82 99641-3231

Brasil x Bélgica disputarão uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo 2018 a partida, que terá início às 15h

Nesta sexta-feira (6), Brasil e Bélgica disputarão uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo 2018.

A escalação da seleção brasileira para a partida, que terá início às 15h, já foi confirmada.

O lateral-esquerdo Marcelo estará de volta e Fernandinho irá substituir Casemiro, que está suspenso.

O time irá a campo com a seguinte escalação: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

Se vencer, o Brasil entra em campo no dia 10, também às 15h, em São Petersburgo, contra Uruguai ou França.


Suécia x Suíça e Colômbia x Inglaterra definem último confronto das quartas

Último confronto da próxima fase da Copa do Mundo será definido hoje. Quem segue na competição? Suécia ou Suíça, Colômbia ou Inglaterra? Suecos e suíços protagonizam o primeiro confronto, às 11h. Às 15h, ingleses e colombianos fecham as oitivas de final, com uma dúvida sobre a presença de James Rodriguez no duelo contra o craque Harry Kane.

11h: Suécia x Suíça

Depois de vencer o grupo onde estava a Alemanha, atual campeã do mundo, a Suécia enfrenta a Suíça, 6ª melhor equipe no ranking da Fifa e time que parou o Brasil logo na estreia. No jogo em São Petesburgo, os suíços não poderão contar com o capitão Lichtsteiner e o zagueiro Schär, suspensos.

15h: Colômbia x Inglaterra

Única campeã do mundo a brigar pela classificação no 20º dia da Copa, a Inglaterra entra em campo pressionada pelo favoritismo, sabendo dos perigos da Colômbia. Os colombianos tentam igualar a melhor colocação do país em uma Copa do Mundo, mas o craque James Rodríguez, machucado, dificilmente jogará. O ex-palmeirense Yerry Mina é a aposta para conter o jogo aéreo inglês.


Vaquejada entra novamente na pauta do STF; entenda

Mais um processo que pede o fim da prática das vaquejadas entrou na pauta e deve ser apreciada no Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília. A  Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4983 será discutida novamente no próximo dia 9/8.

A discussão sobre o assunto parecia estar encerrada após o Congresso conseguir aprovar a Lei 13. 364, que elevou a vaquejada, o rodeio e expressões artístico-culturais similares à condição de patrimônio cultural imaterial do Brasil.

Também passou pelo parlamento brasileiro uma proposta de emenda à Constituição (PEC 50/2016) que foi transformada em Emenda Constitucional 96/2017, promulgada em junho do ano passado pelo Congresso Nacional.

A emenda acrescentou um parágrafo ao artigo 225 da Constituição Federal, determinando que as práticas desportivas e manifestações culturais com animais não são consideradas cruéis.

A norma determinou ainda que a vaquejada seja registrada como “bem de natureza imaterial” e seja regulamentada por lei que garanta o bem-estar dos animais.

PGR se manifestou

Ocorre que em setembro do ano passado, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que o STF concedesse uma medida cautelar para suspender a lei, por considerar que ela constradiz a decisão anterior do próprio órgão.

Janot também solicitou que a invalidade da legislação vigente fosse levada ao plenário para julgamento. A pauta foi marcada para discussão apenas agora e tem como relator o ministro Marcos Aurélio.


Seleção Brasileira encara o México nesta segunda-feira, às 11h de Brasília

A Seleção Brasileira encara o México nesta segunda-feira, às 11h (de Brasília), na Arena Samara, em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Mundo.

Tentando evitar se juntar ao grupo de grandes seleções já eliminadas do torneio, o técnico Tite apostará na sequência de seus titulares para bater o surpreendente México, que na primeira fase venceu a Alemanha logo na estreia, por 1 a 0.

O Brasil não entrará em campo com mudanças em relação ao time que já vinha sendo utilizado na primeira fase do Mundial. A única mudança é a entrada de Filipe Luís como titular na lateral esquerda, já que Marcelo, após lesão sofrida na região lombar, ainda não tem condições físicas de atuar em alto nível por 90 minutos ou mais, caso o jogo se encaminhe para a prorrogação.

Fagner, que substituiu Danilo nas duas últimas partidas da Seleção Brasileira por conta da lesão que o jogador sofreu no quadril, continuará entre os 11 iniciais. As atuações seguras diante da Costa Rica e Sérvia acabaram convencendo Tite em deixar o jogador do Manchester City, mais acostumado a jogos de alto nível, na reserva. Quem realmente está descartado do confronto é Douglas Costa, ainda se recuperando de um incômodo na região posterior da coxa direita.

Thiago Silva, que será o capitão da Seleção Brasileira pela segunda vez nesta Copa do Mundo, comentou sobre a equipe do México e deixou o alerta ligado para que o time canarinho não repita as campanhas vexatórias de Alemanha, Argentina e Espanha.

“Acredito que agora você tem que errar o menos possível. Um erro pode custar a eliminação, todo o trabalho que vem sendo feito durante esses quatro anos. Então, toda a concentração é válida para que a gente não perca a concentração com outro tipo de situação. É um jogo difícil, o México, pelo o que apresentou na primeira fase, tem méritos para estar aqui, como nós também merecemos. Que a gente possa fazer o nosso melhor e merecer essa classificação”, disse o zagueiro.

O México, confiante apesar da derrota por 3 a 0 na última rodada da fase de grupos para a Suécia, não quer se limitar a apenas se defender. O técnico Juan Carlos Osorio assegurou que sua equipe irá agredir a Seleção Brasileira e tentará manter a posse de bola apesar da grande qualidade que haverá do outro lado do campo.

“Será uma grande oportunidade para o futebol mexicano enfrentar nas oitavas de final a melhor equipe do mundo. Creio que se jogarmos o que sabemos, será uma grande partida de futebol”, afirmou Juan Carlos Osorio, parecendo não sentir o grande peso do jogo e a possibilidade de o México acabar fora da Copa do Mundo.

Satisfeito com o desempenho de sua equipe nos primeiros três jogos do Mundial, o técnico Osorio, apesar de ser conhecido por mudar constantemente sua equipe, não deve fazer grandes alterações em relação à formação usada anteriormente. Carlos Vela, Chicharito Hernández e Lozano são as grandes apostas do comandante para vencer Neymar e companhia.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X MÉXICO

Local: Arena Samara, em Samara (RUS)
Data: 2 de julho de 2017, segunda-feira
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Gianluca Rocchi (ITA)
Assistentes: Elenito Di Liberatore (ITA) e Mauro Tonolini (ITA)

BRASIL: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Willian, Paulinho, Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus
Técnico: Tite

MÉXICO: Ochoa; Álvarez, Salcedo, Rafa Márquez e Gallardo; Guardado, Herrera, Layún, Vela e Lozano; Chicharito
Técnico: Juan Carlos Osorio


Torcedores do Brasil e da Sérvia trocam socos e agressões após partida pela Copa do Mundo

vitória do Brasil sobre a Sérvia contou com cenas lamentáveis nas arquibancadas do Spartak Stadium, em Moscou. Um grupo de torcedores brasileiros e sérvios trocou socos ao fim do jogo, ocorrido nesta quarta-feira (27).

Uma testemunha informou que os sérvios provocaram os brasileiros durante todo o jogo e os atacaram enquanto comemoravam o triunfo de 2 a 0.

“Eles provocaram o tempo todo. No primeiro tempo, um sérvio mexeu com uma das meninas e depois ficou tirando fotos dela sem autorização.  No final do jogo, a gente estava comemorando e eles arrancaram a bandeira, provocaram e partiram para cima”, contou a dentista Rosane Santiago.

Os sérvios, que contaram o oposto. Um homem de aparentemente 30 anos disse que a provocação partiu dos brasileiros e eles só revidaram, mas sem apelar para violência. O homem sérvio ainda ressaltou que o pai dele foi agredido pelos brasileiros e está com o rosto machucado. Confira mais imagens na galeria acima.

Com a vitória, o Brasil avançou às oitavas de final e agora pega o México.


Brasil vence a Sérvia e pega o México nas oitavas da Copa

Os sérvios são grandes, mas não são dois. Por isso, vão voltar para a Sérvia enquanto o Brasil está nas oitavas de final da Copa da Rússia. Nesta quarta-feira, noite em Moscou, sessão da tarde por aí, a Seleção venceu por 2 a 0 e avançou. Agora, é o México, segunda-feira, em Samara.

A eliminação da Alemanha criou uma excitação ainda maior na torcida brasileira. Parecia que o fardo carregado desde 2014 havia sido tirado das costas de todos. Incluindo o time.

A Seleção entrou em campo leve, sem apressar o jogo e agindo com uma naturalidade que parecia a dos trabalhos recreativos sob o sol de Sochi.

Isso que os sérvios tinham tamanho assustador. A Fifa, no Estádio Spartak, colocou as tribunas de imprensa a menos de cinco metros do gramado. Quando os sérvios entraram em campo, rapaz, parecia um time de basquete calçando  chuteiras.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey