82 99641-3231

Seleção Brasileira encara o México nesta segunda-feira, às 11h de Brasília

A Seleção Brasileira encara o México nesta segunda-feira, às 11h (de Brasília), na Arena Samara, em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Mundo.

Tentando evitar se juntar ao grupo de grandes seleções já eliminadas do torneio, o técnico Tite apostará na sequência de seus titulares para bater o surpreendente México, que na primeira fase venceu a Alemanha logo na estreia, por 1 a 0.

O Brasil não entrará em campo com mudanças em relação ao time que já vinha sendo utilizado na primeira fase do Mundial. A única mudança é a entrada de Filipe Luís como titular na lateral esquerda, já que Marcelo, após lesão sofrida na região lombar, ainda não tem condições físicas de atuar em alto nível por 90 minutos ou mais, caso o jogo se encaminhe para a prorrogação.

Fagner, que substituiu Danilo nas duas últimas partidas da Seleção Brasileira por conta da lesão que o jogador sofreu no quadril, continuará entre os 11 iniciais. As atuações seguras diante da Costa Rica e Sérvia acabaram convencendo Tite em deixar o jogador do Manchester City, mais acostumado a jogos de alto nível, na reserva. Quem realmente está descartado do confronto é Douglas Costa, ainda se recuperando de um incômodo na região posterior da coxa direita.

Thiago Silva, que será o capitão da Seleção Brasileira pela segunda vez nesta Copa do Mundo, comentou sobre a equipe do México e deixou o alerta ligado para que o time canarinho não repita as campanhas vexatórias de Alemanha, Argentina e Espanha.

“Acredito que agora você tem que errar o menos possível. Um erro pode custar a eliminação, todo o trabalho que vem sendo feito durante esses quatro anos. Então, toda a concentração é válida para que a gente não perca a concentração com outro tipo de situação. É um jogo difícil, o México, pelo o que apresentou na primeira fase, tem méritos para estar aqui, como nós também merecemos. Que a gente possa fazer o nosso melhor e merecer essa classificação”, disse o zagueiro.

O México, confiante apesar da derrota por 3 a 0 na última rodada da fase de grupos para a Suécia, não quer se limitar a apenas se defender. O técnico Juan Carlos Osorio assegurou que sua equipe irá agredir a Seleção Brasileira e tentará manter a posse de bola apesar da grande qualidade que haverá do outro lado do campo.

“Será uma grande oportunidade para o futebol mexicano enfrentar nas oitavas de final a melhor equipe do mundo. Creio que se jogarmos o que sabemos, será uma grande partida de futebol”, afirmou Juan Carlos Osorio, parecendo não sentir o grande peso do jogo e a possibilidade de o México acabar fora da Copa do Mundo.

Satisfeito com o desempenho de sua equipe nos primeiros três jogos do Mundial, o técnico Osorio, apesar de ser conhecido por mudar constantemente sua equipe, não deve fazer grandes alterações em relação à formação usada anteriormente. Carlos Vela, Chicharito Hernández e Lozano são as grandes apostas do comandante para vencer Neymar e companhia.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X MÉXICO

Local: Arena Samara, em Samara (RUS)
Data: 2 de julho de 2017, segunda-feira
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Gianluca Rocchi (ITA)
Assistentes: Elenito Di Liberatore (ITA) e Mauro Tonolini (ITA)

BRASIL: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Willian, Paulinho, Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus
Técnico: Tite

MÉXICO: Ochoa; Álvarez, Salcedo, Rafa Márquez e Gallardo; Guardado, Herrera, Layún, Vela e Lozano; Chicharito
Técnico: Juan Carlos Osorio


Torcedores do Brasil e da Sérvia trocam socos e agressões após partida pela Copa do Mundo

vitória do Brasil sobre a Sérvia contou com cenas lamentáveis nas arquibancadas do Spartak Stadium, em Moscou. Um grupo de torcedores brasileiros e sérvios trocou socos ao fim do jogo, ocorrido nesta quarta-feira (27).

Uma testemunha informou que os sérvios provocaram os brasileiros durante todo o jogo e os atacaram enquanto comemoravam o triunfo de 2 a 0.

“Eles provocaram o tempo todo. No primeiro tempo, um sérvio mexeu com uma das meninas e depois ficou tirando fotos dela sem autorização.  No final do jogo, a gente estava comemorando e eles arrancaram a bandeira, provocaram e partiram para cima”, contou a dentista Rosane Santiago.

Os sérvios, que contaram o oposto. Um homem de aparentemente 30 anos disse que a provocação partiu dos brasileiros e eles só revidaram, mas sem apelar para violência. O homem sérvio ainda ressaltou que o pai dele foi agredido pelos brasileiros e está com o rosto machucado. Confira mais imagens na galeria acima.

Com a vitória, o Brasil avançou às oitavas de final e agora pega o México.


Brasil vence a Sérvia e pega o México nas oitavas da Copa

Os sérvios são grandes, mas não são dois. Por isso, vão voltar para a Sérvia enquanto o Brasil está nas oitavas de final da Copa da Rússia. Nesta quarta-feira, noite em Moscou, sessão da tarde por aí, a Seleção venceu por 2 a 0 e avançou. Agora, é o México, segunda-feira, em Samara.

A eliminação da Alemanha criou uma excitação ainda maior na torcida brasileira. Parecia que o fardo carregado desde 2014 havia sido tirado das costas de todos. Incluindo o time.

A Seleção entrou em campo leve, sem apressar o jogo e agindo com uma naturalidade que parecia a dos trabalhos recreativos sob o sol de Sochi.

Isso que os sérvios tinham tamanho assustador. A Fifa, no Estádio Spartak, colocou as tribunas de imprensa a menos de cinco metros do gramado. Quando os sérvios entraram em campo, rapaz, parecia um time de basquete calçando  chuteiras.


CBF divulga comunicado sobre lesão de Marcelo

O lateral-esquerdo Marcelo deixou a partida contra a Sérvia com apenas 10 minutos de jogo. O camisa 12 da seleção brasileira sentiu uma lesão e pediu para ser substituído.

Mancando, o lateral deixou o gramado desolado e, amparado pelo médico Rodrigo Lasmar, foi direto para o vestiário. Filipe Luís entrou no lugar dele.

No intervalo da partida, a CBF divulgou um breve comunicado a respeito da lesão do atleta.

“Em uma tentativa de arrancada, o lateral teve um espasmo na coluna. Foi medicado e passa bem”, disse a entidade.

O Brasil perde muito com a lesão de Marcelo na partida contra a Sérvia, que encerra o Grupo E. O lateral é apontado por muitos como melhor jogador da seleção brasileira nesta Copa.


Brasil faz sua primeira decisão na Copa contra ‘gigante’ Sérvia nesta quarta-feira (26), às 15h horário de Brasília

A seleção brasileira fez hoje o treino de reconhecimento do gramado do Estádio Spartak, em Moscou, onde enfrentará a Sérvia, na última rodada do grupo E da Copa do Mundo da Rússia. O técnico Tite já definiu a equipe que entrará em campo nesta quarta-feira (26), às 15h (horário de Brasília). Será o mesmo time que começou o jogo contra a Costa Rica: Alisson, Fágner, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus. Desta vez, o capitão será o zagueiro Miranda.

O treinamento foi aquele que é cronometrado pela FIFA e tem exatamente uma hora de duração. O técnico comandou o tradicional trabalho fantasma, quando exercita a movimentação e o posicionamento da equipe sem um adversário do outro lado. Na sequência, os jogadores trabalharam bolas paradas ofensivas e defensivas. – (A Sérvia) tem a característica, sim, de bola aérea ofensiva, mas também a qualidade técnica individual. Jogadores de alto nível também. “Temos a condição de neutralizar, evitar situações próximas, de faltas laterais, encurtar ou bloquear, e tirar proveito de alguma situação”, disse Tite.

 

Brasil e Sérvia se enfrentam no mesmo dia e horário de Suíça e Costa Rica, outra partida do grupo E. A vitória garante a classificação do Brasil em primeiro lugar do grupo.  Em caso de empate, a seleção passa para as oitavas, mas a colocação depende do resultado do outro jogo. “Fico feliz em mais uma vez representar todo o grupo de capitães, todo o grupo da seleção brasileira. Se eu chegar à final e ganhar, posso ser capitão ou não, minha felicidade vai ser imensa, sendo ou não capitão”, afirmou Miranda.

Esta será a segunda partida entre Brasil e Sérvia. O primeiro jogo foi em 2014, durante a preparação para a Copa do Mundo do Brasil, e a seleção venceu por 1 a 0, com gol do atacante Fred. Quatro jogadores titulares estavam em campo naquela partida: Thiago Silva, Marcelo, Paulinho e Neymar.

Até agora, a Sérvia somou três pontos – uma vitória e uma derrota nesta Copa. O estilo de jogo dos sérvios se baseia na força física e nas bolas aéreas. “É uma equipe muito forte fisicamente, com média de altura de 1,88. Eles vão jogar muito com a bola parada. Temos que estar muito ligado nessa jogada, principalmente na segunda bola para a gente não ser surpreendido, pois a primeira é sempre difícil por conta da disputa”, disse o zagueiro Thiago Silva.

Enquanto o grupo treinava em Moscou para enfrentar a Sérvia, Danilo e Douglas Costa seguiram o tratamento intensivo com a fisioterapia no centro de treinamento brasileiro no Swissotel Hotel, em Sochi. Eles trabalharam em dois turnos: o lateral Danilo voltou a campo, mas Douglas fez atividades na academia e na sala de fisioterapia. Danilo e Douglas vão cumprir amanhã mais uma etapa do tratamento.


No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo

O Brasil venceu a Costa Rica se enfrentam nesta sexta-feira, às 9h (horário de Brasília), no estádio de São Petersburgo, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018. Vetado por uma lesão muscular no quadril, o lateral-direito Danilo será substituído por Fágner, do Corinthians. Além disso, Thiago Silva foi o escolhido da vez como capitão; Marcelo levou a braçadeira na primeira partida. Na etapa inicial, a seleção novamente insistiu com jogadas pela esquerda, como Marcelo e Neymar, que sentiu dificuldade para ganhar jogadas individuais. Somente aos 40 minutos, com o lateral-esquerdo batendo de fora da área, o Brasil conseguiu testar o goleiro Keylor Navas. Gabriel Jesus teve um gol anulado por impedimento. Porém, a melhor oportunidade do primeiro tempo foi da Costa Rica, com Celso Borges batendo para fora. No intervalo, o técnico Tite mexeu na equipe. Colocou Douglas Costa no lugar de Willian, mais uma vez pouco efetivo pelo lado direito.

O Tite confirmou na véspera do jogo que o time titular será quase o mesmo que empatou com a Suíça, por 1 a 1, na estreia do Brasil no Mundial, com exceção da lateral direita: Alisson, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho, Willian e Neymar; Gabriel Jesus. O camisa 10, que ficou fora de dois dias de treinamento na semana por causa de dores no tornozelo, em consequência das 10 faltas sofridas no empate, não preocupa a comissão técnica. Fred, que foi desfalque contra os suíços, treinou normalmente nos últimos dias e deve ser opção no banco.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey