82 99641-3231

Tite ensaia só duas mudanças na Seleção Brasileira contra Nigéria

Tite ensaia só duas mudanças na Seleção Brasileira contra Nigéria – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira deve ter pelo menos duas mudanças no amistoso deste domingo (13) contra a Nigéria, em Cingapura. Pelo menos é o que apontou a última atividade de preparação para a partida, realizada neste sábado (12). Renan Lodi e Everton podem ser as novidades nos lugares de Alex Sandro e Philippe Coutinho.

No treino tático comandado por Tite, o técnico optou, na lateral esquerda, pela presença de Renan Lodi, do Atlético de Madrid, em detrimento do jogador da Juventus. Mais à frente, o atleta do Bayern de Munique cedeu lugar a Everton, o que faria com que Neymar fosse recuado para a armação, deixando vago o lugar para o atacante do Grêmio.

Se mantiver a escalação observada no ensaio, a equipe deve ir a campo com a seguinte escalação: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Arthur e Neymar; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Everton.

Tite ainda deve conceder uma entrevista coletiva neste sábado. O treinador enfrenta uma fase difícil no comando da equipe nacional, que não vence desde a final da Copa América, ocasião em que bateu o Peru por 3 x 1 no Maracanã, em julho. De lá para cá foram três amistosos, com dois empates, ante Colômbia (2 x 2) e Senegal (1 x 1), e uma derrota para o Peru (1 x 0).

O Brasil enfrenta a Nigéria neste domingo, às 9h (de Brasília), em novo amistoso em Cingapura.

 

*  Com metrópoles

Times alagoanos jogam nesse fim de semana fora de casa

Resultado de imagem para csa e crb
Times alagoanos jogam nesse fim de semana fora de casa

Longe de suas torcidas, os clubes de Alagoas buscam, neste final de semana, bons resultados para uma melhor colocação em tabelas do Brasileirão 2019.

O Clube de Regatas Brasil enfrenta nesta sexta (11), às 9 e meia da noite, o Guarani, 14º colocado, em Campinas – SP, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, buscando melhorar sua posição na série B da competição, visto que, após permanecer no G 4 durante duas rodadas seguidas, hoje se encontra na oitava colocação na tabela, devido aos últimos resultados, além de boa atuação de adversários diretos.

Já o CSA, após se afastar da zona do rebaixamento (Z 4), depois da sofrida vitória contra o Internacional de Porto Alegre por 1 x 0, no estádio Rei Pelé, enfrenta neste sábado (12) o Goiás, na capital goiana, às 5 da tarde. O Centro Sportivo Alagoano, no momento ocupa o 16º lugar, enquanto o Goiás permanece em 10º na tabela de classificação.


Firmino faz golaço, mas Brasil cede empate a Senegal e chega a três jogos sem vitória

Neymar é parado pela forte marcação senegalesa (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

A seleção brasileira segue sem saber o que é vitória depois da conquista da Copa América em casa, em julho. O time comandado por Tite empatou em 1 a 1 com Senegal, nesta quinta-feira, em amistoso disputado em Singapura, e chegou a três partidas sem triunfar. Firmino abriu o placar com um golaço, e Diédhiou empatou cobrando pênalti sofrido por Mané depois de bela jogada.

O empate desta quinta-feira é o terceiro tropeço seguido do Brasil, que havia empatado com a Colômbia e perdido para o Peru em setembro. O incômodo jejum de três jogos sem vencer é o maior em mais de seis anos. A última vez que isso aconteceu foi mna virada de 2012 para 2013, quando a equipe chegou a ficar cinco partidas sem triunfar, sob os comandos de Mano Menezes e Luiz Felipe Scolari – na ocasião, perdeu para Argentina e Inglaterra e empatou com Colômbia, Itália e Rússia.

ATUAÇÃO SEM BRILHO

Escalada basicamente com a equipe que ganhou a Copa América em casa, a seleção brasileira teve mais uma atuação sem brilho. Depois de um bom começo, em que criou chances e abriu o placar com um golaço de Firmino, o time caiu de produção e passou a sofrer diante da marcação de Senegal, que também buscou o ataque e chegou a ter maior posse de bola. O gol sofrido no fim do primeiro tempo premiou a estratégia de Senegal, que teve as melhores chances em um segundo tempo em que as alterações de Tite não mudaram o panorama da partida.

100 JOGOS, MAS SEM GOL

Neymar completou 100 jogos pela seleção brasileira no amistoso desta quinta-feira, mas não conseguiu balançar as redes. O camisa 10 do Brasil não teve uma atuação de destaque, apesar de algumas boas jogadas, sendo sempre bem marcado.

OS ESTREANTES

Tite promoveu a entrada de dois estreantes no segundo tempo do duelo contra os senegaleses: Matheus Henrique entrou em campo no lugar de Arthur, e Renan Lodi substituiu Alex Sandro na lateral esquerda. Os dois, entretanto, não tiveram destaque em meio ao desempenho irregular da equipe.

DEU TRABALHO

Craque e referência de Senegal, Sadio Mané fez aquilo que se esperava dele. Em meio a uma equipe com bons jogadores e bem armada por Aliou Cissé, o astro do Liverpool caiu sempre pelo lado esquerdo e deu trabalho à defesa brasileiro. Ele fez a ótima jogada que – começando ainda no campo de defesa – terminou com um pênalti de Marquinhos e permitiu o empate senegalês.

OS PRÓXIMOS PASSOS

A seleção brasileira terá a chance de encerrar seu jejum de vitórias no próximo domingo, quando enfrentará a Nigéria em novo amistoso em Singapura. Depois, o time só volta a campo em novembro, para a última Data Fifa de 2019, quando deve enfrentar a Argentina e a Coreia do Sul.

 

 

*   Com Globo Esporte


CSA bate o Inter, engata a quarta vitória seguida em casa e deixa o Z-4

CSA x Internacional, Estádio Rei Pelé
CSA x Internacional, Estádio Rei Pelé (Foto: Felipe Nyland/Gazeta de Alagoas)

O CSA deu sequência à reação no Brasileiro. Forte em casa, venceu nesta quarta o Inter, por 1 a 0, chegou a 25 pontos e deixou a zona de rebaixamento. Foi a quarta vitória seguida no Estádio Rei Pelé. O único gol da partida foi marcado de pênalti, pelo argentino Jonatan Gómez. O Colorado, por outro lado, chegou ao quarto jogo sem vitória no Brasileiro e preocupa a torcida.

O CSA chegou a 25 pontos e está na 16ª colocação. Saiu do Z-4 com a vitória desta quarta e a derrota do Ceará para o Grêmio, por 2 a 1. O Inter segue com 38 pontos e ocupa a sexta colocação.

A criançada do CSA adora o polivalente Apodi. Cinco meninos fizeram até um cartaz para ele. Não teve gol do camisa 20 nesta quarta, mas teve vitória do Azulão.

O atacante Ricardo Bueno sentiu a coxa esquerda e deixou o campo aos 22 minutos. Argel Fucks teve que queimar uma substituição do CSA logo cedo. Alecsandro entrou. Odair Hellmann também perdeu o zagueiro Emerson Santos, que sentiu dores na virilha esquerda. Klaus entrou também no primeiro tempo.

Cria do Inter, o técnico Argel Fucks reencontrou os amigos no Rei Pelé. Colorados fizeram fila para abraçá-lo antes da partida. No fim, o CSA levou a melhor.

Primeiro tempo

Bueno deixou o campo aos 22 minutos do primeiro tempo
Bueno deixou o campo aos 22 minutos do primeiro tempo (Foto: Felipe Nyland/Gazeta de Alagoas)

O Inter marcou presença no campo do CSA. Levou um susto numa escapada de Bustamante, pela esquerda, mas depois foi tomando conta do jogo. Rondou área do adversário e começou a assustar a partir dos 19 minutos.

Rodrigo Lindoso obrigou Jordi a fazer uma grande defesa. Na sequência, o próprio Lindoso acertou um chutaço de fora da área e carimbou a trave do CSA. Depois, Neilton e Guilherme Parede balançaram a rede, mas os gols foram bem anulados. Os jogadores do Inter estavam impedidos. No finalzinho, Jordi se atrapalhou com a bola e quase o zagueiro Klaus, do Inter, abriu o placar.

Segundo tempo

O CSA se assanhou na etapa final. Aos seis minutos, Carlinhos cruzou da esquerda e Alecsandro cabeceou com muito perigo. Passou perto. Jonatan Gómez também teve uma chance para os donos da casa, mas errou o alvo.

Aos 20 minutos, Dawhan foi derrubado na área por Uendel, do Inter. Pênalti. Jonatan Gómez cobrou no canto, com força, e abriu o placar. Wellington Silva criou ótima chance para o Colorado aos 25, batendo colocado. Assustou o goleiro Jordi. Vencendo, o CSA fechou a defesa e garantiu a quarta vitória seguida em casa.

Agenda

O CSA volta a jogar no próximo sábado, às 17h. Vai enfrentar o Goiás no Serra Dourada, em Goiânia. Domingo, às 16h, o Inter vai jogar contra o Santos no Beira-Rio, em Porto Alegre.


CRB fica no 1×1 contra o Sport, mas volta a dormir no G-4

O CRB ficou no empate por 1 a 1 com o Sport, na noite desta segunda-feira (07), no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O resultado levou o Galo aos 39 pontos e dorme no G-4. Está na quarta colocação, mas ainda pode perder posição para Botafogo-SP, América-MG e Paraná  no complemento da rodada.

Já o Sport chegou a 46 pontos, na segunda colocação da Série B. O Leão abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Guilherme, e o Galo empatou na etapa final, com Edson Cariús. Hernane Brocador também perdeu um pênalti para o Sport aos 34 do segundo tempo. Acertou a trave de Fernando Henrique.

O próximo compromisso do CRB será contra o Guarani, fora de casa, na sexta-feira, às 21h30. Enquanto isso, o Sport recebe o São Bento, na sexta-feira, às 19h15.

O primeiro tempo foi amarrado e com poucas chances de gol. Buscando entrar no G4, o CRB tentou se lançar ao ataque, porém com pouca efetiva. A principal chance da equipe alagoana veio em escanteio batido pela esquerda, que terminou com a cabeçada de Wellington Carvalho defendida por Mailson.

Aos 39 minutos, o Sport chegou com perigo pela primeira vez e balançou as redes. Pedro Carmona avançou pela esquerda e enfiou para Guilherme, que dominou e bateu cruzado para vencer o goleiro Fernando Henrique. O atacante chegou a 12 gols marcados na Série B.

Na segunda etapa, o CRB aumentou a produção ofensiva e conseguiu chegar ao gol de empate. Alisson Farias achou Igor pela esquerda, que foi à linha de fundo e cruzou fechado na segunda trave. Edson Cariús mostrou oportunismo e apenas desviou para as redes.

Aos 32 minutos, o Sport teve a chance de voltar à frente do placar. Victor Ramos derrubou Hernane na área e o árbitro assinalou penalidade. Na cobrança, Hernane bateu e a bola foi de encontro à trave esquerda.

FICHA TÉCNICA:

CBR 1 X 1 SPORT

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Data: 7 de outubro de 2019 (segunda-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Auxiliares: Carlos Henrique Cardoso de Souza e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

Cartões amarelos: Victor Ramos (CRB), Hernane, Guilherme, Elton, Sander, Raul Prata (Sport)

Gols:

CRB: Edson Cariús (22 minutos do 2º tempo)
Sport: Guilherme (39 minutos do 1º tempo)

CRB: Fernando Henrique; Daniel Borges, Wellington Carvalho, Victor Ramos e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira, Hugo Sánches (Willians Santana); Alisson Farias, Iago (Willie) e Léo Ceará (Edson Cariús). Técnico: Marcelo Chamusca.

SPORT: Mailson; Raul Prata, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias, Charles e Pedro Carmona (Léo Artur); Yan (Marcinho), Guilherme e Hernane Brocador (Elton). Técnico: Guto Ferreira.

 

 

 

 

*  Com Todo Segundo


CSA vence o Avaí em confronto direto contra o rebaixamento

Argel Fucks, técnico do CSA
Argel Fucks, técnico do CSA (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

No confronto direto contra o rebaixamento, o CSA levou a melhor e venceu o Avaí na noite deste domingo, por 3 a 1, em Alagoas, em duelo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ricardo Bueno, Jonatan Gómez e Apodi marcaram os gols do triunfo e que aumentaram a esperança da equipe de Argel Fucks na caminhada contra a queda à segunda divisão. No lado azurra, Jonathan deixou a sua marca, mas saiu de campo lamentando o resultado ruim para o time de Santa Catarina. O destaque da partida ficou por conta do pênalti polêmico anotado a favor da equipe da casa e que foi convertido.

Com o resultado em Alagoas, o CSA soma os três pontos, chega aos 22 e termina a rodada em 17º, a um ponto do Ceará, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Do outro lado, o Avaí mantém os 16 pontos e amarga a vice-lanterna do Brasileirão.

O pênalti anotado por Daronco a favor do CSA foi analisado pelo comentarista de arbitragem do Grupo Globo, Paulo César de Oliveira, durante a partida. Segundo ele, a penalidade não deveria ter sido marcada. – Tem contato nas costas, mas em velocidade normal. Eu não marcaria o pênalti. O contato não é suficiente para a queda do Bueno, que sente o contato (de Léo) e se joga no chão. Eu nãoi marcaria o pênalti – disse.

CSA x Avaí, no Rei Pelé
CSA x Avaí, no Rei Pelé (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

Na luta para fugir da zona de rebaixamento, o CSA tem feito o dever de casa sob o comando do técnico Argel Fucks. Dos últimos quatro compromissos como mandante, a equipe de Alagoas venceu três (Chapecoense, Ceará e Avaí) e empatou um (Cruzeiro). São oito pontos somados.

Os 45 minutos iniciais foram movimentados e com boas chances para as duas equipes. Apesar do Avaí assustar e levar perigo ao goleiro Jordi, foi o CSA que conseguiu balançar a rede. Aos 13, Bustamante cruzou da esquerda, e Ricardo Bueno apareceu no segundo poste para finalizar. O camisa 9 quase ampliou na sequência, mas Vladimir impediu o segundo. O arqueiro do Leão da Ilha também salvou aos 29, no chute de Jonathan Gomez. Após furada de Léo, a bola sobrou para o argentino, que encheu o pé. Vladimir fez uma grande defesa.

Atrás no marcador, o Avaí conseguiu empatar o jogo logo no início da etapa final. Aos dois minutos, Léo fez boa jogada na área, e a bola sobrou para o garoto Jonathan fuzilar. Ele não perdeu a oportunidade e correu para abraçar os companheiros. O alívio azurra não durou muito. Anderson Daronco marcou penalidade para o CSA após consulta ao VAR, e Jonatan Gomez colocou o time da casa novamente na frente. O Leão ficou perto de empatar novamente, mas acabou levando o terceiro já nos acréscimos. Apodi fechou o placar.

Na próxima rodada, a 24ª do Brasileirão, o CSA entra em campo na quarta-feira, às 19h15 (horário de Brasília), contra o Internacional, no Rei Pelé. No mesmo horário, mas no dia seguinte, o Avaí duela com o Vasco da Gama na Ressacada, em Florianópolis.

Formado nas categorias de base do Avaí, Jonathan vem aproveitando as chances dadas pelo técnico Alberto Valentim nas últimas rodadas da Série A. Em sete jogos com a camisa azul e branca, o jovem atacante marcou três gols e ajudou a equipe a somar sete pontos na tabela de classificação. Ele marcou os gols nas vitórias sobre Athletico e Atlético-MG e também no empate diante do CSA.

*     Com Globo Esporte

Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey