82 99641-3231

Globo também vai transmitir a final do mundial feminino.

Caio estará ao lado de Clerber Machado, domingo, na final do mundial feminino na Globo

Assim como a Band, a Globo também resolveu transmitir a final do campeonato mundial feminino de futebol, domingo, a partir das 12 horas.

A narração será de Cleber Machado, com comentários de Ana Thais e Caio, além da participação da repórter Carol Barcelos, direto da França.

Diante da decisão de transmitir a final feminina, a Globo será obrigada a promover diversos ajustes na sua programação.

O “Esporte Espetacular” será levado ao ar a partir das 8h55 e a exibição do “Temperatura Máxima” foi cancelada.

 

 

Fonte: UOL


Dirigente do CSA anuncia centroavante Alecsandro e mais dois reforços

O CSA anunciou a contratação de três reforços para sequência do Brasileiro. Fecharam com o clube o centroavante Alecsando (ex-Palmeiras, Vasco e São Bento), o zagueiro Alan Costa (ex-Coritiba) e o lateral-direito Euller (ex-Vitória). Em entrevista ao GloboEsporte.com, o dirigente Raimundo Tavares falou sobre as contratações.

– Amanhã chegam o Alecsandro, centroavante, e o Alan Costa, zagueiro. Além deles, a gente acertou também com o lateral-esquerdo Euller, que chega em Maceió no próximo domingo. O Alan e o Euller chegam com indicação do Argel, e o Alecsandro é um jogador que já vínhamos negociando há algum tempo e agora tivemos a aprovação por parte do nosso treinador.

Alecsandro reforça o CSA no Brasileirão — Foto: Marcos Ribolli
Alecsandro reforça o CSA no Brasileirão — Foto: Marcos Ribolli

Alecsandro

Alecsandro tem 38 anos e já defendeu grandes clubes do futebol brasileiro como Cruzeiro, Internacional, Vasco, Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras. O atacante já atuou fora do país vestindo as camisas do Sporting-POR e Al Wahda-EMI. Antes de acertar com o CSA, estava disputando a Série B do Brasileiro pelo São Bento.

Alan Costa

O zagueiro Alan Costa tem 28 anos, é natural de Araraquara, interior de São Paulo, e começou a carreira na Ferroviária. Tem passagens por São Bento, Internacional, Vitória e Coritiba, onde foi comandado pelo técnico Argel Fucks.

Alan Costa estava no Coritiba antes de acertar com o CSA — Foto: Divulgação/Coritiba
Alan Costa estava no Coritiba antes de acertar com o CSA — Foto: Divulgação/Coritiba

Euller

Elosmar Euller, de 24 anos, iniciou nas categorias de base do Bahia, depois se transferiu para o Vitória, onde ficou até 2017, e foi atuar no Avispa Fukuoka-JAP. Trabalhou com o técnico Argel Fucks no rubro-negro baiano antes de acertar com a equipe japonesa. No ano passado, foi para o Al-Shabab, da Arábia Saudita.

Euller foi jogador de Argel Fucks no Vitória — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação
Euller foi jogador de Argel Fucks no Vitória — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Confira as fichas técnicas:

Alecsandro

> Nome: Alecsandro Barbosa Felisbino

Idade: 38 anos

Posição: Centroavante

Pé preferencial: Destro

Último clube: São Bento

Alan Costa

> Nome: Alan Henrique Costa

Idade: 28 anos

Posição: Zagueiro

Pé preferencial: Destro

Último clube: Coritiba

Euller

> Nome: Elosman Euller Silva Cavalcanti

Idade: 24 anos

Posição: Lateral-direito

Pé preferencial: Canhoto

Último clube: Al-Shabab-ARA


Peru vence Chile e enfrenta Brasil na final da Copa América

Jogadores do Peru comemoram na Arena do Grêmio
Jogadores do Peru comemoram na Arena do Grêmio (Foto: Vinícius Costa/BP Filmes)

O Peru será adversário do Brasil na final da Copa América. Em atuação de gala na noite desta quarta-feira, na Arena do Grêmio, a seleção treinada por Ricardo Gareca colocou o rival histórico Chile na roda, fez 3 a 0 com facilidade, gols de Flores, Yotún e Guerrero, e ainda tirou onda com lindas jogadas dos atacantes e grandes defesas do goleiro Gallese. Foi, talvez, a melhor atuação coletiva de uma equipe nesta Copa América. Nem de longe pareceu a equipe goleada por 5 a 0 pela Seleção de Tite há menos de duas semanas.

Brasil e Peru se enfrentam no próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Maracanã, na decisão da Copa América. Um dia antes, no sábado, o Chile tem encontro marcado com a Argentina na decisão do terceiro lugar, às 16h, na Arena Corinthians.

Paolo Guerrero, capitão e grande condutor da seleção peruana, fez o terceiro gol do passeio sobre o Chile e se isolou como maior artilheiro em atividade da Copa América – 13 gols, contra 12 do chileno Vargas.

O goleiro do Peru fez defesaças no segundo tempo e consolidou seu crescimento durante a Copa América, desde a goleada sofrida diante do Brasil. Mas, e a defesa de pênalti do Vargas com uma mão? Sem dúvida, o lance que fecha a atuação inesquecível de Pedro Gallese.

Primeiro tempo

Guerrero fez mais um na vitória peruana
Guerrero fez mais um na vitória peruana (Foto: Vinícius Costa/BP Filmes)

O Chile praticamente assistiu à seleção peruana jogar durante toda a primeira etapa. Os comandados de Ricardo Gareca levaram perigo logo no primeiro minuto, com um chute de Cueva após boa jogada de Guerrero. O centroavante do Peru, inclusive, foi o melhor em campo ao sair da área, abrir espaços e deixar os companheiros na cara do gol – Carrillo e Flores que o digam. O Chile não pôde se beneficiar de suas duas principais estrelas: Vidal foi muito bem marcado e acabou por jogar mais longe do gol, iniciando jogadas e sem levar perigo na chegada à área. Alexis Sánchez ficou apagado pelo lado esquerdo do campo e apareceu só numa triangulação que resultou em chute de Aránguiz. Muito melhor em campo, o Peru abriu 2 a 0 com naturalidade, nos gols de Flores e Yotún, este último numa falha coletiva da defesa e do goleiro Arias.

Segundo tempo

O Chile até melhorou e começou a pressionar o Peru em seu campo de defesa. Aí Gallese começou a aparecer – Sánchez, Isla, Aránguiz, Beausejour… Todos tentaram marcar e pararam na noite inspirada do camisa 1 peruano. No total, inclusive, foram 18 finalizações do Chile contra apenas oito do Peru, que passou a apostar em contra-ataques. No melhor deles, Carrillo puxou a marcação, lançou Cueva e viu Yotún perder um gol feito. No fim, não teve jeito: Guerrero recebeu lindo passe de Tapia e não tomou conhecimento do goleiro Arias para colocar ponto final no passeio peruano em Porto Alegre.


Brasil vence Argentina e volta à final da Copa América

Foto: Divulgação / CBF

A Seleção foi eficiente, segurou a Argentina e venceu por 2 a 0, pela semifinal da Copa América. Se existe jejum incômodo, ele não esteve em Belo Horizonte. Pelo menos não com Gabriel Jesus. O camisa 9 despachou sua seca em jogos oficiais pela Seleção, fez um gol e deu uma assistência. Os fantasmas e a seca ficaram com Messi e companhia. Que seguem sem ganhar pela seleção albiceleste desde 1993. O Brasil, por sua vez, vai ao Maracanã, no próximo domingo, para tentar sua nona Copa América e espera por Chile ou Peru.

O Brasil retorna ao Maracanã depois de seis anos. A última vez da Seleção no maior palco do futebol brasileiro foi na final da Copa das Confederações de 2013, contra a Espanha, também o último título da Seleção. A decisão é às 17h, contra Chile ou Peru, que decidem a vaga nesta quarta-feira, em Porto Alegre. O time brasileiro tenta seu nono título da Copa América e retorna à decisão do torneio após 12 anos. A Argentina, por sua vez, disputa o terceiro lugar no sábado, às 16h, na Arena Corinthians.

A última vez que ganhou a competição foi em 2007 – Foto: Divulgação

Foi um jogo equilibrado. Foi um jogo disputado, com 31 faltas, sete cartões amarelos e váris discussões em campo. Foi um jogo equilibrado. Mas a eficiência brasileira fez a diferença. A Argentina terminou a partida com 13 finalizações contra quatro da Seleção. Messi fez sua melhor partida na Copa América, mas esbarrou na defesa brasileira. Alisson também contou com a sorte e viu sua trave ser acertada duas vezes.

O Brasil, mesmo com 22 passes errados no jogo, contou com grande noite de Daniel Alves e Gabriel Jesus para construir sua vitória. O camisa 9 abriu o placar aos 18 do primeiro tempo, após ótima jogada do lateral. E foi o autor de uma monumental arrancada no lance do segundo gol, aos 25 do segundo tempo, ao dar o gol para Firmino. Scaloni arriscou. Terminou com Dybala, Di María, Agüero, Messi e Lautaro em campo. Mas não conseguiu passar pela melhor defesa do campeonato.

Foto: Divulgação / CBF

Ele precisava ganhar confiança. E como ganhou. Gabriel Jesus não marcava em um jogo por competição oficial pela Seleção há 724 minutos. Ou nove jogos, mais os 18 minutos da partida desta terça. A última vez havia sido na rodada final das eliminatórias, em 2017. Mas o camisa 9 não só despachou o jejum, como viveu grande noite. Fez linda jogada com uma arrancada do meio-campo no gol de Firmino. Mas deixou o campo com dores.

Messi teve sua melhor atuação na Copa América. Mas não foi suficiente. Foi quem mais finalizou em todo o jogo, quatro vezes. Colobou a bola na trave. Recebeu quatro faltas, infernizou a vida de Casemiro, mas vai se despede do torneio com apenas um gol. E ainda na seca, sem conquistar um título pela seleção principal da Argentina.

Fonte: Globo Esporte


Argel Fucks é o novo técnico do CSA

Argel Fucks vai comandar o CSA no Brasileiro — Foto: Albari Rosa/ Gazeta do Povo
Argel Fucks vai comandar o CSA no Brasileiro — Foto: Albari Rosa/ Gazeta do Povo

A diretoria do CSA definiu na madrugada desta terça a contratação do novo treinador. Argel Fucks, ex-Coritba, foi o nome escolhido.

O técnico, de 44 anos, deixou o clube paranaense em fevereiro e assume no lugar de Marcelo Cabo, que fechou seu ciclo com o CSA neste domingo

Argel já trabalhou no Inter, no Figueirense, no Vitória, e, de acordo com a diretoria azulina, se apresenta nesta terça à tarde.

– Sim, já chega para comandar o treino – informou Raimundo Tavares, chefe do departamento de futebol do CSA.

Nesta segunda, Lisca chegou a negociar com o clube, mas não houve um acerto financeiro e os diretores direcionaram as atenções para Argel.

O novo treinador vai ter 12 dias de trabalho até o retorno do Brasileirão. O CSA volta a jogar pela competição no dia 14 de julho, fora de casa, contra o Corinthians. Está em penúltimo lugar na classificação, com seis pontos.

Antes do Brasileiro, Argel também vai comandar o CSA no amistoso desta quarta contra o Sport, às 20h, no Rei Pelé.

Argélico Fucks tem 44 anos, nasceu em Santa Rosa – RS e seu último clube foi o Coritiba.

Fonte: Globo Esporte.


Brasil e Argentina decidem nesta terça vaga na final da Copa América

Tite voltou a ter todos os seus 23 convocados – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A seleção brasileira faz esta tarde o último treino antes de enfrentar a Argentina nesta terça-feira (2), às 21h30, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte. O técnico Tite marcou as atividades desta segunda (1º) para as 16h, na Cidade do Galo, o Centro de Treinamento do Clube Atlético Mineiro. A partida contra os argentinos vale uma vaga na final da Copa América.

O treino desta segunda-feira é importante para Tite definir a equipe que jogará a semifinal da competição. A volta do volante Casemiro ao time é praticamente certa. O jogador esteve ausente da partida contra o Paraguai, cumprindo suspensão por ter recebido o segundo cartão amarelo. Uma das funções de Casemiro em campo será a de marcar o atacante Messi. O jogador do Real Madrid conhece bem o craque argentino, dos jogos contra o Barcelona no campeonato espanhol.

Já Filipe Luís, que saiu do jogo contra o Paraguai sentindo dores na coxa direita, ainda se recupera. O lateral esquerdo trabalhou com bola no treino desse domingo (30), na Cidade do Galo, acompanhado pelo fisioterapeuta Caio Melo e pelo preparador físico Fábio Mahseredjian.

A última vez que ganhou a competição foi em 2007 – Foto: Divulgação

Filipe Luís fez uma série de atividades que simulavam situações de jogo com objetivo de avaliar o estado físico do atleta na área afetada pela lesão. De acordo com informações divulgadas no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o lateral esquerdo apresentou excelentes respostas em relação ao trabalho proposto. “Ele avançou no processo para estar à disposição do técnico Tite no jogo decisivo contra a Argentina”.

O volante Fernandinho, que se recupera de um entorse no joelho direito sofrido no jogo contra a Venezuela, esteve em campo na Cidade do Galo. Ele trabalhou com o preparador físico Ricardo Rosa e segue em processo de recuperação.

O artilheiro da seleção na era Tite, com 16 gols, Gabriel ainda não marcou seu gol na Copa América. Mas foi importante na cobrança do pênalti que classificou o Brasil para as semifinais, na disputa contra o Paraguai, após o empate sem gols, nos mais de 90 minutos da partida. O jogador é um dos mais que se empenham nos treinos. Ele sabe que só assim poderá ser mais efetivo nos jogos.

Fonte:  Agência Brasil


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey