82 99641-3231

Médico da Seleção garante Neymar no treino de quarta

O médico da Seleção Brasileira , Rodrigo Lasmar, assegurou que Neymar terá condições de participar do treinamento da Seleção Brasileira, que será fechado para a imprensa, nesta quarta-feira. O jogador deixou a atividade desta terça mancando em Sochi . Segundo Lasmar, o atacante sentiu dores no tornozelo devido às faltas sofridas no jogo de estreia na Copa contra a Suíça e fará um trabalho de fisioterapia.

” Neymar se queixou de dores no tornozelo em decorrência do número de faltas sofridas contra a Suíça. Como o treino era regenerativo para os titulares, foi encaminhado para a fisioterapia. Fica lá hoje (terça) e amanhã (quarta-feira) de manhã, treinando amanhã à tarde”, afirmou o médico Rodrigo Lasmar em publicação no Twitter da CBF.

Nesta terça, Neymar exibiu reações durante o pouco período em que permaneceu em campo que levantaram preocupações sobre a sua condição física, algo que ocorre desde que ele operou o pé direito, em março. Após um aquecimento ao lado dos demais jogadores convocados por Tite para a Copa, o atacante passou a participar de uma roda de bobinho com um grupo reduzido de companheiros. Ele parecia sentir incômodo na região do pé praticamente a cada toque na bola, quase sempre pisando o solo na sequência. E, depois de um desses momentos, precisou abandonar o trabalho.

A cirurgia

Neymar passou por cirurgia no quinto metatarso do pé direito no em março, em Belo Horizonte, exatamente com Lasmar, após se lesionar quando estava em ação pelo PSG. O atacante retornou aos gramados nos amistosos preparatórios da seleção para a Copa do Mundo, no início de junho, e atuou pela primeira vez por 90 minutos na estreia do Brasil na competição, no último domingo, no empate por 1 a 1 com a Suíça, na Arena Rostov.

Naquela oportunidade, sofreu dez faltas e mancou em alguns momentos, ainda que não tenha recebido atendimento médico dentro de campo e nem sido substituído. E esse problema o afastou do primeiro treinamento da equipe após esse compromisso e seria a razão da saída da atividade desta terça, de acordo com a CBF. Mas a entidade assegura que ele estará em campo na quarta-feira e também no confronto com a Costa Rica, sexta-feira, pela segunda rodada do Grupo E da Copa, em São Petersburgo.


Diretor da FIFA vê erro em gol da Suíça contra Brasil

O diretor técnico da Fifa, Marco Van Basten, admitiu, na manhã desta terça (19), que o trio de arbitragem do jogo entre Brasil e Suíça, que terminou empatado em 1 a 1, errou ao validar o gol suíço.

“Tive várias discussões com pessoas dentro da Fifa sobre esse assunto nos últimos dias. Acho que precisamos aprender com esse caso”, disse ele em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.

Marco Van Basten é ex-atacante da seleção holandesa e foi contratado pela Fifa para avaliar a Copa do Mundo no aspecto técnico e tático. Ele integra o Grupo de Estudos Técnicos da entidade.

Ainda assim, Van Basten não acredita que o resultado do jogo mude e concordou com a carta enviada pela CBF a Fifa. “Não acho que o juiz deveria ter dado aquele gol. Essa é minha opinião pessoal”, concluiu.

A Fifa já sinalizou que deverá responder a carta, mas teme abrir um precedente ao entregar os áudios a seleção brasileira, o que eleverá a pressão sobre os demais árbitros da entidade.

O Brasil volta a campo agora contra a Costa Rica, na próxima sexta-feira (22), pela segunda rodada da Copa do Mundo, às 9h (horário de Brasília).


Alagoanas são convocadas para defender a seleção de futebol em amistosos

Dias após o encerramento da Copa Rainha Marta, duas jogadoras que já participaram da competição mostraram a força do futebol feminino. As atacantes Brenda e Geisy Pretinha foram chamadas pelo técnico da seleção Sub-20, Doriva Bueno, para ao amistosos contra os Estados Unidos, no final de junho e começo de julho.

O treinador anunciou a convocação das 21 atletas que ficarão concentradas na Granja Comary, em Teresópolis, Rio de Janeiro, de 21 e 26 de junho, para o período de treinamentos. Posteriormente, as atletas viajam para Portland, onde serão realizados os jogos.

Os confrontos acontecem nos dias 30 de junho, no Upper Field, Catlin Gabel School, às 13h30 (17h30 de Brasília), e dia 3 de julho, no Ronaldo Field, Nike World Headquarters, às 19h (23h de Brasília).

As partidas servem como preparação da Copa do Mundo da categoria Sub-20, que será disputada entre os dias 5 e 24 de agosto, na França. O Brasil tem estreia marcada para o primeiro dia de jogos, no Stade du Clos Gastel, em Dinan/Léhon, contra o México.

As alagoanas se destacaram atuando pelo União Desportiva de Alagoas, já foram convocadas para as seleções de base e ganharam o mundo do futebol. Brenda atua no Iranduba do Amazonas e deve jogar fora do país ainda este ano, enquanto Pretinha defende o Madri CF, time da primeira divisão da Espanha.

Confira a lista das convocadas:

Goleiras

Nicole – Santos

Jully – Associação Atletica Napoli SC

Laterais

Isabella Fernandes – Ponte Preta

Monalisa – Iranduba

Zagueiras

Luana – Ferroviária

Thais Regina – Sport

Tainara – Vitória

Ingryd – Flamengo

Volantes

Karla – Santos

Angelina – Santos

Ana Vitória – Corinthians

Juliana – Ferroviária

Meio-campo

Laura Spenazzatto – Iranduba

Kerolin – Ponte Preta

Victória – Minas Brasília

Katrine – Grêmio Audax

Ariadina – Sport

Atacantes

Valéria – Grêmio Audax

Brenda – Iranduba

Geyse – Madrid CFF

Miriã – Rio Preto


Colômbia sofre com expulsão no início e perde para o Japão

Colômbia entrava como favorita contra o Japão, que mal sabia quais seriam seus titulares dias antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia. Tudo o que se esperava para o jogo mudou, contudo, logo aos três minutos de partida, quando Carlos Sánchez bloqueou com o braço, dentro da área, um chute que tinha o rumo do gol.

Pênalti para o Japão e cartão vermelho para o defensor colombiano. Kagawa foi para a bola e abriu o placar para os japoneses.

A expulsão e a desvantagem numérica levaram a Colômbia a se lançar ao ataque, abrindo espaços para o ataque japonês, que perdeu duas chances de ampliar o placar ainda no primeiro tempo.

O ataque colombiano também pouco conseguia produzir, até Falcao Garcia cavar uma falta na entrada da área japonesa. Quintero, o substituto de James Rodríguez, bateu por baixo da barreira e empatou a partida no fim do primeiro tempo, dando ânimo aos colombianos.

Mas os japoneses voltaram melhor para o segundo tempo e, após pressão, ampliaram o marcador os 27 minutos da etapa final. Osako escorou cobrança de escanteio de cabeça para o fundo da rede de Ospina. O treinador José Pékerman ainda colocou James e Bacca em campo, mas a desvantagem numérica impediu qualquer chance de reação colombiana.


Rússia volta a campo e mais quatro times estreiam na Copa nesta terça

A terça-feira (19) fecha a primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo e marca a estreia da Colômbia, do Japão, da Polônia e do Senegal. O dia terá ainda a primeira partida da segunda rodada, com a anfitriã Rússia voltando a campo pelo grupo A.

Colômbia x Japão

Há quatro anos, a Colômbia foi uma das sensações da Copa do Mundo no Brasil. Comandada por James Rodriguez , a seleçãocaiu diante do Brasil, mas deixou boa impressão no mundo do futebol. Agora, na Rússia, volta à Copa buscando recuperação, após performances inconstantes na Copa América e nas eliminatórias. Na Copa de 2014, as duas seleções também estiveram no mesmo grupo, e a Colômbia venceu os japoneses por 4 x 1.

Do lado japonês, uma notícia de última hora pode tirar o foco dos jogadores na estreia: o terremoto que atingiu a cidade de Osaka, matando três pessoas e ferindo mais de 200. O técnico Akira Nishino se mostrou preocupado com o estado psicológico dos seus atletas. “Eu me preocupo com a condição mental e psicológica dos jogadores, porque tivemos alguns deles afetados [pelo terremoto], com famílias em Osaka”, disse, em entrevista coletiva ontem (18).

Polônia x Senegal

Outro jogo de hoje será entre a Polônia, de Lewandowski, e o Senegal, de Mané. O atacante polonês, do Bayern de Munique, é a grande estrela da seleção nacional. É nele que o país deposita as esperanças de avançar às oitavas de final no grupo mais indefinido de todos.

“Eu digo muitas vezes que Robert Lewandowski é um jogador muito importante, capitão e estrela, mas é uma estrela jogando para o time. Eu acredito que os demais jogadores também são importantes, na medida em que futebol é trabalho em equipe”, disse o técnico polonês Adam Nawalka.

A seleção africana também tem sua estrela. É Sadio Mané, atacante do Liverpool. Ele vem chamando muita atenção do mundo do futebol com boas atuações pelo time inglês. Foi com ele, ao lado do egípcio Salah e do brasileiro Firmino, que o time chegou à final da Liga dos Campeões, da União das Federações Europeias de Futebol (Uefa).

O Senegal volta a uma Copa do Mundo depois de 16 anos. É a segunda participação do país no torneio. Na primeira vez, o país foi a sensação do mundial, vencendo a então campeã França na partida de abertura e chegando às quartas de final. “Certamente, é um sonho de criança. Temos nos preparado bem, estamos trabalhando. E amanhã teremos que acordar [do sonho] para deixar o povo senegalês orgulhoso”, afirmou o meio-campista Cheikhou Kouyate.

Rússia x Egito

Existem expectativas sobre o jogo inaugural da segunda rodada do grupo A. Uma delas é saber se a Rússia vai manter a boa performance da partida de estreia, quando goleou a Arábia Saudita por 5 a 0. A segunda é se o astro egípcio Mohamed Salah estará em campo e em que condições. Salah não jogou contra o Uruguai por estar se recuperando de uma lesão no ombro.

Como perdeu para os uruguaios na primeira rodada, a equipe não pode pensar em outra coisa que não seja a vitória. “Estamos bem preparados, analisamos a performance do adversário e sabemos quão importante é esse jogo contra a Rússia porque queremos sempre vencer. Vamos ver o que o que acontecerá com a gente [durante o jogo] e qual será a melhor forma de buscar os três pontos”, disse o treinador do Egito, Héctor Cúper, em entrevista nessa segunda-feira (18).

A Rússia perdeu Dzagoev, lesionado durante a partida contra os sauditas. O treinador russo, Stanislav Cherchesov, se mostrou otimista com a manutenção do nível da equipe. “Quando um jogador de tamanha qualidade sai, a pergunta é quem e como substituí-lo. Nós trabalhamos para isso no primeiro jogo. É por isso que estou certo de que faremos o mesmo hoje”, afirmou.


Inglaterra x Tunísia: pela primeira rodada do Grupo G, nesta segunda-feira às 15h horário de Brasília

Com pouco prestígio e uma seleção renovada, a Inglaterra estreia na Copa do Mundo Rússia 2018 contra a Tunísia, pela primeira rodada do Grupo G, nesta segunda-feira, às 15h (horário de Brasília), na Volgogrado Arena. O EL PAÍS faz a cobertura ao vivo da partida, minuto a minuto.

Os ingleses, que não passam das quartas de final desde 1990, vêm de uma participação decepcionante no Mundial do Brasil, quando foram eliminados na primeira fase. Harry Kane, Raheem Sterling e Dele Alli são os destaques de uma nova seleção, que também aposta no inexperiente treinador Gareth Southgate. Do lado tunisiano, a expectativa é surpreender doze anos após sua última participação.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey