- pesaram para que se optasse pela simplicidade e modéstia.

De acordo com o prefeito da capital russa, Sergei Sobyanin, uma dúzia de líderes estrangeiros estará ao lado do presidente russo Vladimir Putin e do presidente da FIFA, Gianni Infantino, no estádio de Moscou.

Entre eles, muitos líderes de ex-repúblicas soviéticas, como os presidentes do Cazaquistão (Nursultan Nazarbayev), Quirguistão (Sooronbay Jeenbekov) e Azerbaijão (Ilham Aliyev), ou o novo primeiro-ministro armênio (Nikol Pachinian), que chegou ao poder no mês passado. O primeiro-ministro libanês Saad Hariri e o presidente ruandês Paul Kagame também estarão presentes.

Mais significativa será a presença, anunciada pelo Kremlin, do presidente da Assembleia Popular Suprema da Coreia do Norte, Kim Yong Nam, dois dias depois da cúpula histórica em Singapura entre Donald Trump e Kim Jong Un.

Também se espera a presença na abertura da Copa o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed Bin Salman.

No gramado, o show pré-jogo terá um formato reduzido.

“A cerimônia de abertura terá um formato ligeiramente diferente das edições anteriores. Este ano, a cerimônia será organizada em torno de performances musicais e será mais perto do início do jogo, apenas meia hora antes”, indicou a FIFA em comunicado.

Robbie Williams e show de ópera

Um show de não mais do que 30 minutos está programado com o astro pop britânico Robbie Williams, junto com a soprano russa Aida Garifullina, apresentada como “uma das jovens vozes mais aclamadas da Rússia”.

“Eu fiz muitas coisas na minha carreira e estar na abertura da Copa do Mundo diante de 80.000 torcedores no estádio e milhões em todo o mundo é um sonho de infância que se torna uma realidade”, declarou em um comunicado Robbie Williams, cantor de hits como “Angels”, “She’s the One” e “It’s Only Us”, prometendo “um show inesquecível”.

O ex-campeão brasileiro Ronaldo também fará parte do programa para o primeiro jogo.

A FIFA não fez nenhum anúncio sobre a presença de Will Smith, autor, ao lado do porto-riquenho Nicky Jam e da cantora albanesa Era Istrefi, do hino oficial da Copa do Mundo, “Live it up”.

“Ao mesmo tempo, a ação vai se estender fora do estádio, envolvendo a cidade e a área em torno do local”, disse Felix Mikhailov, diretor artístico do sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo em 2015 e da cerimônia da Copa das Confederações em 2017.

A abertura não oficial acontece nesta quarta-feira na forma de um concerto na emblemática Praça Vermelha, com grandes vozes de música clássica e ópera.

Vários milhares de espectadores são esperados para este espetáculo, cujo preço começa em 60 euros.


Copa de 2026 será nos EUA, México e Canadá

A Copa do Mundo de 2026, a primeira com 48 seleções, será disputada na América do Norte, com jogos nos Estados Unidos, no Canadá e no México. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, em Moscou, durante o Congresso da Fifa.

A candidatura liderada pelos EUA teve 134 votos, inclusive o do Brasil, contra 65 votos do Marrocos, que foi derrotada em sua quinta tentativa de organizar a Copa do Mundo. Uma confederação votou para nenhuma candidatura, e ainda houve três abstenções.

Oito países não puderam votar: Guam, Porto Rico e as Ilhas Virgens americanas, mais os 4 candidatos (Marrocos, EUA, Canadá e México), assim como Gana, que não veio ao Congresso (presidente da Federação preso e sob intervenção do Governo).

A edição de 2026 vai marcar o início de um novo modelo de Copa do Mundo – com mais participantes, mais jogos, mais estádios e mais países organizadores. Em vez dos atuais 32 times divididos em oito grupos de quatro, o Mundial terá 48 participantes, divididos em 16 grupos de três.

Os dois primeiros de cada chave avançam aos mata-matas, que terá uma fase a mais do que hoje. O novo formato da Copa do Mundo vai obrigar a Fifa a redesenhar as Eliminatórias, já que todas as confederações terão mais vagas do que têm hoje.

A Copa do Mundo da América do Norte será majoritariamente disputada nos EUA. Das 80 partidas do torneio, 60 serão nos EUA, inclusive a final. As demais 20 serão divididas igualmente entre Canadá e México. Será a segunda Copa dos EUA, que já organiziou o torneio em 1994, e a terceira do México, que abrigou a Copa em 1970 e 1986.

Esta foi a primeira vez em décadas que a escolha da sede da Copa do Mundo se deu numa votação aberta, com a participação de todas as associações nacionais de futebol. As sedes dos Mundiais de 1990 a 2022 foram escolhidos pelo 24 integrantes do Comitê Executivo da Fifa (hoje rebatizado de Conselho da Fifa).

A última delas, que resultou na vitória de Rússia (2018) e Qatar (2022) foi marcada por denúncias de corrupção e compra de votos. A eleição desta quarta-feira teve os votos de cada país tornado público imediatamente num telão no centro de convenções onde ocorreu o Congresso da Fifa.

Para convencer os eleitores, a candidatura da América do Norte prometeu lucro recorde para a Fifa e para as associações nacionais. Numa apresentação de 15 minutos para a plateia do Congresso da Fifa, o presidente da federação americana de futebol, Carlos Cordeiro, prometeu uma arrecadação de US$ 15 bilhões, com lucro de US$ 11 bilhões. Como comparação, a Copa do Mundo de 2014 teve faturamento de US$ 4,8 bilhões.

A disputa pelos votos foi marcada pela sombra do presidente americano, Donald Trump. Os marroquinos usaram a postura agressiva do presidente americano para convencer eleitores. O próprio Trump se envolveu pessoalmente na campanha americana. Ele escreveu cartas ao presidente da Fifa, Gianni Infantino, na qual prometeu conceder vistos “sem precoceitos” para atletas, dirigentes e fãs de todos os países que disputarem a Copa.

A Copa do Mundo de 2022 será disputada no Catar. Para 2030, só há uma candidatura oficialmente lançada – por Argentina, Paraguai e Uruguai. É provável que China e Inglaterra também se lancem. Não há data prevista para a Fifa tomar essa decisão.


Aberto ao público, treino da Seleção em Sochi tem invasão, ovada e Fred em campo

A seleção brasileira fez na manhã desta terça-feira (madrugada no Brasil) sua primeira atividade em Sochi. Aberto ao público, o treino no estádio vizinho à concentração foi marcado por um trabalho à parte do volante Fred em campo, ovada nos aniversariantes e uma invasão rapidamente contida.

Quem conseguiu pular para o campo foi um dos muitos garotos que estavam presentes na arquibancada. Cerca de quatro mil ingressos foram distribuídos a escolas públicas da cidade, o que fez com que grande parte da plateia fosse formada por crianças e adolescentes.

Garoto invade treino do Brasil em Sochi e é retirado de campo (Foto: Tossiro Neto)Garoto invade treino do Brasil em Sochi e é retirado de campo (Foto: Tossiro Neto)

Garoto invade treino do Brasil em Sochi e é retirado de campo (Foto: Tossiro Neto)

Os jogadores faziam um trabalho próximo à beira do campo no momento em que o torcedor – descalço e com um celular à mão – se aproximou. Um segurança, porém, correu e o retirou de lá.

No último domingo, depois da vitória no amistoso contra a Áustria, em Viena, o técnico Tite já havia se mostrado confiante na recuperação do jogador. Na ocasião, disse também que “Renato (Augusto), se fosse jogo de Copa, teria ido para o banco”.

No fim da atividade, Philippe Coutinho, aniversariante do dia (26 anos), e o lateral-direito Fagner, que completou 29 anos na véspera, receberam ovada dos companheiros. Neymar até tentou fugir da brincadeira (veja no vídeo acima), mas não conseguiu escapar de Thiago Silva.


Cristiano Ronaldo rejeita proposta de R$ 111 milhões do Real Madrid, diz jornal

O futuro do craque Cristiano Ronaldo segue indefinido. De acordo com informações do jornal catalão “Mundo Deportivo”, o melhor jogador do mundo rejeitou a proposta de renovação de contrato feita pelo Real Madrid nos últimos dias.

O clube merengue oferece um salário de 25 milhões de euros (cerca de R$ 111 milhões) fixos mais bônus de 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 33 milhões) que dependem de metas. Cristiano quer 30 milhões de euros (cerca de R$ 133 milhões) fixos.

O jogador, atualmente, recebe 23 milhões de euros (cerca de R$ 102 milhões) por temporada, salário bem abaixo do que Neymar e Messi ganham respectivamente em PSG e Barcelona.

Sem se acertar com o Real Madrid, Cristiano busca alternativas. Uma delas é a saída do clube, mas o Real Madrid promete jogo duro. O clube merengue só aceita liberar Cristiano pelo valor da multa rescisória: 1 bilhão de euros (cerca de R$ 4,4 bilhões).

Juventus, Manchester United e PSG seriam os principais interessados no jogador, que tem contrato com o Real até 30 de junho de 2021.

Cristiano estreia na Copa do Mundo com a seleção portuguesa na sexta-feira, às 15h(horário de Brasília), contra a Espanha.


Alô, Rússia! Seleção brasileira chega a Sochi para disputar a Copa do Mundo

Teresópolis, Londres, Liverpool, Londres (novamente), Viena e, enfim, Sochi. A seleção brasileira já está na terra da Copa do Mundo.
Com quase uma hora de atraso, o voo que deixou Viena depois da vitória por 3 a 0 sobre a Áustria chegou à Rússia na noite deste domingo (às 2h34 do horário local – 20h34 de Brasília).
A delegação desembarcou ainda na pista, e, em seguida, os jogadores se reuniram para tirar a primeira foto em solo russo.
Uma hora após a aterrissagem, o ônibus oficial da Fifa chegou ao hotel em que o Brasil ficará hospedado pelas próximas semanas. “Temos na mente que somos o Brasil. Todos vão nos olhar com outros olhos.
Virão para dificultar nosso jogo. Temos que ser mentalmente fortes para jogar um Mundial disse Gabriel Jesus, logo após chegar a Sochi.A primeira atividade da seleção brasileira em território russo será aberta ao público.
Com a segunda-feira de folga para os jogadores, o treino está marcado para a manhã de terça-feira, quando os jogadores vão trabalhar no estádio público que fica ao lado da concentração em Sochi.
O estádio que receberá a atividade de terça-feira é um dos dois locais à disposição da equipe para treinos próximos ao resort onde atletas e membros da comissão técnica ficarão hospedados. Os ensaios táticos deverão ocorrer no campo ao lado.
O primeiro jogo no torneio, contra a Suíça, está marcado para o próximo domingo. A Seleção viaja na sexta-feira a Rostov, palco da partida.

 

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey