82 99641-3231

Vagner Love marca no fim, e Corinthians vence CSA em Itaquera

Gol de Vagner Love em Corinthians x CSA
Gol de Vagner Love em Corinthians x CSA (Foto: Marcos Ribolli)

Love garante mais uma. O Corinthians martelou, criou, parou algumas vezes no goleiro adversário, mas conseguiu vencer o CSA por 1 a 0, na tarde deste domingo, em Itaquera, pela décima rodada do Brasileirão. A equipe de Fábio Carille dominou toda a partida, finalizou 27 vezes e chegou ao gol só no fim, com Vagner Love, em lindo gol sem chances para defesa de Jordi. O CSA se defendeu bem e apostou em contra-ataques, mas não resistiu à pressão. O desempenho ofensivo surpreendeu Fábio Carille, que admitiu: o Corinthians criou mais do que o normal.

O resultado leva o Corinthians aos 15 pontos, mais perto da parte de cima da tabela, enquanto o CSA continua na zona de rebaixamento, com apenas seis pontos somados em dez rodadas. Só o Avaí está pior na competição, com quatro.

Craque do Jogo

Fagner foi eleito o melhor em campo pelos votos do público (26%) e pelo narrador Cléber Machado. Jordi, goleiro do CSA, recebeu o voto do comentarista Casagrande.

Vagner Love é abraçado por Boselli em gol do Corinthians
Vagner Love é abraçado por Boselli em gol do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

Artilheiro do Amor

Vagner Love se isolou na vice-artilharia do Corinthians em 2019, com seis gols (sempre em horas de aperto). Gustagol ainda é o goleador máximo, com nove, mas vê o concorrente chegar mais perto nessa disputa – quem comemora é o torcedor.

VAR em ação

O comentarista Paulo Cesar de Oliveira viu erro do árbitro Wagner Reway contra o Corinthians. Aos seis minutos do segundo tempo, Danilo Avelar caiu na grande área após disputa com Celsinho. Após avaliação do VAR, comandado por Carlos Eduardo Nunes Braga, o árbitro deu sequência ao jogo sem revisar o lance em vídeo. Para PC, foi pênalti.

Primeiro tempo

O Corinthians teve a bola (66% de posse), não correu muitos riscos na defesa, mas encontrou, de novo, dificuldades para criar chances perigosas de gol. A maioria dos passes foi trocada no campo de defesa, entre Fagner, Gil, Manoel e Danilo Avelar. Sem abrir o jogo pelas pontas, o Timão passou a finalizar sem tanto critério – foram 13 no primeiro tempo. As mais perigosas foram de Ralf, num chute de fora da área, e de Vagner Love, que perdeu a melhor chance do Corinthians ao tentar uma cavadinha na hora errada – Alan Costa chegou a tempo de salvar o CSA. Nos contra-ataques, os alagoanos confiaram em Apodi, mas o lateral/velocista não esteve em jornada inspirada.

CSA tirou os espaços do Corinthians no primeiro tempo — Foto: Marcos Ribolli
CSA tirou os espaços do Corinthians no primeiro tempo — Foto: Marcos Ribolli

Segundo tempo

O Corinthians se lançou mais o ataque, mas só aos 15 minutos Fábio Carille fez a mudança necessária: tirou Ralf, sem função na marcação de um time que não atacava, e lançou Régis. Boselli também entrou, e o Corinthians começou a achar espaços. A melhor chance antes do gol, porém, foi na bola parada – cobrança de Sornoza no ângulo direito de Jordi, que buscou (como um gato!) e mandou a bola para escanteio. Pouco depois, aos 32, Love recebeu de Boselli e soltou a bomba sem chances para o goleiro. Alívio para a torcida presente em Itaquera.

Reestreia em grande estilo

O zagueiro Gil teve boa atuação e quase fez seu gol logo no primeiro jogo após o retorno ao Corinthians. Ao lado de Manoel, mostrou segurança e teve pouco trabalho diante do pior ataque do Campeonato Brasileiro – o CSA só fez três gols em dez partidas.

Próximos jogos

O CSA volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Atlético-PR, às 19h (de Brasília), no Rei Pelé. O Corinthians recebe o Flamengo no domingo, às 16h, na Arena Corinthians.

CSA

O técnico Argel Fucks destacou a atuação do CSA contra o Corinthians. Mesmo com a derrota por 1 a 0. Após o jogo em São Paulo, ele conversou com a imprensa neste domingo, analisou a partida e comentou as modificações no time.

– O time já tem uma postura diferente. Mexemos aonde podíamos mexer, colocamos dois jogadores rápidos dos lados, colocamos o Cassiano e o Victor Paraíba para buscar essa velocidade, tentar um contra-ataque. O Corinthians teve durante os 90 minutos de jogo muito mais volume, mas criou pouco. No primeiro tempo, foi um chute a gol, uma defesa muito boa do Jordi; no segundo tempo, mais um outro lance, então, ele teve um volume de jogo, mas não conseguiu criar porque nós tivemos uma marcação muito forte.

 

 

 

 

Fonte: Globo Esporte


Corinthians x CSA: tudo o que você precisa saber sobre o jogo da rodada #10

Corinthians e CSA fazem o primeiro jogo após a pausa da Copa América neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Corinthians, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo terá transmissão ao vivo na TV Globo para os estados de SP, AL, DF, SC, PR, GO, TO, MS, MT, BA, SE, PE, CE, MA e PA com narração de Cleber Machado e comentários de Casagrande. O Premiere transmite para todo o Brasil com narração de Jota Júnior e comentários de Wagner Vilaron. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos, e depois do jogo transmite ao vivo as entrevistas coletivas de treinadores e jogadores.

Com 12 pontos, o Corinthians tem um jogo a menos na competição, já que o confronto diante do Goiás, na sétima rodada, foi adiado e ainda não tem data para ocorrer.

A última vitória do Timão no torneio foi em 26 de maio, contra o São Paulo. Depois, empatou sem gols com o Cruzeiro e perdeu para o Santos na Vila, no último jogo antes da parada do torneio.

Na zona de rebaixamento e com apenas seis pontos, o CSA busca a primeira vitória fora de casa. O único triunfo na competição aconteceu no Rei Pelé, por 1 a 0 diante do Goiás, em 27 de maio. A principal mudança na parada foi no comando da comissão técnica: saiu Marcelo Cabo, que estava no clube desde fevereiro de 2018, e entrou Argel Fucks, ex-Coritba.

 — Foto: Infografia
Foto: Infografia

Corinthians – Técnico: Fábio Carille

A principal novidade do Corinthians para a partida é a reestreia de Gil, único reforço do Corinthians na pausa. O zagueiro toma o lugar de Henrique e forma dupla com Manoel. Ao longo da semana, o técnico Fábio Carille fechou alguns treinos, mas deve ter um time com Love no comando de ataque.

Quem está fora: Gustagol (dores na coxa), Ramiro (transição física), Jadson (fortalecimento físico após recuperação de dores musculares), Michel Macedo (contratura muscular na coxa direita) e Everaldo (recondicionamento físico).

Pendurados: Cássio, Júnior Urso, Jadson, Danilo Avelar e Vagner Love

Provável escalação do Corinthians contra o CSA — Foto: Globoesporte.com
Provável escalação do Corinthians contra o CSA — Foto: Globoesporte.com

CSA – Técnico: Argel Fucks

Dos sete reforços contratados, três devem estrear no Brasileirão. A tendência é que Argel monte o ataque com Alecsandro (ex-São Bento) e Ricardo Bueno (ex-Ceará), dois homens de área. Na zaga, Alan Costa (ex-Coritiba) pede passagem.

Jogador de confiança do técnico, ele chegou na parada da Copa América e logo virou titular. O lateral-esquerdo Carlinhos sente dores musculares na coxa direita, não treinou com o grupo durante a semana e vai ser substituído por Rafinha.

Quem está fora: Amaral (joelho), Carlinhos (dores musculares) e Cajuru (joelho).

Pendurados: Jordi, Naldo e Apodi.

Provável escalação do CSA para enfrentar o Corinthians — Foto: GloboEsporte.com
Provável escalação do CSA para enfrentar o Corinthians — Foto: GloboEsporte.com
 — Foto: Foto: infoesporte
Foto: infoesporte

Wagner Reway, da Paraíba, apita a partida. Ele conta com o auxílio de Alessandro Alvaro Rocha de Matos, da Bahia, e leriston Clay Barreto Rios, do Sergipe. O árbitro de vídeo é Carlos Eduardo Nunes Braga, do Rio de Janeiro.

Fonte: Globo Esporte


CRB volta a vencer e sobe na tabela da Série B

Willie festeja gol que definiu o placar
Willie festeja gol que definiu o placar (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Primeiro tempo gostoso de se ver, segundo tempo bem arrastado. Foi dessa forma que CRB e Guarani reabriram suas trajetórias na Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira à noite, no Rei Pelé, em Maceió. O time alagoano venceu por 2 a 1, gols de Alisson Farias e Willie, e subiu algumas posições na tabela. Já o Bugre marcou com Michel Douglas, mas, mesmo com a estreia do técnico Roberto Fernandes, segue em baixa.

Os gols

Todas as bolas que terminaram nas redes saíram na etapa inicial. Alisson Farias, em jogada individual, bateu no ângulo esquerdo do estreante Jefferson. O Bugre empatou com Michel Douglas, de cabeça, após cruzamento de Diego Cardoso, mas Willie, também pelo alto, recuperou a vantagem do CRB pouco tempo depois.

CRB comemora, enquanto Guarani lamenta
Times recomeçam campanha na Série B (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Como fica a tabela?

O CRB voltou a vencer após duas derrotas consecutivas e saiu do 11º para o 7º lugar na tabela, agora com 13 pontos, mais perto do pelotão de cima. Na parte inferior da tabela, o Guarani segue com cinco pontos, com seis derrotas em nove rodadas da Série b. A equipe de Roberto Fonseca tem a segunda pior campanha, acima somente do Vitória.

Primeiro tempo

CRB e Guarani fizeram um primeiro tempo bem agradável no Rei Pelé. O time da casa saiu na frente logo a seis minutos, após belo chute de Alisson Farias, no ângulo esquerdo de Jefferson. Foi só o primeiro de muitos lances ofensivos. O Bugre criou três possibilidades em sequência, enquanto o Galo obrigou Jefferson a duas grandes defesas. Nos minutos finais, mais dois gols: Michel Douglas, de cabeça, empatou aos 42, enquanto Willie, em contra-ataque fulminente, recolocou os alagoanos em vantagem.

Segundo tempo

Perto do que os times mostraram na primeira etapa, a segunda foi decepcionante. À vontade pela vantagem construída, o CRB embolou a entrada da sua área e impediu que o Guarani criasse perigo por dentro – a única oportunidade foi com Luiz Gustavo, que tentou desvio após escanteio e viu o chute ser tirado antes de chegar ao gol. O time da casa levou perigo só com Ferrugem, em chute de fora da área. Com o resultado em mãos, o Galo evitou se expor, enquanto o Bugre não teve imaginação para sair da armadilha do adversário.

Próximos jogos

As duas equipes têm mais uma semana de preparação até a próxima rodada, quando ambos jogarão fora de casa. O CRB vai até o interior do Paraná enfrentar o Operário-PR, às 19h, em Ponta Grossa, enquanto o Guarani visita o Botafogo-SP, no mesmo horário, em Ribeirão Preto.

 

 

Fonte: Globo Esporte


Definida arbitragem para partida entre Corinthians e CSA pela Série A

Resultado de imagem para Wagner RewayO Campeonato Brasileiro volta no fim de semana. Em São Paulo, pela décima rodada, o Azulão encara o Corinthians. O árbitro será Wagner Reway, do quadro FIFA e da Federação Paraibana.

Seus auxiliares serão Alessandro Rocha Matos (BA/FIFA) e Clériston Clay Barretos Rios (SE/FIFA). O paulista Ilbert Estevam da Silva fica como quarto árbitro.

Na Central do VAR (Arbitragem de Vídeo) os responsáveis serão o árbitro Carlos Eduardo Nunes Braga e os assistentes Grazinni Maciel Rocha e Daniel do Espirito Santos Parro. O trio é do Rio de Janeiro.

Corinthians e CSA se enfrentam no próximo domingo (14), às 16h, na Arena Corinthians, pela décima rodada do Brasileirão. O time alvinegro estar na 12º posição, com 10 pontos. O azulão estar na 19º, com 6 pontos conquistados.

 

 

Fonte: Cada minuto


É campeão! Com um a menos no 2º tempo, Brasil vence Peru e conquista sua nona Copa América

Equipe brasileira recebe medalhas e levanta troféu da Copa América 2019 – Foto: CBF

Como é bom estar em casa. E estar de volta. Em seu retorno ao local onde mais se sente à vontade e onde mais jogou, a seleção brasileira voltou a reinar na América. O Brasil venceu o Peru por 3 a 1 na tarde deste domingo, no Maracanã, e conquistou pela nona vez a Copa América.

Mas foi sofrido, jogou com um a menos em boa parte da segunda etapa, ao ter Gabriel Jesus expulso. O camisa 9 havia dado assistência e feito um dos gols. Everton e Richarlison fizeram os outros gols brasileiros e Guerrero, de pênalti, fez o gol peruano, o único sofrido pela Seleção na campanha.

NOVE VEZES BRASIL

Após 12 anos, a seleção brasileira conquista a Copa América. A equipe brasileira foi campeã pela nona vez. São seis conquistas nas últimas 13 edições. O Brasil é o terceiro maior vencedor do torneio, que tem o Uruguai no topo, com 15 títulos, e a Argentina em segundo, com 14. A próxima edição é já no ano que vem, na Argentina e na Colômbia. Veja a tabela final da Copa América!

DO CÉU AO INFERNO

Brasileiros comemoram o gol de Gabriel Jesus, no final do primeiro tempo (Foto: Luisa Gonzalez/Reuters)

Decisivo na semifinal contra a Argentina, Gabriel Jesus novamente foi destaque. Fez um grande primeiro tempo. O camisa 9 protagonizou uma excelente jogada ao dar assistência para o gol de Everton, que abriu o placar. Depois, desempatou o jogo para a Seleção, no final da primeira etapa. No entanto, aos 24 minutos do segundo tempo, em uma disputa no alto com Zambrano, levou o segundo amarelo e foi expulso. Revoltado, ele fez sinal de roubo, socou o banco de reservas e foi aos prantos nos corredores do Maracanã. Mas sai como um dos principais jogadores da campanha vitoriosa da seleção brasileira.

Brasileiros comemoram o gol de Gabriel Jesus, no final do primeiro tempo
Brasileiros comemoram o gol de Gabriel Jesus, no final do primeiro tempo (Foto: Luisa Gonzalez/Reuters)

OS 90 MINUTOS

Esqueça aquela seleção peruana goleada na primeira fase. O time de Gareca acertou a marcação e tomou a iniciativa no Maracanã. Mas esbarrou na eficiência brasileira. Em sua primeira finalização, a Seleção abriu o placar com Everton, eleito melhor em campo, em chute de primeira após uma linda jogada de Gabriel Jesus. O Peru chegou ao empate em pênalti marcado e revisado no vídeo pela arbitragem. Guerrero converteu. Mas a alegria peruana durou pouco. No último lance da primeira etapa, Gabriel Jesus acertou belo chute da entrada da área e fez o segundo: 2 a 1.

O drama na segunda etapa foi ainda maior. Destaque no primeiro tempo, Gabriel Jesus foi expulso ao levar o segundo amarelo e deixou o Brasil com um a menos na reta final da decisão. Gareca não se intimidou. Lançou Ruidíaz, Andy Polo e Gonzáles para tentar o empate. Mas a Seleção se segurou. E desperdiçou chances no contra-ataque. No fim, Richarlison foi o responsável pelo ato final. Em sua redenção após sofrer com a caxumba e desfalcar o Brasil nas quartas de final, ele fez, de pênalti, o terceiro gol do Brasil: 3 a 1.

 

Fonte: Globo Esporte


É tetra! Estados Unidos passam por cima da Holanda e conquistam a Copa do Mundo Feminina

EUA Holanda final Copa do Mundo feminina
EUA x Holanda, final Copa do Mundo feminina (Foto: Reuters)

Os Estados Unidos levaram o tetra da Copa do Mundo feminina de 2019. Esse resultado você talvez já esperasse, mas o roteiro não foi assim tão previsível. No início de jogo, a Holanda mudou a disposição tática de três jogadoras, se fechou na defesa e impôs dificuldades ao setor de criação norte-americano.

Quando os EUA arranjavam espaço, lá estava Van Veenendaal para evitar os gols. Mas, no segundo tempo, não houve jeito. O pênalti de Van der Gragt em Morgan, convertido por Rapinoe, quebrou o equilíbrio da partida. Lavelle marcou o segundo sete minutos depois, e aí foi um verdadeiro ataque contra defesa.

A Holanda se jogou à frente e se expôs lá atrás. Só não houve mais gols porque, novamente, lá estava Van Veenendaal. As americanas martelaram até o apito final, quando, enfim, levantaram o tão sonhado título, o quarto de sua história. As holandesas ficam com o vice, em sua melhor participação em Copas.

CRAQUE DA FINAL

Megan Rapinoe foi a autora do gol que abriu caminho para o título norte-americano. O troféu de melhor em campo está em boas mãos.

As craques da copa

Megan Rapinoe (chuteira de ouro) e Alex Morgan (prata) fizeram dobradinha como as duas melhores jogadores da Copa do Mundo 2019. Ellen White, da Inglaterra, levou o terceiro lugar.

Luva de ouro

Sari van Veenendaal, uma verdadeira parede no gol da Holanda. Justíssimo prêmio – e não só pela atuação na final da Copa.

 

Fonte: Globo Esporte


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey